Márcio Fernandes
Márcio Fernandes

Na lanterna da Série B do Brasileirão, com apenas 9 pontos em 13 jogos, o Londrina (PR) se prepara para tentar a volta por cima diante o Remo, nesta sexta-feira (23/07), às 16h, no estádio do Café, em Londrina (PR).

Jogando em cassa, a equipe paranaense não saiu de um empate sem gols com o Confiança (SE) nessa quarta-feira (20/07), pela 13ª rodada da competição. Foi a 2ª partida sob o comando do técnico Márcio Fernandes, que estreou fora de casa, contra o Goiás (GO), em outro 0 a 0.

O treinador, que passou pelo Baenão em 2019 e foi campeão da Série C com o Vila Nova (GO) na temporada 2020, já terá problemas para enfrentar o Leão.

O lado esquerdo da defesa está fora de combate. Com 3 cartões amarelos, o zagueiro Lucas Costa e o lateral-esquerdo Luiz Henrique não vão estar em campo contra os remistas.

“O que muda e prejudica muito a gente são as opções. Do jogo passado, perdi o Caprini. Agora, perdemos Luiz e Lucão, que estava vindo em uma crescente e já vamos perder esses jogadores. São opções que diminuem para a gente. Esperamos que os jogadores que estão chegando (Lucas Lourenço e Gegê) possam ser regularizados e preencher essas vagas que estão sendo abertas para a gente ter uma condição boa no setor ofensivo”, disse.

Em relação ao reencontro com o Remo, Márcio Fernandes projeta mais uma partida difícil para o Londrina (PR). Ele ressaltou que o Leão chega para o duelo com a “moral elevada” pela sequência de 3 vitórias seguidas sob o comando do técnico Felipe Conceição.

O treinador londrinense pediu uma avaliação melhor dos árbitros durante as partidas da Série B. No jogo com o Confiança (SE), um suposto pênalti em cima de Safira não foi marcado e contribuiu para que o placar terminasse zerado.

“Um jogo muito difícil. Uma equipe que vem com uma moral elevada, com 3 vitórias, mas todos os jogos na Série B vão ser difíceis. Se a gente ainda contar com erros da arbitragem, vai ser mais difícil ainda. Tivemos um pênalti claro hoje (quarta-feira) que poderia nos dar o resultado positivo e não foi marcado. Essas coisas atrapalham o trabalho”, disse.

“São duas equipes (Londrina-PR e Confiança-SE) que estavam buscando uma melhora no campeonato. Com os 3 pontos, íamos sair da zona de rebaixamento. São coisas que não podem acontecer. Não temos o VAR. Se tivesse, seria marcado o pênalti. Infelizmente, não tivemos essas condições e fomos muito prejudicados com isso”, finalizou.

Roma News, 21/07/2021

4 COMENTÁRIOS

  1. Vamos pra cima somar pontos fora de casa que farão a diferenca mais na frente!!!EU ACREDITO!!

  2. Poxa, eh muito erro de arbitragem! Se na libertadores, com VAR, tem erro. Imagina na serie B do brasileiro, e ainda sem o VAR. Que fase!!!

Comments are closed.