Jaderson – Foto: Samara Miranda (Clube do Remo)
Jaderson – Foto: Samara Miranda (Clube do Remo)

Ao conquistar sua 2ª vitória em 7 jogos na Série C, por 2 a 1, sobre o Sampaio Corrêa (MA), neste sábado (01/06), em São Luís (MA), o Clube do Remo conseguiu uma folga momentânea na crise que rondava em suas costas, distanciando-se do Z4 e até se aproximando do G8.

Porém, há a ciência no Baenão que as dificuldades ainda são enormes. Os 7 pontos até agora conquistados equivalem à mesma quantidade de partidas disputadas, ou seja, o aproveitamento ainda é baixo – somente 33%.

Como para toda grande caminhada é preciso um primeiro passo, o Leão está em busca de se reabilitar na competição.

No jogo em que Raimar e Jaderson marcaram os gols do Remo, com João Felipe descontando para os maranhenses, o time azulino teve os primeiros 15 minutos de uma “atuação de almanaque”, fazendo tudo certo ao limite até que o lateral-esquerdo abrisse o placar, com um golaço que pouco importa se o chute foi mesmo ao gol ou uma tentativa de cruzamento.

Esse quase um terço de um tempo é o que pode servir de motivo de esperança para a torcida, sabendo que o Leão já teve minutos de uma excelente atuação. No restante do jogo, a despeito do segundo gol logo no primeiro minuto da etapa complementar, foi um sufoco com uma pressão enorme do Sampaio Corrêa (MA).

Por causa desse panorama, o nome do jogo acabou sendo um indicativo da dificuldade encontrada. O goleiro Marcelo Rangel fez pelo menos 5 defesas decisivas entre as 25 finalizações que o adversário teve nos 90 minutos. Depois do gol de Raimar, aos 13 minutos do primeiro tempo, o Leão caiu de produção e os maranhenses passaram a pressionar, o que se repetiu até o apito final.

“É tudo um conjunto aqui, ninguém ganha nada sozinho. Fiquei feliz pelo resultado, principalmente, em por poder ajudar no momento mais importante da partida”, disse o goleiro.

Um dos mais experientes do elenco, Rangel sabe que a situação ainda é difícil e que serão duas “pedreiras” nas próximas partidas em Belém.

A última sequência de 2 jogos seguidos como mandante será também a grande chance de não só dar uma folga na tabela como de ainda sonhar em classificação para a segunda fase.

“Agora é descansar e focar no trabalho durante a semana. Temos 2 jogos importantes em casa (São Bernardo-SP e Ypiranga-RS) e precisamos do apoio do torcedor. Ele nos ajudou muito e agradecemos demais a eles, que vieram até aqui”, afirmou.

Autor de um gol e de uma assistência, Jaderson voltou ao time em grande estilo. Além de comemorar o gol, ele ressaltou a importância da presença azulina na partida.

“Estou muito feliz pela vitória, pelo grupo que trabalhou muito durante a semana e por toda a pressão que aguentamos. Chegamos aqui melhores! Estou muito feliz pelo gol e pela assistência. O mais importante é a vitória”, apontou.

“A torcida é maravilhosa, não tenho que falar. Ela está em todos os cantos que vamos, sempre nos apoiando”, finalizou o meia.

O Leão volta a campo neste domingo (09/06), a partir das 19h00, para enfrentar o São Bernardo (SP), no Baenão. O jogo é válido pela 8ª rodada da Série C e terá transmissão ao vivo pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora.

Diário Online, 02/06/2024

3 COMENTÁRIOS

  1. Venceu no sofrimento,mas venceu;precisamos evitar essa sofreria,está demais,precisamos melhorar a parte física e tática,precisamos de um CAMISA 10 nato.

  2. Alguns pontos a falar:
    1) Não foram 15, e sim 25 min de um ótimo futebol em q o Remo foi amplamente superior e podia ter feito mais d 1 gol.
    2) O preparo físico do Remo é lastimável pq só afuentpu 25 min de jogo e foi por isso q tomamos sufoco,…não pq o Damásio melhorou, mas pq tinha melhor preparo físico e o Remo andou em campo pp no Segundo tempo
    3) o Jogo foi o resumo perfeito de como é Rangel….ele pode tto falhar bisonhamente como em um lance em q ele d manchete botou uma bola na trave e o gol em q ele pulou atrasado, como tb pode ser o Salvador da pátria cono ele fez em pelo menos 3 defesas incríveis.
    3) Tem jogadores q não tem qualidade para estar no Remo e não mantém o nível de jogo: Ribamar, Cachoeira, Pavani, Adson, Kevin, Sheldon, Os 2 Matheus, Ytalo, Vidal

  3. Não seria momento de começar a amadurecer a ideia dos jogos passarem para o mangueirão ?
    Se o time demonstrar em campo que realmente vai mesmo evoluir e dar aquele sprint nessa reta final , seria interessante pensar nisso. Com certeza , a torcida abraçando a ideia , é lotação máxima e vai jogar jogar junto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor informe seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui