Felipe Marques
Felipe Marques

Como já havia sido noticiado antes, o atacante Felipe Marques possui pré-contrato assinado para defender o Londrina (PR) a partir de junho, quando encerra seu atual vínculo com o Clube do Remo. Nesta quarta-feira (02/05), o empresário do jogador deu detalhes da negociação e, pela primeira vez, falou sobre o acordo em tom oficial.

“É muito bom, finalmente, anunciar a ida de Felipe Marques para o Londrina (PR), oficialmente. É um jogador que se destacou muito pelo Remo, que auxiliou ele nessa fase de sua carreira, e agora chega ao Paraná para manter essa evolução. Todas as partes chegaram ao acordo e a negociação com o Horizonte (CE), que detém os direitos do atleta, foi muito tranquila”, disse.

“Ele se apresenta ao Londrina (PR) no fim desse mês, quando se encerra o vínculo atual com o Remo, e fica no clube até o fim da Série B”, ratificou Fabiano Alves, que cuida da carreira do atacante.

Ainda de acordo com Alves, o time paraense poderia ter garantido a permanência do atacante até o final da atual temporada, mas “dormiu no ponto”. O atual contrato do jogador com o Remo termina no dia 30/05 e, em seguida, ele irá se apresentar ao novo clube.

“O Remo teve prioridade para renovar o contrato com o Felipe, mas preferiu aguardar e, com isso, o Londrina (PR) teve a chance de contratá-lo junto ao Horizonte (CE). Tenho certeza que o tempo provará que essa mudança será importante na carreira dele, mas sem esquecer o carinho pelo time paraense e sua torcida”, afirmou o empresário.

A declaração de Fabiano Alves vai de encontro com o que Milton Campos contou em entrevista no dia 16/04, quando afirmou que já havia chegado a um acerto com o empresário e o clube cearense que detém os direitos econômicos de Felipe Marques, mas o negócio acabou atravessado pelo Londrina (PR).

“Depois que ele (Felipe) começou a ter boas atuações, nos procurou falando de renovação. Fez algumas exigências e a diretoria, de bate-pronto, aceitou. Além da renovação dos valores do contrato, ele pediu que a gente desse um apartamento melhor. Conversamos com o empresário e ficou tudo acertado. Conversamos com o Horizonte (CE), que nos fez uma proposta de empréstimo pelo Felipe, que envolvia um valor em dinheiro. Dissemos que iríamos pagar. Quando foi na semana de fazer o pagamento, o Horizonte (CE) pediu que esperássemos um pouco porque eles iriam conversar com outro clube”, contou Milton Campos, na ocasião.

Globo Esporte.com, 02/05/2018

24 COMENTÁRIOS

  1. Mais claro impossível…. Ficou difícil segurar um atleta de alto nível técnico…. O Londrina(PR), colocou mais $$$$ e o jogador preferiu um clube melhor ranqueado…. o resto é conversa pra boi dormir….
    Sou da opinião que devemos “Garimpar” atletas no futebol local….
    Será que não existe jogador de qualidade no Pará….

  2. Nao acho que dormiu no ponto, o empresário fala isso pq surgiu outro time, empresário quer quem pague mais e foi o q aconteceu, se nao tivesse proposta estava ai tentando renovar. So estou achando uma demora pra repor essa peça

  3. Jogador mentiroso. Arguido pelo Givanildo se a situação procedia, disse que não tinha nada. A carência no Remo é tanta que um jogador desse que é bom e contribuiu. Mas, não é nenhum Gian, Arthur, Bira ou Alcino e nem mesmo apesar e tudo um Eduardo Ramos, é endeusado pela torcida. Para mim, jogador “feijão com arroz” .Jogou muito bem o paraense e mesmo se destacou. No brasileiro nitidamente não está tendo o mesmo desempenho, talvez por está se poupando e s3 guardando para o maior salário que vai receber, sendo que esse atual não interessa mais. Se der que vai honrar a camisa até o final, pura balela. Se fosse dirigente dispensava o mais rápido possível , pois entrega e pegada desse aí o Remo não terá mais. Pesei gols importantes e nos 3 jogos e é claro que na derrota comprometeu. Daria para ele um obrigado e um TCHAU.

  4. É por isso q o Felipe Marques não tá rendendo mais, já tá com o pensamento no Londrina. Alô diretoria libera logo e vamos contratar outro atacante que jogue no mesmo estilo dele

  5. Esses dirigentes do remo nunca aprendem a fazer futebol nem amadores sao , se continuar do jeito que vai o regresso e inevitável. .

