Elielton, Mimica e Romário
Elielton, Mimica e Romário

O clima foi de total descontração na reapresentação do Remo, na tarde desta quarta-feira (08/08), no Baenão. Como pagamento de uma promessa feita aos jogadores caso evitassem o rebaixamento, o técnico João Neto passou apenas um rachão.

“A gente se sente aliviado. Hoje, a gente pode olhar para trás, ver todos os sacrifícios que passamos e todos os incentivos, pois a gente não pode focar só naquela parte em que somos criticados. Também tivemos muito apoio da torcida, da imprensa, da diretoria, de todos. Os jogadores e a comissão técnica se abraçaram após o apito do árbitro, na segunda-feira (06/08). Foi quando a gente pôde realmente dar uma relaxada depois desses meses aqui em Belém”, afirmou o meia Rodriguinho.

Alguns jogadores levaram os filhos, assim como o próprio treinador, o que tornou ainda mais leve o clima do treinamento. Apesar disso, o Leão ainda tem um último compromisso pela Série C, contra o Náutico (PE), no próximo sábado (11/08), às 19h30, no Mangueirão, valendo pela última rodada da primeira fase.

Apesar de não valer praticamente nada às duas equipes, apenas a garantia da liderança do grupo aos pernambucanos, Rodriguinho garante que entrará em campo para dar o seu máximo.

“Com certeza, é jogo para valer. Quando entro em campo, não tem amistoso. Até amistoso vira jogo de campeonato para mim. Sempre foi assim. Brinco muito com os meus amigos que sou ‘fominha’, não tenho muita essa de poupar, não jogar. Quero estar em campo até em brincadeira, rachão. Esse jogo para mim é um jogo como qualquer outro. Espero que todos deem o melhor. Que seja um jogo festivo no final, mas dentro de campo vai 90 minutos de correria”, ressaltou o meia.

O Remo não tem mais chances de entrar no G4 e o jogo será a despedida do time da temporada. Por conta disso, a diretoria do clube irá permitir a entrada de 450 sócios torcedores nos treinos desta quinta-feira (09/08) e sexta-feira (10/08), no Baenão.

“Vai ser algo diferente para a gente. Estamos aqui há quase 9 meses e ainda não teve esse contato com a torcida em treinos, que sei que era algo que existia antes. Vai ser uma novidade gostosa, boa. Que bom que conseguiram viabilizar isso. É importante para nós e para a torcida ter esse contato. Vai ser uma experiência legal”, conclui Rodriguinho.

Globo Esporte.com, 08/08/2018

Comentários