Fábio Bentes acompanhou a visita do governador Helder Barbalho ao estádio Mangueirão
Fábio Bentes acompanhou a visita do governador Helder Barbalho ao estádio Mangueirão

Depois de receber visita do Corpo de Bombeiros e fiscais do CREA-PA pela manhã, representantes da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (SEEL) estiveram no Mangueirão na tarde desta quarta-feira (09/01), acompanhados de diretores da Federação Paraense de Futebol (FPF) e do governador Helder Barbalho.

De acordo com a fala do governador, é possível que a estreia azulina no Parazão seja adiada por causa das condições do estádio. A situação é delicada e o local poderá sofrer sanções para receber jogos.

Helder esteve ao lado do secretário da SEEL, Arlindo Silva, além do diretor de segurança da FPF, coronel Claudio Santos. Eles checaram as condições do Mangueirão para receber torcedores após parte do teto do estádio cair na última segunda-feira (07/01).

“Primeiramente, lamento a condição do estádio, que de acordo com um laudo de agosto do ano passado, está em situação de abandono, com graves problemas nas estruturas. Sugiro que, em 10 dias, possamos levantar itens do estádio e tomar providências, pois a segurança do torcedor está acima de tudo e devemos dar garantias a isso”, disse Helder.

“Conversamos com a Federação e a primeira rodada, no dia 20/01, que seja adiada para que tenhamos que fazer intervenções necessárias para garantir a segurança do público”, completou o governador.

O presidente do Clube do Remo, Fábio Bentes, participou da reunião com autoridades e anunciou a suspensão da comercialização dos ingressos até o estádio ter segurança para receber o jogo.

“Vamos suspender a venda de ingressos até aguardar a definição dos laudos. Lamento o adiamento do jogo, mas é uma decisão acertada, pois a segurança do torcedor está acima de tudo”, declarou.

O vice-presidente da FPF, Mauricio Bororó, garantiu que apenas o jogo do Remo será adiado.

“O jogo do Remo será adiado, mas o Parazão começa no dia 19/01. Já comunicamos o diretor Paulo Romano e o presidente Adelcio Torres sobre os laudos e o jogo será adiado em uma semana”, informou.

Diário Online, 09/01/2019

4 COMENTÁRIOS

  1. O primeiro grande espetáculo futebolístico Paraense de 2019 que é a apresentação do grande Leão para sua torcida com jogo valendo pontos no Parazão deve ser realizado sem riscos. O Laudo técnico tem que confirmar que o Mangueirão pode receber um Público de 30.000 Azulinos. Espero que o Estádio possa ser liberado, pelo menos, para 25.000 Torcedores. Antes um espetáculo com 25.000 torcedores com segurança do que com 35.000 ou 40.000 com o Mangueirão fora dos padrões técnicos de segurança. Concordo com a suspensão da venda dos ingressos até sabermos quantos da Fenômeno Azul poderão entrar no Mangueirão, será uma apresentação soberba que causará admiração e espanto nos Azulinos espalhados pelos outros Estados do Brasil e pelo resto do Planeta Terra.

  2. Esse era o meu medo!
    Agora lascou porque o Remo depende de bilheteria pra sobreviver!
    Graças a incompetência do Zeca Pirão não temos o Baenão como plano B

Comentários