Remo 2×1 Brusque-SC (Victor Andrade)
Remo 2×1 Brusque-SC (Victor Andrade)

Enquanto esteve em campo, nas vitórias contra Brusque (SC) e Ponte Preta (SP), o atacante Victor Andrade foi importante. Entretanto, um dos destaques do Remo após a chegada do técnico Felipe Conceição, o jogador precisou ser substituído cedo, na etapa final, em ambos os jogos.

“Já queria jogar tudo, mas o professor (Felipe Conceição) falou que fazia parte do protocolo e tinha que ficar mais 1 ou 2 jogos saindo com 10 ou 15 minutos do segundo tempo e, a partir daí, jogar os 90 minutos. Por mim, já jogava todos os jogos”, comentou, bem humorado.

Natural de Aracaju (SE), o atleta de 25 anos, apesar de estar há menos de um mês em Belém, disse já estar adaptado à capital paraense.

“Cidade muito quente. Sou do Nordeste, então estou acostumado, mas estava na Coreia (do Sul), que estava -10°C. Então é uma mudança radical, mas em relação a isso, uma semaninha e já estava tranquilo. O grupo e o clube me receberam muito bem”, disse.

Apesar de ser relativamente novo, Victor Andrade já tem bastante rodagem na carreira. O atacante confessou que busca passar um pouco dessa aprendizagem para o clube. Além disso, deixou claro que é justamente onde tem jogado (aberto na esquerda) que é onde gosta mais de atuar.

“O professor pede para o time jogar bem compacto e que isso facilita até para o nosso jogo e ajuda bastante o posicionamento dentro de campo. A gente aprende muito lá (no exterior) e é o que estou tentando trazer para o Remo, meu estilo de jogo, um pouco de experiência, apesar de ser novo. Gosto de jogar aberto pela esquerda, puxando para o meio ou levando para o fundo”, concluiu.

O Liberal.com, 19/07/2021

4 COMENTÁRIOS

  1. Remo Remo Remo. Tomem cuidado com esse papo de que a raposa esta morta nao caiam nessa sao 11 contra 11 mas se jogarmos serios e determinados, ligados digo, temos grandes chances de vencer. Bora meu Leao!!!!

Comentários