Fábio Bentes
Fábio Bentes

Os clubes do Campeonato Paraense receberam com surpresa à decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) de suspender o torneio por tempo indeterminado. Alguns vão aproveitar o período para se prepararem melhor, outros lamentam e se preocupam com o possível acúmulo de competições.

É o caso do Clube do Remo, que tem calendário cheio neste ano de 2023. Além do Parazão, os azulinos vão disputar a Copa Verde, Copa do Brasil e a Série C do Campeonato Brasileiro. O presidente Fábio Bentes se pronunciou sobre a paralisação do Estadual.

“Encaramos com tristeza e apreensão. Tristeza, pois tiveram vários meses para julgar e resolver essa situação e isso foi prolongando, prolongando e agora, na véspera da nossa estreia no campeonato, vem a paralisação pelo assunto não ser julgado como poderia. Apreensivo, pois estamos há mais de 40 dias nos preparando para a competição, calendário é apertado e teremos outras competições e esse atraso vai fazer com que a equipe jogue em um intervalo menor, afetando o desempenho da equipe”, disse.

“A gente lamenta essa situação. Atrapalha o planejamento para o ano. Temos um calendário que precisa ser respeitado. O Campeonato Paraense já não utilizou a primeira data do calendário disponibilizado pela CBF. Não tínhamos margem e agora vamos ter que adiar mais uma semana. Isso vai fazer com que as outras competições sejam disputadas em paralelo. Vai atrapalhar, porque vamos ter o desempenho comprometido pelo excesso de jogos”, explicou.

O mandatário também pede celeridade da FPF e do STJD para que o campeonato tenha início.

“Espero que a solução seja feita o mais rápido possível. Me entristece saber que é um tema que já poderia ter sido resolvido, que ainda é do Campeonato Paraense de 2022. Espero que agora seja resolvido. Não podemos pagar por um erro que não é nosso”, disparou.

Bentes ainda explicou que os torcedores que compraram ingressos para estreia do Leão diante do Independente vão poder assistir ao jogo na nova data marcada.

“O torcedor que adquiriu os ingressos pode ficar tranquilo, o ingresso vai valer para quando o jogo for remarcado. Estamos aguardando o STJD. Assim que for divulgado, vamos comunicar o torcedor”, informou.

Roma News, 20/01/2022

6 COMENTÁRIOS

  1. Os órgãos envolvidos e os próprios clubes poderiam requerer junto ao STJD a modificação parcial da decisão que suspendeu o campeonato, excluindo seus efeitos em relação aos jogos não afetados com o eventual sucesso da pretensão recursal do PARAGOMINAS. Como é o caso, por exemplo, do jogo entre Remo x Independente.

  2. UMA VERGONHA STJD, BANDO DE SAFADOS E CORRUPTOS, SO UM CEGO NÃO ENCHERGA ESSA PARALISAÇÃO É PRA AJUDAR A MUCURA, TER + TEMPO.

  3. E o presidente da FPF, o mucurento Gluck Paul em vez de estar à frente da entidade para tentar resolver este imbróglio, estar passeando no exterior…

  4. Nem queria falar nada , mas vou falar pena que não vai chegar em quem deveria ouvir.
    Isso se chama capacidade de administração das pessoas que estão na frente dessa imundície de STJD e da própria FPF porcaria, que deixaram isso pra resolver agora no início da competição para mostrar querem prejudicar os clubes e
    principalmente o Remo que já estava com ingressos vendidos e polemizar o campeonato que já não tem grande expressão mesmo
    Campeonato Zinho fraco sem valor é uma Pena! Bando de irresponsável!!! Pronto falei tá falado !

  5. Concordo Cetor,querem dar tempo para a mucura se preparar melhor,esse presidente da federação é um “artista”…FORA!!

Comments are closed.