  6. Roberta Miranda !!!! A torcida do Londrina não chega nem aos pés da nossa. Fraquissima e sem expressão. Motivação 0 (zero).

  7. Empresario do jogador é um moleque o Remo fez o nome do jogador e já tinha acertado com Remo serve de exemplo para o Remo tinha que fazer um contrato de 1 ano e com valor de multa alta

  8. Boa sorte Felipe, obrigada pelo golaço na mucura. Fique até fim (até porque se dispensar o Remo PERDE DINHEIRO) e compra com seu contrato honrosamente.

  9. Primeiramente bom dia , é por isso que não montamos um time que preste ,os melhores jogadores saindo essa imundicei do isac aí todo mundo vivendo das 4 peias na Mucura quando o remo cai essa diretoria vai fazer o que ? Nada já vai ser tarde.

  10. por mim, não jogava mais não… empresario não entra em campo e acaba enchendo a cabeça do cara pra não se bater.. liberem logo e pronto, ja chega.

  11. Clube do Remo é mil vezes maior que o Londrina
    N adianta mais ficar lamentando pelo Felipe Marques até pq concordo com todos que falaram que ele está se poupando
    Agora é hora de pressionar a diretoria a fazer contratações de peso pois não adianta ficar com esse plantel fraco e cair pra série d

  12. Tilha que da um banco pra ele e pro isac e pro edinelson errando gol de mais da uma oportunidade pro Gabriel Lima e pro jayme

  13. Valeu Felipe Marques pela seu bom trabalho pelo nosso clube do Remo. Foste um grande guerreiro. Mas a diretoria tem que procurar olhar com mais atenção nesses bons jogadores …

  14. O Remo tem da valor para os garotos da base e buscar reforços no estado. Tem muita gente boa de Bola.

  15. quando o Remo cobra taxa de 50 reais na peneirada deixa de descobrir grandes jogadores, que nao tem nem o que comer as vezes. Os caras do Remo sao tapados mesmo, por isso o REMO continua penando apesas dos avanços com a nova diretoria. Os mesmos nao vivem a realidade e no interior, e na periferia, escolas publicas que estao as feras. temos que ter olheiros nos clubes rodando os interior, suburbano e outros lugares para descobrir os garotos,. O Remo tem que contratar vendedores ´porta a porta para vender os produtos do leao canetas, camisas, chort, escudo, chapeu, titulos da nação azul, hoje temos que buscar os clientes la na casa deles e nao esperar eles irem até nós acordem dirigentes do leoa o tempo mudou.

  16. Junior
    Ser não aprendeu com essas malas sem alça vai fica difícil pro nosso Leão

  17. Gente, isso é normal no mercado da bola. O dirigentes fizeram um contrato até o início da série C, muitos contratos também estão agora também, mas como são de jogadores que não deram certo, ninguém fala. Como o Felipe deu certo, tem gente que acha que a diretoria agiu errado, mas se ele (Felipe) tivesse sido mais um, como tantos que passaram despercebidos por aqui. Achei pior o caso do Marcinho (que acabou indo pro São Paulo), ele ainda permanecia aqui depois da série C, mas o Remo não o comprou, também não sei se teria dinheiro, visto que a situação financeira do clube, não é boa. Outra coisa, esse negócio de dispensar o jogador (mandar ele embora) gera um custo ao clube, ele terá direito a todo seu salário, e tudo que foi negociado (de acordo com a lei Pelé), é um funcionário, tem contrato e vai cumprir até o fim. Agora me pergunto, o ganharia o Felipe “tirando o pé”?, Nada, se ele quer ser titular ou pelo ter chance no Londrina, onde a concorrência será grande pra ele, ele tem mais que chegar pronto pra jogar, “na ponta dos cascos”, ele não vai pra nenhum clube grande, apenas dará continuidade ao seu trabalho, se ele ainda fosse pra Europa, até seria compreensível ele ficar com medo de se machucar, mas para o Londrina…

    • No caso do Marcinho, a renovação não ocorreu por força de um artigo do estatuto que proíbe que um presidente faça contratos que extrapolem sua gestão sem a prévia autorização do Condel. André Cavalcante era o presidente na época e o ambiente no clube não era nada favorável, às vésperas de uma eleição. Por esse motivo, ele não conseguiu renovar o contrato do Marcinho e de outros jogadores que também interessavam, como o Edno, por exemplo.

Comments are closed.