Remo 0×0 Confiança-SE (Kevem, Felipe Gedoz, Neto Moura, Matheus Oliveira e Raimar)
Remo 0×0 Confiança-SE (Kevem, Felipe Gedoz, Neto Moura, Matheus Oliveira e Raimar)

O Remo foi rebaixado à Série C neste domingo (28/11). Uma tarde que poderia ter terminado diferente, com os torcedores indo embora do Baenão com um sorriso no rosto, tendo a permanência na Série B do ano que vem garantida. Porém, sejamos sinceros. Um bom exercício de reflexão leva à constatação de que a queda estava escrita. Vinha sendo anunciada há bastante tempo.

A Série B para o Remo começou de maneira ruim. O time não se acertou com Bonamigo, que entregou o cargo por entender que não tinha mais o que tirar de positivo do elenco. Era o limite. A zona de rebaixamento se transformou em um pesadelo. De volta à competição 14 anos depois, a dificuldade se tornava normal. O elenco não era lá dos mais fortes. O poderio financeiro azulino foi baixo. Extrapolou o investimento de R$ 1 milhão de folha salarial por pura necessidade.

Em uma manobra certeira e surpreendente, o Remo contratou Felipe Conceição, um dos melhores técnicos de nível de Série B disponíveis no mercado. Conceição tem a fama de recuperar equipes em má fase. Havia sido assim com América (MG) e Guarani (SP). O trabalho no Cruzeiro (MG) nem pode ser considerado, haja vista que o momento do clube mineiro não tem sido favorável para nenhum treinador.

O início de Conceição foi arrasador. De lanterna, o Leão chegou à 8ª posição. Foi uma sequência de 9 vitórias, 4 empates e . derrotas. O total de 31 pontos conquistados.

Só que isso não foi bom para o Remo. Na 28ª rodada, já tinha acumulado 38 pontos. Portanto, de acordo com o “número mágico” de 45 pontos para evitar o rebaixamento, só precisaria de mais 7. O problema foi esse. Não foi salto alto, foi relaxamento! A equipe relaxou pensando que poderia fazer essa pontuação a qualquer momento. Mais 2 vitórias e 1 empate…

A perda de jogadores importantes por lesão, como Romércio, Kevem, Anderson Uchôa, Igor Fernandes e Erick Flores contribuíram para que o Remo caísse vertiginosamente de produção, mas o treinador chegou a conseguir resultados positivos com as opções do elenco. O negócio foi o relaxamento mesmo!

Os azulinos, como diz a frase do hino nacional, ficaram “deitados em berço esplêndido”. Só que, diferente dessa mesma letra, o Leão não ficou assim “eternamente”.

Nos últimos 10 jogos na Série B, o Remo conseguiu apenas 1 vitória e 2 empates. Foram 7 derrotas. Se tivesse conseguido apenas mais 1 ponto dos 25 que perdeu, teria evitado a queda para a Série C.

Desesperada com o momento ruim do clube, a diretoria optou por uma solução, no mínimo, curiosa. Trocar Felipe Conceição até que poderia ser considerado um fator importante, já que, assim como Bonamigo, o técnico não vinha conseguindo tirar mais nada do grupo de jogadores.

Só que a opção foi trazer um profissional que não acompanha o dia a dia do time, não conhecia a instituição Remo a fundo. Sem considerar o fato de ter sido um empréstimo junto ao Mirassol (SP), porque esse não foi o “X” da questão.

Isso para os 3 últimos jogos. O Leão contratou alguém que não teria tempo para conhecer a individualidade de cada um dos atletas, o perfil de grupo. A melhor saída naquele momento era aproveitar quem já estava aqui e conhecia tudo de Baenão: João Nasser, o Netão. O auxiliar permanente já ajudou o Remo em diversas oportunidades.

A solução caseira tinha mais chances de dar certo do que a importada. Medidas extremas, de supetão, não costumam dar certo no futebol. As chances de acerto são pequenas.

O Remo teve a 2ª pior campanha do returno da Série B, com 29% de aproveitamento. Fez apenas 17 pontos em 19 partidas, só não foi pior que o Brasil (RS), último colocado isolado, com 11.

O Remo caiu. Não tem mais jeito. É enfrentar a Copa Verde buscando motivação sabe se lá onde, somente no fato de ser um Re-Pa, um clássico. O moral está lá embaixo, isso é verdade. No fim, o clube azulino veio caindo pela tabela e foi contando com a ajuda dos adversários, que conseguiam ter um desempenho pior.

Porém, querer se salvar na última rodada com um empate em casa e diante de uma equipe que já entrou em campo rebaixada era demais. Até a sorte tem limites, Leão!

Texto escrito por Gustavo Pena, jornalista do GE

Globo Esporte.com, 28/11/2021

Venha ser também um colunista do Remo 100%

Os textos publicados na categoria “Colunistas” são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam necessariamente a opinião deste site.

18 COMENTÁRIOS

  1. Acho que essa foi a pior vergonha dos ultimos tempos pro Remo chega a ser surreal. 1 vitoria só, umazinha e o time não conseguiu absolutamente NADA, algo estranho estava acontecendo pelos bastidores.

    • Eu sigo tb esse raciocínio seu, NÃO É NORMAL O QUE ACONTECEU, esse que se diz presidente tem obrigação moral de vir a público dar satisfações a torcida! Se é que tem culh… p isso!!!

  2. O jogo de ontem só sacramentou a queda p série C. O Remo caiu quando nossos zagueiros (Keven e Romércio) deram aquelas duas entregadas nos jogos anteriores, aquelas falhas grosseiras foram fatais para as pretensões do Remo. Lógico q a culpa não foram só deles, toda a equipe foi péssima nos últimos jogos. BANDO DE PIPOQUEIROS!

  3. Até agora não da para entender, como um time joga bem contra Goias e Vasco, e quando é para jogar contra o confiança valendo a permanência do clube para a serie B, valendo 500 mil para embolsar, valendo contratos futuros para permanecer no Remo ou em algum time que joga a serie B, esses jogadores fazem isso! Quem sabe ano que vem eu volte a ir pro estádio porque esse time não me deu mais vontade e se eu pudesse boicotava esse RExPA, #ninguemsabadonobaenao

  4. Cara o Lucas Siqueira foi titular em todos os jogos praticamente o cara ae arrastando em campo e ninguém fez nada, deu no que seu, queda na certa., tem que mandar todos esses perebas embora.!!

  5. A queda já era anunciada desde o paraense, por muitos torcedores, contratações sem qualidades, foi até onde deu.

  6. A QUEDA OU REBAIXAMENTO DO CLUBE DO REMO APESENTA VÁRIOS FATORES, TRÊS FORAM DETERMINANTES:

    – GESTÃO/PRESIDÊNCIA INEXPERIENTE E AMADORA COM SEU SETOR EXECUTIVO DE FUTEBOL TAMBÉM, INCLUSIVE, COMENTAM-SE QUE ESSE GRUPO É COMPOSTO DE “AMIGOS” DO PRESIDENTE Fábio Bentes.

    – ESSE AMADORISMO RESULTOU EM CONTRATAÇÕES TARDIAS E SEM CRITÉRIOS E QUALIDADES (PARA QUEM NÃO LEMBRA A DIREÇÃO DEMOROU NAS CONTRATAÇÕES, JÁ DESDE O FINAL DO PARAZÃO 2021 PASSANDO ATÉ QUANDO A EQUIPE ESTAVA NA ZONA DA “DEGOLA” COMANDADA POR Paulo Bonamigo).

