Baenão – Foto: Divulgação (Clube do Remo)
Baenão – Foto: Divulgação (Clube do Remo)

O futebol nem sempre permite chances de renascimento em uma competição. Para o Remo, derrotado nas 3 primeiras rodadas da Série C, o jogo com o Floresta (CE) representa uma oportunidade preciosa para se erguer no campeonato e iniciar verdadeiramente uma campanha nos moldes do projeto inicial, que previa a busca pelo acesso.

As condições são favoráveis. Diante do seu torcedor, jogando no Baenão, o Remo entra disposto a apagar o passado recente. Tem urgência em pacificar o relacionamento com a torcida, estremecido desde a perda do Campeonato Paraense e agravado pelo desastroso começo no Brasileirão.

Com um elenco mais enxuto, o técnico Gustavo Morínigo parece disposto a retomar as ideias que deram certo em suas primeiras partidas. Foi o período de classificação para as semifinais da Copa Verde, quando superou o Amazonas (AM) com um futebol ofensivo, intenso e vertical.

Essas características se perderam pelo caminho, a ponto de o Remo entrar na Série C com uma escalação inteiramente diferente em relação aos 4 clássicos contra o rival bicolor. Para esta partida, Morínigo treinou uma formação mais adequada ao começo de seu trabalho no Remo.

Com a volta com Jonilson na zaga, Henrique Vigia (ou Paulinho Curuá) no meio-campo, Marco Antônio e Pedro Vitor no ataque, é clara a intenção de fortalecer ofensivamente o time, sem descuidar da proteção à defesa.

Do lado cearense, o comando técnico é de Marcelo Cabo, com Felipe Marques, Emerson Carioca, Marcelo e Jean Silva, todos ex-azulinos.

O Leão volta a campo neste domingo (12/05), a partir das 19h, para enfrentar o Floresta (CE), no Baenão. O jogo é válido pela 4ª rodada da Série C e terá transmissão ao vivo pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora.

Blog do Gerson Nogueira, 12/05/2024

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor informe seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui