Home Futebol Profissional Remo capitaliza bem a vitória no Re-Pa

Remo capitaliza bem a vitória no Re-Pa

7
Remo capitaliza bem a vitória no Re-Pa
Paysandu 2×4 Remo (Lucas Tocantins)

Internamente, o Remo tornou-se mais confiante. Externamente, mais respeitado, ao golear o Paysandu no seu principal teste neste início de temporada.

Ainda em estruturação, o time azulino vem tendo boa produção ofensiva, mas no sistema defensivo ainda está bem abaixo do time da Série C, que até a rodada do acesso havia tomado apenas 12 gols em 23 jogos, média de 0,52 por jogo.

Neste início de temporada, em 5 jogos, o Leão tomou 5 gols e fez 14. São números muito significativos na preparação para o jogo de quinta-feira (08/04), contra o Independente, e muito mais para o jogo da terça-feira (13/04), em Maceió (AL), contra o CSA (AL), valendo R$ 1,7 milhão de premiação na Copa do Brasil.

Maratona

O CSA (AL) enfrenta o Coruripe (AL), nesta terça-feira (06/04), pelo Campeonato Alagoano, no seu 10º jogo em 34 dias. Uma maratona que começa a pesar no próximo adversário do Remo na Copa do Brasil. No mesmo período, o Leão fez 5 jogos.

Tocantins

Em menos de 90 minutos em campo, nos jogos contra Esportivo (ES) e Paysandu, deu 3 assistências e fez 2 gols. Um começo excelente do atacante paraense formado na base do Botafogo (SP) e campeão da última Série B pela Chapecoense (SC).

Coluna de Carlos Ferreira, O Liberal, 06/04/2021

7 COMMENTS

  1. Excelente jogador,se pegar campo seco,dizem que e melhor ainda,por sua velocidade!

  2. Para a chapecoense liberar o Tocantins, só tem uma explicação, tem jogador pra posição melhor que ele. Caiu como uma luva no Remo.
    Alguém ainda sente saudades do Hélio?
    Pior besteira que fez, foi sair do Remo!!!
    Como sempre digo: Ninguém é insubstituível! Quer ir embora? Vá!

    • Chapecoense-SC subiu. Pode ter decidido que o jogador servia para a Série B, mas não para a Série A. Fizemos o mesmo com jogadores do elenco 2020, que não renovaram.

    • Tenho a sensação de que ele irá “Vingar’ no Clube do Remo, não que será um cara insubstituível, mas que empenhará um bom futebol, de forma simples e eficiente que demostrou durante o clássico.

      No Curitiba não foi tão bem, conforme o relato que pude verificar de alguns torcedores, porém outros confiam no seu potencial e estranharam aquele não ter apresentado o que tinha de melhor, pois sua ida para este foi justamente fruto do bom futebol apresentado pelo time que o ”revelou”.

      Ultimamente tenho avaliado mais o que o jogar tende a apresentar no presente, e deixar de lado a opinião de alguns que se acham o dono da verdade no futebol.

      Pelo que pude acompanhar nos vídeos disponibilizados no Youtube, ele é exatamente o que presenciamos no clássico, um jogador de futebol simples e direto, sem muitas firulas.

  3. Não sou especialista em futebol, só um mero torcedor apaixonado pelo Clube do Remo, mas ao ver o Lucas Tocantins jogar lembrei-me do Felipe Marques que, se bem me lembro, fazia jogadas pelo mesmo lado do campo e até golaços com chute à queima roupa, como o Lucas fez contra a Mucura!!! kkkkkkk

  4. Ganhamos mais um clássico
    O placar poderia ser mais elástico
    Se nosso ataque fosse mais bombástico
    A chuva que no início foi torrencial
    Não impediu que o time fosse FENOMENAL
    Em certo momento nos ajudou
    Pois o Tocantins deitou e rolou
    E fez um importante GOL
    Pelo lado esquerdo que o consagrou
    O FENÔMENO AZUL está maravilhado
    Com o resultado alcançado
    É muito difícil conter a felicidade
    Que contagiou toda a cidade
    Seguiremos com a nossa missão serena
    Ajudando e apoiando o CAMPEÃO da Antonio Baena.

    Abraços rapaziada do Fenômeno Azul.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: