Jackson
Jackson

Os números de Jackson – 2 gols em 3 jogos – são favoráveis para a principal referência do ataque do Clube do Remo, líder do Campeonato Paraense 2020.

Jackson tem 26 anos, sendo que apenas 4 deles como atleta profissional. Portanto, o clássico de domingo (09/02), no estádio Mangueirão, pela 4ª rodada do Parazão, será o jogo mais importante da curta carreira do atleta.

“Só disputei clássicos em (campeonatos) amadores. Com essa grandeza, esse tamanho, ainda não. Espero trabalhar e ficar pronto para o clássico”, afirmou.

O atleta acumula passagens por clubes de menor expressão, como Sete de Setembro (AL) e Inter de Santa Maria (RS). Seu melhor momento foi com a camisa do Ypiranga (RS), quando atuou pela Série C e despertou o interesse dos azulinos. Em 2 anos no time de Erechim (RS), chegou a marcar 17 gols.

“Cheguei a fazer 4 gols em uma partida e apareci no Fantástico (programa de domingo da Rede Globo)”, lembrou.

Apesar de ser inexperiente em clássicos, Jackson enfatizou que é preciso atenção redobrada e que tem condições para assumir o protagonismo do Re-Pa.

“Ninguém quer perder. A oportunidade que tiver, estarei tranquilo para colocar a bola na rede. Nossa semana foi produtiva e estaremos bem preparados para o clássico”, garantiu.

Segundo ele, o Leão tem noção de como parar o Paysandu.

“Hoje, não tem como esconder jogo. Todos se conhecem. Espero que façamos um bom jogo, um bom clássico, para sair com o resultado positivo”, concluiu.

O Liberal.com, 07/02/2020

Comentários