Zotti
Zotti

Passadas quase 2 semanas de Eudes Pedro no comando do Remo, a tendência é que o Remo apresente mais e melhor as características do treinador.

O meia Zotti, em entrevista coletiva, contou que o elenco já conseguiu sentir as diferenças do técnico para o seu antecessor (Márcio Fernandes) e que relembrou que a experiência tem sido nova tanto para o time quanto para Eudes, que está iniciando a carreira na nova função.

“Até para ele mesmo é uma vida nova, uma experiência nova. Mesmo ao longo dos 15 anos como auxiliar do Cuca, ele agora tem que tomar as decisões. É um cara muito amigo, já deu para perceber nesse pouco tempo. É um cara que cobra, que tem ideias novas e a gente está tentando absorver o mais rápido possível para já entrar nesse ritmo dele, buscar bons treinos e consequentemente resultados nos jogos”, ponderou o meia.

Zotti confia em uma nova postura da equipe na partida do próximo domingo (15/09), contra o Atlético (AC). Os azulinos precisam reverter o placar de 2 a 1 aplicado pelo clube acriano no jogo de ida. Na visão do meia, a má atuação também teve a ver com a traumática eliminação na Série C, cerca de uma semana antes do duelo no Acre.

“Acho que o primeiro jogo, queira ou não, influenciou. Foi uma tristeza muito grande. A gente conversa que nos primeiros 7 jogos da Série C, tivemos 15 pontos e a probabilidade para ficarmos entre os 4 primeiros era muito grande. Eram jogos bons, mais do que ganhar, apresentávamos um bom futebol, com muita segurança, um jogo bem firme. Com a eliminação, sem dúvida nenhuma que foi complicado, mas lá se vão 15 dias e vamos com um novo comandante agora, tentando entender aquilo que ele tem nos passado, uma filosofia diferente”, disse o meia.

“A Série C de 2019 não volta mais e temos uma competição em que, para nós, jogadores, título é sempre importante, ainda mais por ser um que o clube não tem. Financeiramente falando, essa Copa Verde é muito importante para o Remo. Precisamos reverter essa situação no domingo apresentando um bom futebol, com muita luta e vontade”, falou Zotti.

Os azulinos optaram por transferir a partida para o Baenão. O estádio remista foi reaberto este ano, em julho, mas a atuação acabou não sendo a esperada. O Remo saiu perdendo de 2 a 0 para o Luverdense (MT) ainda no primeiro tempo, mas conseguiu empatar.

Será o segundo jogo do Leão em casa este ano e Zotti acredita que o time pode proporcionar uma festa melhor ao torcedor.

“Faz diferença (jogar no Baenão). Primeiro, que você joga no mesmo campo que você treina todos os dias, então você tem algumas marcações, tem conhecimento de distâncias e tudo o que envolve. Segundo, por você jogar ao lado do seu torcedor. Quando bate o cansaço, vem aquela motivação e esse incentivo do lado de fora, sem dúvida nenhuma, faz toda diferença”, avaliou.

“Estamos devendo por vários motivos. Quando reinaugurou o Baenão, não fizemos um bom jogo contra o Luverdense (MT). Então, agora, temos duas situações: primeiro, realmente fazer uma estreia no Baenão; segundo, classificar na Copa Verde”, contou.

Pela partida de volta ser em Belém, Zotti salientou que o Remo tem como obrigação vencer.

“A gente tem que tirar essa imagem ruim que ficou do primeiro jogo. Tivemos chances, não fizemos. Proporcionamos chances ao adversário, principalmente no primeiro tempo. Fomos para o intervalo com o 1 a 0 (a favor), que era um bom resultado, mesmo não jogando bem, mas no segundo tempo veio a virada”, lembrou.

“O jogo é na nossa casa agora, mas mesmo se fosse fora, temos que reverter essa situação impondo ritmo e, principalmente, vontade. Com todo respeito ao Atlético (AC), dentro da nossa casa temos que fazer o nosso papel. Eles fizeram o deles lá, mas temos a obrigação em casa, no Baenão, em frente ao nosso torcedor”, concluiu.

A partida entre Remo e Atlético (AC) será domingo (15/09), a partir das 15h, no Baenão. O Leão precisa vencer por 2 gols para ser classificar no tempo regulamentar. Caso consiga vencer por apenas 1 gol, a vaga será decidida nos pênaltis.

Globo Esporte.com, 10/09/2019

10 COMENTÁRIOS

  1. Fenômeno, vamos retornar ao assunto da suposta garfada dos aflitos.

    Nessa série C a mucura perdia para o São José e evitou a derrota empatando o jogo com um pênalti Mandrake, inexistente, inventado, roubado. Torcedores da mucura, vcs esqueceram que o juiz garfou os gaúchos pra vcs não saírem derrotados? Gauchada, corram pra justiça pra anular aquela partida.

    Será que só a mucura merece a anulação de uma partida por erro de arbitragem ?

    Então nós também temos que pedir a anulação da partida contra o ypiranga, o Remo estava ganhando o jogo quando o juiz inventou um pênalti tirando assim a vitória do Leão. Se não fosse esse erro teriamos classificado para o mata-mata.

    • Meu amigo, eu acompanho jogos desde meus 12 ou 13 anos, são quase 30 vendo futebol e esse clube do outro lado da Almirante tem como característica apelar e se beneficiar de tapetão. Ganharam a primeira série B roubando direto, quem lembra do Manoel Serapião Filho??? Acho que em 1990, se beneficiaram da virada de mesa que ajudou o Fluminense a ficar na série B, recentemente tiveram outros benefícios. Eles são assim e sempre contaram com a sorte. Coisa muito diferente acontece com Remo, que sempre é prejudicado na série C, lembram de um penalti dado pro Juazeirense se eu não me engano, que o cara se jogou muito longe de ser tocado? Foi um jogo na Bahia. A estreia ano passado contra o A. Acreano, gol legítimo do Isac; pênalti no Arruda eu acho, o cara meteu as duas mãos na bola em cima da cabeça do Isac, e tantos outros lances, sem falar desse ano de 2019. Sinceramente, do jeito que eles são sortudos, não duvido de nada.

  2. Acho que está base que está aí deve ficar porque no próximo ano já estarão bem adaptados ok agora temos que contratar 5 jogadores de 80.000 que venham pra jogar e que tenham qualidades ok

  3. vou entrar na conversa acima com os amigos.
    como bem falou o nosso amigo gilmessi realmente que tem um pouco mais de idade e acompanha a história do vizinho sabe muito bem que já foram beneficiados e muito de forma escandalosa tanto em campo qto fora dele. eles sempre se fazem de vítima como coitadinhos e sempre se julgam injustiçados!
    agora meus amigos eles usam de todas as armas para terem qualquer benefício. o que eu acho é que o Remo precisa de mais muito mais força extracampo também, ser menos bonzinho. não existe bonzinho no futebol. senão acaba sendo engolido. o Remo há muito tempo é muito passivo , se conforma com tudo. temos como prova tantos exemplos. aquele pênalti inventado a favor do Ipiranga. inventado inventado também. vcs ouviram alguém do remo comentar vigorosamente ? o técnico ir p rádio e esculachar ? o presidente ir na cbf reclamar ? ir na mídia?? aliás a mídia local não falou nada….. pois bem , não vimos nada … e tantos outros exemplos. com o próprio Paysandu na série C não foi marcado pênalti legítimo a.favor do remo. legítimo!!!
    então isso me revolta amigos. essa passividade do nosso clube.

    • Dois pontos a serem analisados, o criador do artigo em que se baseia o advogado da mUCURA, é o Serapião, sim aquele árbitro que já beneficiou esse time chorão, faz parte da comissão de arbitragem da CBF. O outro ponto é que qualquer reclamação no sentido de anular uma partida, deve ser dada entrada em até 48 horas após o término da partida e as partidas que se referem do São José contra a mUCURA e do Ipiranga contra o Remo já estrapolaram esse prazo e ninguém reclamou nada, ao passo que os mucurentos sim, foram até lá no prazo certo.

  4. Concordo com você Gilmessi77, relembrando que no jogo contra o Guarani dois atacantes do Paissandu estavam impedidos e isso beneficiou esse time. Caso contrário o Guarani é que teria sido campeão naquele ano. Ganharam a primeira série B roubando direto e se beneficiando através de atitudes desonestas.

  5. Realmente futebol é um caixa de surpresa. Quem diria que o PSC seria eliminado pelo Náutico depois de estar vencendo com 2 gols de diferença. O PSC ficou tão abalado com a perda do acesso que acabou empatando de 1×1 com o Bragantinho, a classificação do PSC para a semi-final da Verde vai ser muito dramática pois o Braga virá com a faca nos dentes para eliminar o PSC. Eu tenho certeza que o Leão virá com a faca nos dentes para derrotar o Atlético Acreano da mesma maneira vem o AC para cima do Leão. Eu sei que o Baenão ficará Lotado, com certeza o Leão vai duelar com 90% de vencer, porém é bom lembrar que não é 100% o AC duelará com apenas 10%. É mais um duelo que terá mais de 5.000.000 de habitantes da Amazônia Legal na escuta. Será o AC que foi a surpresa com Polaco no comando ou o Leão com o Paredão Vinicius, eu mando o seguinte recado para o Vinicius: Vinícius puxe a orelha da Zaga para não cometer falhas bobas eu considero você um dos melhores arqueiros do Brasil, mostre sua capacidade fazendo aquelas defesas impossíveis que espantam nossos adversários.

  6. DIRETORIA DO REMO DEVERIA ENTRAR COM RECURSOS TAMBÉM NO MINIMO A CBF IRIA PENSAR SE BENEFICIARMOS A PIRENTA,TEMOS QUE BENEFICIAR O LEÃO TAMBEM,JÁ INCOMODA E TIRA A CHANCE DESSES CHORÕES ……BEM COMO TODOS QUE FORAM PREJUDICADOS ENTRANDO CORTA O BARATO DOS CHORÕES…….

  7. A mucura so está atirando devido ao lance do gol ter sido nos últimos segundos…..Mas não dará em nada….Menor chance..
    Foi pênalti e o árbitro estava em cima do lance.

    Isso faz parte do chororô……

Comentários