Fábio Bentes
Fábio Bentes

A demissão do treinador Eudes Pedro foi comentada pelo presidente Fábio Bentes, no início da noite desta terça-feira (15/10). O mandatário foi categórico ao afirmar que o adeus de Eudes não estava relacionado à polêmica entre o treinador e a dupla Neto Baiano e Eduardo Ramos.

“Foi uma decisão em comum acordo. Tivemos uma reunião longa de avaliação e a eliminação na Copa Verde nada tem a ver com o Eudes. Passamos pelo Atlético (AC) com uma atuação indiscutível. Fomos eliminados para o rival com um gol no fim. Tudo poderia acontecer”, argumentou.

Fábio salientou que preza pela contração do executivo de futebol e, na sequência, pelo acordo com o novo treinador.

“Entendo que precisaremos trazer um treinador que faça esse time jogar com as características do Remo. Vejo o Remo sendo ofensivo. Vamos passar essas características para o executivo e ele dará sugestões”, concluiu.

O Liberal.com, 15/10/2019

20 COMENTÁRIOS

  1. Traga um treinador submisso e covarde, que venha para esvaziar os cofres do clube e não se importe com a torcida e com o fato de haver dentro do plantel jogadores que só querem comer e dormir.

      • Eu não sou não, mas provavelmente tú deve ser puxa saco do presidente e nem vai ao estádio. Deve escutar todo dia a Rádio Clube e ser fã do Badboy ! Nunca li teus comentários aqui, estas no site errado, o teu site é o da mucura fedorenta ! Se tú estas satisfeito com o desenrolar dos fatos e pq com certeza és do outro lado da avenida !

  2. O dirigente máximo do Leão tem que ser tão grande quanto a instituição que comanda.
    Pelo amor de Deus valorizem a prata da casa, busquem jogadores, primeiro no estado, depois fora, e coloquem um técnico que tenha apreço por jogadores regionais, e não valorize só os que vem de fora.

  3. enquanto isso vamos ficar qietinhos dando o nosso suado dinhwirinho pra esses pernas de pau q ai estao encherem no rabo deles,e depois vamos falar em alto e bom som q e por amor ao clube,tenha santa paciencia.

  4. Priorize a base é completa com importados de qualidade, não igual Eduardo Brahama e Neto Baiano mercenários, tragam profissionais de qualidade que a torcida AZULINA paga

  5. Tomara que o presidente tenha tomado a decisão certa !!! Pq segurar Eduardo e neto e um tiro no pé , usar a prata da casa e uma ótima idéia do que trazer esses éguas de fora que nem jogam ao amor a camisa como era antigamente na época de 90 quando era edil , Argeu , seu boneco etc…. A segundinha está aí tanto jogador daqui da região querendo uma oportunidade de crescer em um clube de massa e o remo pqp não aprende a trás jogador ruim de fora …. Acorda presidência vamos dar valor a jogadores do Pará …..

    • Trouxeram a Bomba daquele lateral direito do Paragominas que pra vcs foi o melhor do campeonato. Veio o artilheiro do Castanhal Dedeco não fez merda e merda

  6. Acredito que a cultura do Clube do Remo, ou do futebol paraense(escola), ao longo das décadas foi forjado sobretudo, com características de um futebol ofensivo. Na atual conjuntura do futebol brasileiro, claramente, os clubes na grande maioria, abdica do futebol ofensivo e técnico à um futebol medíocre e sem criatividade, valorizando marcação forte, e o futebol defensivo, em detrimento à criação e a técnica. Nesse sentido podemos citar Tite, Felipão, Mano Meneses, Carille, treinadores defensores do futebol estático. Por outro lado, quando surgem treinadores que buscam resgatar o futebol arte e ofensivo, como é o caso de Fernando Diniz e/ou até mesmo Renato Gaúcho, os analistas de futebol, ex jogadores, não na sua maioria, e grande parte da imprensa, critica esse novo modelo por acreditarem e defendem o resultado imediato. Contudo, os gestores dos clubes brasileiro ao perceber às mudanças que transcorre rapidamente, no atual momento do nosso futebol, do ponto de vista de modelos de jogo, esses gestores tem a obrigação e o dever de se posicionar acerca da escolha dos modelos ofensivos ou defensivos, conjugado à cultura futebolística do clube, afim de que, ao escolher o treinador, este tem que está em consonância com o modelo de jogar do clube, de formas, a evitar que os clubes sejam refém de treinadores que aplicam determinado modelo de jogo, o qual não corresponde a tradição e cultura do clube. De modo que, o clube no final fique com o prejuízo à medida em que o técnico é mandado embora, alimentado um ciclo viciosa, o qual se repete e cada momento , nesse sentido, o clube perde sua identidade conquistada ao longo de sua existência. É preciso por um fim nesse paradigma , e isso só findará com a mudança de mentalidade de nossos dirigentes.

  7. Sinceramente: torço demais pelo sucesso do Fábio Bentes como presidente do Leão, mas tou achando que ele está um pouco perdido nas escolhas dos profissionais para atuarem diretamente no futebol. Por exemplo, alguns jogadores que foram dispensados eram pra permanecer no elenco para 2020 e outros que ele manteve deveriam ter sido dispensados. Acho também que ele está pensando muito pequeno diante de um clube da grandeza do Remo. Neste caso ele deveria ser mais ousado.

    • Alguns jogadores foram “dispensados” porque o contrato encerrou naturalmente, não vou rompimento de vínculo, demissão. Como o clube não tem mais jogos na temporada, não fazia sentido renovar o contrato em outubro para aproveitar o jogador somente a partir de dezembro, quando começa a pré-temporada. Muitos que saíram estão com negociações em aberto para voltar a vestir azul-marinho em 2020.

      • Equívoco: Cesinha,Eudes Pedro, Eduardo Ramos; Neto Baiano todos foram contratados pensando em 2019-2020.

        • Sim, Vinícius também está nessa lista dos “contratos continuados”, mas a gente se referia aos jogadores que foram contratados somente para a temporada 2019 e que a imprensa divulga como se todos tivessem sido dispensados e nenhum interessasse ao clube para a próxima temporada.

  8. queria saber de uma coisa que ate hoje nunca foi explicado, por que o tiarinha nao fez uma partida oficial pelo remo ??? ja que nos treinamento todos davam destaque para ele.
    e porque ter um jogador que ficou 6 meses no clube e nunca deram uma oportunidade para ele jogar ?? afinal o remo não tem administrador no clube ?? so quero uma explicação sobre isso.

  9. Na boa dá uma chance pro cacaio novamente pois foi o único q fez o Remo subir de série e outra, o cara foi campeão e logo depois despachado pqp, as pessoas só iram crescer na vida se tiverem oportunidades, e isso o Remo foi injusto com ele.

  10. Temos que contratar técnico que não tenha medo de jogador e faça um Remo forte e valente com disposição de ganhar títulos e trazer jogadores úteis, fora Eduardo Ramos e Neto Baião já deram sua contribuições , Remo precIsabel de jogador valente como Luis Muller do passado, rumo ao tricampeonato e acesso a serie B , o exemplo é o Bragantino Rumo a série A .

Comments are closed.