Adsson e Matheus Anjos – Foto: Samara Miranda (Clube do Remo)
Adsson e Matheus Anjos – Foto: Samara Miranda (Clube do Remo)

A situação do Clube do Remo ainda não é confortável na Série C, mas atualmente a distância para o Z4 é maior do que para o G8.

O Leão volta a campo neste domingo (09/06), a partir das 19h00, para enfrentar o São Bernardo (SP), no Baenão. O jogo é válido pela 8ª rodada da Série C e terá transmissão ao vivo pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora.

O time azulino fará a primeira de 2 partidas seguidas dentro de casa com a obrigação de vencer e entrar de vez na disputa pela classificação para a segunda fase. O primeiro jogo será contra o 5º colocado da competição, com 14 pontos, o dobro da pontuação do Leão, que ocupa a 13ª posição.

Para este duelo, o técnico Rodrigo Santana deve manter a mesma equipe da rodada passada, no sistema 3-5-2. O elenco ainda ganhou alguns reforços, com os retornos do meia Matheus Anjos e dos atacantes Kelvin e Pedro Vitor, que devem ficar à disposição depois de se recuperarem de lesões. Além deles, o zagueiro Sheldon e o lateral-esquerdo Helder também estão à disposição depois de cumprirem suspensão automática.

Entre os jogadores, há a certeza que por mais que seja um confronto complicado, o Remo está em um momento diferente, que pode vencer em casa e mudar de patamar na competição.

“Respeitamos o adversário, mas a gente tem força dentro da nossa casa, diante do nosso torcedor. Para pensar na próxima fase, esses jogos em casa são extremamente importantes. Eles podem servir de divisores de água para chegar à classificação”, disse o goleiro Marcelo Rangel.

O lateral-esquerdo Raimar é de opinião semelhante, de que a sintonia com a torcida melhorou e isso pode impulsionar a equipe em campo.

“Vamos estar junto do nosso torcedor e ter a oportunidade de conseguir 3 pontos dentro de casa, que vai nos ajudar a alavancar ainda mais na competição. Temos que mirar dessa forma. Temos que fazer o dever de casa, que é conseguir os 3 pontos em cada jogo”, falou.

O meia Jaderson, que deve mais uma vez atuar adiantado, deixando de vez a posição de segundo volante, destaca que o time paulista tende a se tornar um adversário na busca pela classificação e tem que ser encarado dessa forma.

“É um concorrente direto. A gente vai brigar e lutar até o fim. Estamos muito confiantes, como o professor (Ricardo Santana) também está muito ambicioso para vencer todos os jogos que temos em casa, para brigar e subir”, falou.

O arqueiro azulino lembrou que, apesar do ambiente ter melhorado e, com isso, a confiança também, é preciso se atentar às dificuldades que ainda estão à espreita.

“É um campeonato de tiro curto, apenas em um turno e a gente precisa pontuar em todas as rodadas. No começo, deixamos a desejar (Volta Redonda-RJ), mas depois, dentro da nossa casa, conseguimos vencer (Floresta-CE), conseguimos um empate (Tombense-MG), ganhamos fora (Sampaio Corrêa-MA) e vejo esses 2 jogos agora como uma chance muito grande na competição”, finalizou Rangel.

O adversário do Remo neste domingo (09/06) não tem números bons como visitante nesta Série C. A equipe paulista ainda não venceu longe de seus domínios – foram 2 empates e 1 derrota. A última vez que o São Bernardo (SP) saiu vitorioso de uma partida como visitante foi há 3 meses, quando venceu o Mirassol (SP), por 2 a 0, no dia 10/03, em jogo válido pela última rodada do Campeonato Paulista.

Diário do Pará, 08/06/2024

Não perca nenhuma notícia do Clube do Remo! Se inscreva nos canais do Remo 100% no WhatsApp e no Telegram.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor informe seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui