Remo 2x1 Ferroviário-CE (Lucas Siqueira e Tcharlles)
Remo 2x1 Ferroviário-CE (Lucas Siqueira e Tcharlles)

Duas semanas após ser anunciado, Tcharlles finalmente estreou com a camisa azulina. O atacante entrou aos 15 minutos da etapa final na vitória de 2 a 1 sobre o Ferroviário (CE), pela 2ª rodada da Série C do Brasileirão, e logo ajudou a equipe marcar o primeiro gol da partida.

Com 2 minutos em campo, o atacante sofreu duas faltas. Na segunda, Eduardo Ramos levantou na área e Fredson marcou.

Tcharlles infernizou ainda mais a defesa adversária, com jogadas em velocidade pelos lados, sofrendo algumas faltas. Essa é uma característica sua, afirmou o próprio atleta, que também revelou em quem se inspira para desenvolver seu estilo de jogo.

“Sabemos que Neymar é um cara extraordinário, não tem como comparar. Sempre vejo lances desses grandes atletas para que, de alguma forma, possa nos ajudar. Claro que (me inspiro em) Neymar, pelas jogadas e características de lado de campo. Também o Cristiano Ronaldo, dentro da área, em lances que ele tenta finalizar com um ou dois toques. Procuro ver bastante vários atletas de alto nível para que possa evoluir de alguma forma”, contou.

“Com a vitória da forma que foi, com certeza saí muito feliz com essa estreia. Entrar com um homem a menos sem estar 100% fisicamente é um desafio muito maior. Essa felicidade de sair com os 3 pontos torna a estreia mais especial”, celebrou.

Apesar de estar em atividade no futebol paulista antes de chegar ao Remo, Tcharlles precisou esperar um pouco mais para poder fazer seu primeiro jogo pelo Leão. Ele passou por um processo de reequilíbrio muscular visando evitar possíveis lesões.

“Na verdade, estava com os joelhos um pouco sobrecarregados, devido a volta lá. Tivemos que acelerar o processo para que fizéssemos os jogos finais do Campeonato Paulista, mas acabou que não conseguimos atingir o ápice físico. Precisei mesmo deste tratamento para que não viesse machucar depois de alguns jogos no Remo”, explicou.

Confira mais trechos da entrevista coletiva com o atacante Tcharlles:

Adaptação a cidade

No calor, foi complicado, ainda mais que fiquei 8 a 10 dias parado. Depois ter que fazer a parte física por 3 dias no sol das 15h30, foi difícil para me adaptar.

Disponível contra o Castanhal?

Estamos conversando bastante, tentando levar as coisas da melhor forma possível para que não venha sobrecarregar as condições físicas. Claro que gostaria e quero estar ajudando neste jogo. Sabemos que será um jogo difícil, mas nossa equipe tem totais condições. Temos uma pequena vantagem, não vamos entrar em campo pensando nela, mas queira ou não, é uma vantagem. Pretendemos impor nosso ritmo e conseguir sair com essa vitória e quero ajudar.

Elenco unido

Aquilo que vimos dentro de campo, é o mesmo fora. Estamos unidos, fechados. Aqui todo mundo quer vencer, quer chegar e ter um objetivo. Vim para o Remo com um objetivo. Sabemos que é uma equipe grande no futebol brasileiro e infelizmente vive em uma Série que não merece. No mínimo, deveria estar em uma Série B.

Globo Esporte.com, 17/08/2020

1 COMENTÁRIO

  1. Seja bem vindo tcharles você já mostrou que bom de bola vai ajudar muinto o nosso clube do remo.

Comments are closed.