Jogadores remistas realizam atividade física – Foto: Samara Miranda (Clube do Remo)
Jogadores remistas realizam atividade física – Foto: Samara Miranda (Clube do Remo)

“É muito bom vencer, todo mundo quer ganhar. Então, está um ambiente muito bom, o time está muito confiante, vamos fazer uma boa semana e fazer um bom jogo no domingo (09/06)”. A fala do meia Jaderson é bem sintomática de como funciona o futebol. Para ter tranquilidade para trabalhar no dia a dia, basta vencer!

Depois de derrotar o Sampaio Corrêa (MA) por 2 a 1, jogando fora de casa, no sábado (01/06), o Clube do Remo vem tendo uma semana com o Baenão sob um “céu de brigadeiro”, com um ambiente favorável para a preparação para o próximo jogo, contra o São Bernardo (SP). Nesse cenário, destaca-se a figura do técnico Rodrigo Santana, que pode desfrutar deste ambiente, algo que seus predecessores raramente tiveram em 2024.

Mesmo com pouco tempo, Santana ousou ao mudar de forma radical o sistema de jogo que o Leão vinha tendo. Ele saiu de um 4-3-3 para um 3-5-2, o que mal foi testado na temporada, mas deu certo. Com Paulinho Curuá e João Afonso se revezando como terceiro homem da defesa, ambos se aproveitando do bom porte físico, os alas puderam chegar mais à frente e, principalmente, os meio-campistas Jaderson e Giovanni Pavani puderam atuar com mais liberdade.

O time se saiu muito bem, mas durou apenas 15 minutos, enquanto teve intensidade e condição física. Depois, voltou ao que vinha sendo feito, contando com uma noite inspirada do goleiro Marcelo Rangel.

“É um modelo novo para nós. É a primeira vez que jogamos com 3 zagueiros no ano, mas estamos nos adaptando bem, pegando bem as ideias. Então, quanto mais rápido nos adaptarmos, vai ser melhor para o time”, admitiu Jaderson, um dos maiores beneficiados com essa nova forma de jogar.

Intenso em um time que não consegue correr do início ao fim, o jogador teve um pouco mais de liberdade, podendo chegar ao ataque. O resultado disso foi uma assistência e um gol, que o elegeram o melhor jogador da rodada por um dos canais que transmite a Série C.

“O professor pediu para fazer uma marcação muito forte, então acredito que em todos os aspectos fui muito bem”, afirmou.

O lateral-esquerdo Raimar também considerou as mudanças como benéficas.

“Todos nós conseguimos assimilar bem o que foi passado na semana, o que o treinador pediu para a gente”, disse.

O ambiente azulino melhorou também com boas notícias vindas do Departamento Médico do clube. O meia Matheus Anjos e o atacante Kelvin estão recuperados de lesão e voltaram aos treinos, estando à disposição da comissão técnica. O atacante Pedro Vítor ainda está em tratamento, mas com boas chances de ser relacionado.

O lateral-esquerdo Helder e o zagueiro Sheldon cumpriram suspensão automática e também podem ser aproveitados, mas no caso deles, aparentemente, as vagas foram perdidas e o time titular deve ser mantido.

Ao todo, Santana terá 5 dias para preparar o time azulino na busca para se aproximar de vez do G8, deixando o fantasma do Z4 definitivamente para trás. Após a vitória sobre o Sampaio Corrêa (MA), o treinador falou sobre os próximos passos da equipe.

“Saio daqui muito feliz, otimista pela confiança que os jogadores demonstraram. Vamos sair dessa, vamos nos acostumar a vencer, dar alegria para o torcedor, para a diretoria, para todos. A gente ainda não ganhou nada, nosso objetivo é o G8”, apontou.

O Leão volta a campo neste domingo (09/06), a partir das 19h00, para enfrentar o São Bernardo (SP), no Baenão. O jogo é válido pela 8ª rodada da Série C e terá transmissão ao vivo pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora.

Diário do Pará, 06/06/2024

Não perca nenhuma notícia do Clube do Remo! Se inscreva nos canais do Remo 100% no WhatsApp e no Telegram.

2 COMENTÁRIOS

  1. acredito num duelo equilibrado, porém o Leão tem a seu favor o fator campo e um Time que sabe o que deve fazer, jogar com um esquema reforçado para segurar o ímpeto do nosso adversário que vem com faro de gol, vai chegar o momento em que o Leão terá sua oportunidade de vencer com segurança, será um duelo para abalar o coração do torcedor tanto do Leão como do nosso adversário, com um Baenão Lotado e a torcida a nosso favor eu considero 60% para vitória do Leão 40% empate e 0% vitória do nosso adversário. A Amazônia vai tremer, segura coração!

  2. Espero q o preparo físico dos jogadores tenha melhorado para q aguentemos correr pelo menos o primeiro tempo, como jogamos os 25 min iniciais contra o Sampaio. Assim da para fazermos o placar no primeiro tempo e no Segundo vai trocando os jogadores mais cansados para seguramos o placar e engatar a segunda vitória na competição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor informe seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui