Paulo Bonamigo
Paulo Bonamigo

Em 2000, Paulo Bonamigo assumiu o Remo em uma trajetória de queda para a Segundinha do Parazão e quase conquistou o título da competição. No mesmo ano, levou o Leão ao acesso à Série A, na extinta Copa João Havelange, mas a vaga foi tomada em manobra na CBF para beneficiar o Botafogo (SP).

De volta ao Baenão em 2020, o técnico conquistou o acesso à Série B. Agora, na 3ª passagem pelo clube, o desafio de reconduzir o Leão para a mesma Série B.

O histórico mostra que Remo e Bonamigo existem um para o outro, mas também que, apesar das glórias históricas, Paulo Bonamigo ainda não foi campeão no Remo. É algo que ele deve ao clube e a si mesmo.

Eis, então, a missão prioritária nesse retorno ao Baenão!

Coluna de Carlos Ferreira, O Liberal, 15/12/2021

14 COMENTÁRIOS

      • Bonamigo durante os 9 meses que este a frente como técnico do Remo neste ano, não deu chances aos garotos da base como Ronald, Mafra, Curuá preferiu escalar o Siqueira e deixar os garotos na reserva será que este erro vai se repetir para o ano?

          • Ao que me consta, Ronald, Curuá não eram titulares no time dele tiveram chances com Eduardo Batista…

          • Você colocou os 9 meses do Bonamigo no mesmo balaio.
            Mostramos que ele utilizou jogadores da base.
            Foi o tempo todo? Não, mas usou.

          • Quando eu falo em dar chances aos jogadores da base estou falando em titularidade e não colocar pra jogar no segundo tempo para substituir outro jogador. O caso do Siqueira e Artur jogadores de péssima qualidade tecnica, Bonamigo insistia com eles como titulares enquanto isto Curuá jogador de bom nível técnico ficava na reserva…..

  1. Ao Bom amigo, seja bem-vindo. Ao Remo, tem que se desapegar das velhas práticas que é sinônimo de fracasso. Acabou era de jogador ídolo, aquele que vai jogar por amor ao clube, hoje, ídolo do Remo é
    o próprio Remo, bem gerido, dando lucro, orgulho e galgando patamares, jogador é de passagem, vem, faz uma temporada, se for esperto, se projeta, fica, em melhor condição ou vai embora, este é o ciclo natural do esporte profissional. As pessoas gostando ou não, o Remo tem que ter jogadores de base de razoável para cima, rodar o próprio produto, para pode minimizar essa gangorra e ter chance de competir, o Remo, não tem o poder de fogo de um Real Madri ou PSG, compraram o CT, então, tem que fazer dar fruto, como diz o ditado, um olho no peixe e outro no gato, um olho no time profissional e outro no time de base, até porque, os melhores jogadores hoje, estão nas mãos de empresa, virou ativo de investimento e como tal, vão ser colocados nós melhores locais, mais retorno.

    • Perfeito o teu comentário Miranda Afonso. O futebol hoje é negócio, os bons jogadores já estão nas mãos de empresários de futebol, mas o Remo é marca forte e que produz bons frutos, só precisando valorizar mais as suas crias.

  2. O filme de 2021 se repetirá até com demora de contratações contratando somente com o andar do Parazão (palavras de Fábio Bentes) para assim alegar que não há jogadores disponíveis no “mercado” deixando também para contratar no decorrer da série C? E Por que não outro técnico? Sou desfavorável a Bonamigo, há outras alternativas.

  3. Boa tarde galera do mais querido do Norte !!!
    Torcida,vamos ter calma com a montagem do Remo para 2022.
    O Remo tem que dar prioridade para Série C e montar um time forte e competitivo.
    Muitos jogadores que terminaram a série B e que ficaram para a Copa Verde ,tem totais condições de disputar s série C e fazer o Remo subir par B novamente, mas claro que vai precisar de fortalecer e aí acredito na capacidade do novo executivo de futebol e de forma regional no Galvão e principalmente da imagem de bom caráter do Bonamigo pra trazer do campeonato carioca alguns bons jogadores que vão ficar desempregados no término do campeonato carioca .
    Vamos acreditar galera.

  4. Excelente o retorno do Paulo Bonamigo para a temporada 2022.

    Cheguei a imaginar, quando ele deixou o LEÃO AZUL, no início da Série B, que o seu ciclo de Clube do Remo, só se repetiria após outros 20 anos…..2000…2020….2040.

    Ainda bem, que não foi nesse ritmo.

Comments are closed.