Copa Verde
Copa Verde

A Copa Verde no segundo semestre terá outro cenário. Remo, Paysandu, Cuiabá (MT), Luverdense (MT) e Atlético (AC) vão chegar em ritmo de competição.

Dos demais, só estará igual quem seguir até o final da Série D. Haverá também um grande embaraço para o Cuiabá (MT), forçado a se dividir entre Copa Verde e Série B.

Enfim, a nova conjuntura parece bem favorável aos clubes paraenses!

Os outros 13 clubes da Copa Verde, que deve começar em setembro, são: Rio Branco (AC), Ypiranga (AP), Santos (AP), Manaus (AM), Fast (AM), Sobradinho (DF), Brasiliense (DF), Vitória (ES), Operário (MS), Corumbaense (MS), Real Ariquemes (RO), São Raimundo (RR) e Palmas (TO).

Coluna de Carlos Ferreira, O Liberal, 12/05/2019

13 COMENTÁRIOS

  1. Quando os clubes do Pará tiveram chance de entrar na Copa do Nordeste, bem mais atraente e interessante pelos clubes que disputam, pelos prêmios e pela estímulo ao torcedor por conseguinte perspectiva de boas rendas, o Nunes não deixou. Na sequência, a forma da copa verde, cruza Remo e payssandu nas semifinais. Em dois anos o Remo foi prejudicado com as arbitragens e o Remo foi eliminado. No ano em que o Remo eliminou o payssandu, porque fez um gol no último minuto, do Sílvio, não dando tempo da arbitragem operar para ajudar o payssandu e o Remo venceu nos pênaltis, foi aquela tragédia em Cuiabá na final e que a arbitragem não deixou de operar com expulsões e pênaltis contra o Remo irregularmente marcados. Depois disso só deu payssandu e eles se vangloriando de ter vários títulos nacionais por conta dessa copinha fajuta. Eu, na minha opinião, não acho interessante esse torneio, que só serve para a CBF dá títulos para o payssandu por conta de. Dessa maneira, acho que o Remo deveria se concentrar é na possibilidade de acesso para a série B. Se fosse possível nem participaria dessa porcaria de torneio.

    • Só lembrando que por causa de ganhar essa porcaria hoje o Paysandu embolcou 2,5 milhões
      entrando direto ainnas eeoitavas dada Copa do Brasil e ainda tem chorão que diz que não vale nada kkkkkkk

  2. Neste primeiro semestre o Clube do Remo está bem, caso chegue no segundo semestre conseguido desenvolver esse mesmo futebol, ou até mesmo melhor, não tenho medo de afirmar que seremos grande candidato ao título. Até porque, acho que os adversários da série D já estarão em sua maioria parados, pois já estarão eliminados na série D, já os das séries C e B provavelmente estarão lutando pelo acesso, ou contra o rebaixamento, acho que mais provavelmente contra o rebaixamento, como nos casos de Paysandu, Luverdense, e Cuiabá. Assim o caminho está livre para o título do nosso amado Leão.

  3. Campeonato que deve ficar em segundo plano, jogar com time reserva.
    Ainda bem que já teremos o baenao, pois irá minimizar os prejuízos

  4. CV atual é um torneiozinho vagabundo que o pilantra coronel Nunes empurrou para os clubes do Pará e estados onde o futebol não é interessante para a máfia da CB$, tendo premiação pífia em relação a CN. A CV só valerá a pena o dia que for internacionalizada (com times da Venezuela, Equador e Peru) e que tiver o mesmo modelo da CN, com fase de grupos e polpudas premiações.

    Eu acredito seria mais negócio usar a CV atual para revelar jogadores. Portanto, nos primeiros mata-mata do CV o Remo deveria jogar com um time de moleques de sua base e com reforço de alguns jogadores titulares. Time tipo:

    Vinicius;
    Rony(*), Jansen, Marcão e Davi(*);
    Pingo(*), Yuri, Lailson(*) e Carlos Alberto;
    Wallace(*) e Hélio(*).

    * Jogadores da base.

    Lembrando que o “estrangeiros” Mário Sérgio, Alex Sandro e Emerson são moleques ainda, os três só tem 23 anos.

    Da base ainda tem o zagueiro Fábio e os meias Wederson, Amauri e David Lima.

  5. CONCORDO PLENAMENTE COM OS COMENTÁRIOS ACIMA ESSA COPA VERDE É UMA COMPETIÇÃO QUE NÃO SERVE PRA NADA

Comments are closed.