    – O FATOR FINANCEIRO. LOGO QUANDO O CLUBE DO REMO CLASSIFICOU-SE PARA A SÉRIE “B”, O PRESIDENTE Fabio Bentes ESBRAVEJAVA QUE O CLUBE NÃO IRIA COMETER LOUCURAS PORQUE O FINANCIAMENTO DA CBF PARA A SÉRIE “B” NÃO ERA SUFICIENTE PARA CONTRATAR JOGADORES COM QUALIDADE TÉCNICA. POSTERIORMENTE COM A COMPETIÇÃO EM ANDAMENTO EM ENTREVISTAS FALAVA QUE O FOCO DA EQUIPE ERA O DE PERMANECER, MAS SE FOR POSSÍVEL BELISCARIA UMA “ZONA DE ACESSO”. ORA, ISTO NÃO CONDIZ COM A REALIDADE. PRIMEIRO PORQUE MUITAS EQUIPES NÃO CONTRATARAM/MONTARAM EQUIPES MILIONÁRIAS, ESTAS EQUIPES CONTRATARAM SEM AMADORISMO, COM CUSTO DE MERCADO E CRITERIOSAMENTE. SEGUNDO, PARA SE MANTER EM UMA COMPETIÇÃO ACIRRADA E LONGA COMO ESSA FORMULA DE PONTOS CORRIDOS É NECESSÁRIO TRABALHAR COM ESSES TRÊS PILARES: QUALIDADE, CRITÉRIO E QUANTIDADE. POIS REALIZAR CONTRATAÇÕES COM QUALIDADE SIGNIFICA EM TESE COMO UM GRANDE PASSO PERMANECER NA COMPETIÇÃO. PORTANTO, CONTRATAR JOGADORES MAIS QUALIFICADOS REPRESENTA INVESTIMENTO, MESMO QUE ALGUMAS CONTRATAÇÕES “PONTUAIS” TENHAM UM VALOR MAIS ELEVADO, COM A PERMANÊNCIA SEGUINTE RECUPERAM-SE ESSES INVESTIMENTOS/CUSTOS.

    REFLITAMOS AINDA QUESTIONANDO O TEXTO CITADO SOBRE O INVESTIMENTO DA FOLHA SALARIAL CITADA.

    “Extrapolou o investimento de R$ 1 milhão de folha salarial por pura necessidade.”. QUAL NECESSIDADE? ESSA NECESSIDADE REPRESENTOU QUALIDADE, CRITÉRIO E QUANTIDADE? CONDIZ DE FATO COM A QUALIDADE TÉCNICA DO ELENCO? QUAIS ERAM OS CUSTOS DAS FOLHAS SALARIAIS DE OUTRAS EQUIPES COMO Sampaio Correa, OPERÁRIO (PR), Vila Nova, Brusque, Londrina, Confiança, OU MESMO CRB? DENTRE OUTRAS.

    E TAMBÉM,

    “Em uma manobra certeira e surpreendente, o Remo contratou Felipe Conceição, um dos melhores técnicos de nível de Série B disponíveis no mercado.”. MANOBRA CERTEIRA E SURPREENDENTE? UM DOS MELHORES TÉCNICOS? CONTRATAR UM TÉCNICO EM INICIO DE CARREIRA (UM “OUTRO Eudes Pedro?”) AINDA SEM UM CURRÍCULO “RODADO”, DE FATO FOI SURPREENDENTE, UMA VEZ QUE NÃO ERA O ÚNICO TÉCNICO DISPONÍVEL E TAMBÉM “GABARITADO” EXPERIENTE NO MERCADO.

    PORTANTO, QUAL A LIÇÃO QUE FICA PARA APRENDIZAGENS EM COMPETIÇÕES NACIONAIS, NÃO APENAS À DIREÇÃO DO CLUBE DO REMO, COMO TAMBÉM AO ARQUIRRIVAL QUE NÃO FOI DIFERENTE NA SÉRIE “C”? O AMADORISMO DAS GESTÕES DE AMBOS QUE SÃO OS MAIORES, MASSIVOS E CENTENÁRIOS CLUBES DA REGIÃO NORTE, DEVEM SER SUPERADOS E DAR ESPAÇO AO PROFISSIONALISMO E SEGUIR EXEMPLOS. SOB PENA DE SEGUIRMOS NESTES ÚLTIMOS CONTEXTOS COM O FUTEBOL DA REGIÃO NORTE, NO LIMBO DAS COMPETIÇÕES NACIONAIS.

  7. Esse rebaixamento tem muitos culpados,mas eu boto na conta do ROMERCIO que entregou contra o LONDRINA ali eles entraram no pario,se tivessemos ao menos empatado esse jogo quem caia era eles.Outro culpado KELVEM contra o GOIAIS entregou.Falei aqui um alerta p FABIO BENTES futebol nao se ganha so nas 4 linhas,disse que se o jogo terminasse empatado o 1 tempo era pra descerem o vestiario do Confiança e oferece a mala.

  8. Chama-se amadorismo, ingenuidade e soberba!! Fizeram esforço descomunal para serem rebaixados, tomaram as piores decisões possíveis e ainda em última instância, e até na extrema e radical hipótese poderiam ter feito um “jogo de compadre” com o Confiança.

