Wallace
Wallace

Foi preciso voltar ao Baenão um técnico com profunda afinidade com revelações da base para que a garotada remista tivesse tanta oportunidade de uma vez só no time titular, de forma planejada e responsável.

Paulo Bonamigo escalou Hélio Borges como titular contra o Manaus (AM) e, no segundo tempo, apostou em Warley para a lateral-direita e Wallace para o comando do ataque.

O resultado positivo avalizou as escolhas do treinador. Não que houvesse dúvida quanto à qualidade dos atletas formados nas divisões amadoras do Remo. Além do trio que entrou e ajudou o Remo a vencer os amazonenses, o elenco vem sendo abastecido por peças que se destacaram no Sub-20.

Ronald teve fulgurante passagem pelo time antes da pandemia, ainda sob o comando de Mazola Júnior. Estranhamente, depois de duas grandes atuações contra Carajás e Paysandu, ele parece ter saído dos planos do técnico. Tanto que só voltaria a ser escalado, meio na base do desespero, no confronto contra o Treze (PB), em Campina Grande (PB), pela Série C.

Na iminência de perder a partida e correndo risco de demissão, Mazola botou Ronald e Hélio Borges de uma só tacada, a 15 minutos do fim. O jovem ala esquerdo acabou sofrendo contusão grave, após ser atingido por um zagueiro paraibano. Ficará fora de combate até novembro.

A diferença é que Bonamigo lançou mão do talento dos jovens da casa por confiança, não por falta de opções. Hélio entrou no lugar de Gustavo Ermel, que vinha como titular. Wallace substituiu o principal jogador do time, Eduardo Ramos, que mostrava sinais de cansaço.

Parece pouco, mas é a primeira vez que um técnico rompe o limite das promessas protocolares da chegada ao clube e põe em prática as observações dos treinos. Para o jogo de sábado (03/10), contra o Paysandu, é provável que o ataque tenha 2 jogadores que estão no clube desde a infância – Wallace e Hélio Borges.

Caso ainda estivesse à disposição do grupo profissional, o meia David Lima seria certamente melhor aproveitado por Bonamigo. Ignorado por Márcio Fernandes, Eudes Pedro e Rafael Jaques, acabou cedido para um clube interiorano que vai disputar a Segundinha.

O meia Rafael, outra joia da base, pede passagem há muito tempo. Tiago, também meia, é outro em condições de ser aproveitado.

No elenco, Bonamigo já conta com Warley, Hélio Borges, Wallace, Ronald, Lailson, Pingo e Kevem, repatriado após breve passagem pelo futebol português.

São atletas forjados dentro do Baenão, identificados com o clube, com o perfil que o treinador aprecia. Fica evidente que, após muito tempo, a prata da casa terá as chances tanto cobradas.

Bom para os jovens boleiros, melhor para o Remo!

O Leão volta a campo no próximo sábado (03/10), às 19h, para mais um clássico Re-Pa, no Mangueirão. O jogo é válido pela 9ª rodada da Série C, a última do primeiro turno. Esta partida terá transmissão ao vivo e exclusiva pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora e ganhe 30 dias grátis.

Blog do Gerson Nogueira, 29/09/2020

17 COMENTÁRIOS

  1. Total apoio a base azulina, principalmente esse Ronald, pena que esta contudido, o retorno e sempre uma incógnita.

  2. Eu acho que o Clube do Remo deveria ter como base as categorias de base e utilizar a grana que gasta com tanta contratação duvidosa apenas para contratar peças pontuais e realmente diferenciadas.

    E atenção Diretoria azulina, muito cuidado com o Ronald pois se trata de um jogador promissor que se for bem lapidado ainda dará muita alegria ao fenômeno azul. Por favor deem todo suporte que ele merece e cuidado com o assedio de agente de jogadores em cima dele.

  3. Jogadores como Ronald, Warley, Pingo, David Lima, Hélio Borges e Wallace já deviam estar jogando no time profissional e a maioria como titulares desde o paraense.

    Ronald coloca no bolso qualquer lateral esquerdo do plantel e também é opção para o ataque;

    Pingo é melhor que Charles e Gelson;

    Warley joga como zagueiro, lateral e volante, já mostrou sua personalidade;

    David Lima é uma jóia que ainda não teve a oportunidade merecida como meia;

    Hélio Borges é opção para ala e ataque;

    Wallace é artilheiro nato, se tiver sequência de jogos dará muita alegria para nós remistas;

    A droga é o torcedor imediatista e exigente que pega pesado com molecada e a diretoria pega corda.

    O Remo na pindaíba há anos vem errando, pois a base é o caminho, merecendo ser valorizada e priorizada pela direção do Remo, assim passar a ter ótimos resultados no seu ROI. Não falta exemplos de jogadores crias do clube que foram bem sucedidos após sair do Remo.

    Que a diretoria que se esperte porque os sanguessugas já estão de olho para levar o Wallace e outros moleques que estão se destacando do Remo.

  4. Parabéns ao Bonamigo pela visão afinada por valores,esse sabe reconhecer bons jogadores coisa que vários outros como Márcio Fernandes, Jaques e Mazola não viam e a torcida pedia em coro e esses ditos técnicos insistiam em jogadores ruins,pesados e lentos porque eram experientes,ora bolas se os moleques não jogarem nunca terão experiência,espero que o Walace tenha oportunidade contra a velha mucura no sábado…

  5. Alô!!! Treinador do Leão Bonamigo. Coloque tres jogadores mais jovens, para puxar este ataque que estão em perfeitas, condições fisícas e técnicas, vamos testar de cara esses Jovens q estão com tdo o Gaz. Vejo esta Formação pró Leão neste Sabado, etc.1x4x3x3, eu acho ideal e impor um ritimo veloz, ainda temos mais 2 dias de treino. Amem.

Comments are closed.