  9. O presidente do Remo FB e seus diretores de futebol são todos fracassados, vejam o que aconteceu na gestão deles, perderam o campeonato paraense, perderam a copa verde, subiram o time para série B em 2020 e em 2021 rebaixaram o time para a serie C novamente, isso tudo reflete o fracasso e a incompetência de uma gestão pífia, O Remo só não caiu antes por que os times que estavam na frente na tabela ganhavam os times que estavam abaixo do Remo, o Remo foi ajudado pelos outros times até a penúltima rodada, na última rodada que só dependia dele, não fez por merecer que era vencer e permanecer na serie B. talvez nem todos os torcedores sabiam que Remo iria cair, eu postei aqui sobre a possível queda do remo e foi criticado me chamaram de mucurento e outras coisas, o que eu queria era alertar a todos o que iria acontecer, mas eu tive a certeza da queda do Remo quando o tal do Yan pediu sair, ele saiu não foi pra resolver problema pessoais, ele saiu por que ele sabia que o remo ia cair e tirou o corpo fora para não participar desse momento vergonhoso que todos nós estamos passando, mesmo assim nós amamos esse clube do fundo do nosso coração, vcs acham que o FB e seus diretores estão se importando com a queda do Remo, não estão nem aí, a noite que passou colocaram a cabeça no travesseiro dormiram tranquilos como se nada tivesse acontecido, agora eles vão se planejar para que no ano que vem montar um time de série D, para disputar uma série C, aí vamos ficar mais 13 anos para subir para uma série B novamente.

  10. A imensa e apaixonada torcida remista não merece tanta frustração e tristeza.

    A má fé da arbitragem em vários jogos tiraram pontos que fizeram muita falta ao Remo, porém a incompetente e apática diretoria de futebol, além de jogadores desqualificados e descompromissados, foram determinantes para a queda.

    Agora as hienas aparecem para sangrar ainda mais o Leão ferido e os abutres em volta para pegar um pedaço de sua carne.

  11. Eu como torcedor fanático que sou, ontem após o jogo quase faço uma besteira com os mucurentos que vieram me atazanar a paciência, por essa vergonha que esse plantel do Clube do Remo nos aprontou ontem jogando em casa, jogadores sem sague na veia para vestir essa camisa azul marinho, sem garra sem determinação, sem preparo técnico e táticos, esclarecendo melhor bandos de ruins pernas de pau. agora se depender de mim não ajudarei mais com vinha fazendo, não vou mais no estádio assistir copa verde, campeonato paraense, série C, também não ajudo mais com PIX, não compro mais camisa, chapéu, chaveiro, canecas, não compro mais nada para ajudar, só voltarei a fazer isso novamente quando mudar presidente e diretores de esporte, vão dar o jeito de vcs para arranjar receitas suficientes para manter o clube nessas competições em que não tem receita nenhuma, seus bandos de incompetentes jogaram fora uma receita de aproximadamente 10 milhões, que ia entrar no caixa do clube para o ano de 2022.

  12. Aprendam com o Fortaleza que até um tempo atrás estava disputando série C junto com o Remo, mas hoje o clube está entre os 6 melhores do Brasileiro da Série A e vai disputar a libertadores da América em 2022. Subiu pra B e foi campeão da mesma, além disso foi campeão da copa do Nordeste e chegou nas semifinais da copa do Brasil… Olha o exemplo do Fortaleza e aprende seu Fábio Bentes…

  13. Nao credito que os caras sao tao burros ao pontos de nao ver quais jogadores deveria sair do time, e qual time deveria ter sido escalado para enfrentar o Confianca.
    Fabio, Yan, Dirson, apos esse jogo de domingo tive certeza que vcs tem esquema com empresario! Por favor, saiam do Remo!!!!!!!! SAIAM DO REMO!!!!! SAAAAAAIIIIIAAAAA DO REMO!!!!!

  14. Remo nunca foi time para disputas nacionais, time vergonha, vergonha, bando de amadores, basta só entrar um pouco de dinheiro para ficar lisos de novo, entao vem serie C, hora de fazer vaquinha porque a conta chegou. Melhor ficar na serie C mesmo que é teu lugar.

Comments are closed.