Felipe Gedoz e Wellington Silva
Felipe Gedoz e Wellington Silva

Falta pouco para o primeiro Re-Pa da temporada 2021. A partida deste domingo (04/04), às 17h, no estádio da Curuzu, promove diversos duelos: no gol, Vinícius contra Victor Souza; no meio-campo, Felipe Gedoz contra Ruy; no ataque, Renan Gorne contra Nicolas. O banco de reservas não fica de fora, com o jogo tático entre os técnicos Paulo Bonamigo e Itamar Schülle.

Dono da casa, o Paysandu tem apresentado uma evolução em relação à estreia, no empate em 1 a 1 contra o Castanhal. Pela forma que os bicolores vem se apresentando até aqui, é provável que Itamar dê continuidade ao esquema 4-3-3.

Jogando principalmente pelos lados do campo, o time aproveita as investidas dos laterais – geralmente, Israel e Bruno Collaço ou Diego Matos – e o um-contra-um pelas pontas, principalmente com Ari Moura e Igor Goularte, o que torna ainda mais importante a participação do meio-campo, que não tem tido tanto protagonismo nos primeiros jogos.

Vale a pena ficar de olho na função do volante Denilson, que geralmente se junta aos zagueiros e fecha um linha de três. Com o meia Felipe Gedoz em campo pelo Leão, pode ser que o bicolor seja o encarregado da marcação individual. Enquanto isso, Nicolas terá a oportunidade de marcar gols.

Com os laterais bicolores tão ofensivos, pode ser por onde o Remo encontre os espaços para explorar, apesar de não ser provável que ambas as equipes se joguem ao ataque. Com o meio mais atuante, os volantes Anderson Uchôa e Lucas Siqueira e o meia Gedoz podem ser essenciais nisso, encontrando o meia-atacante Dioguinho ou os laterais Wellington Silva na direita ou Marlon na esquerda.

Também vale a pena observar a função do atacante Wallace. Nas últimas partidas, o jogador tem saído mais da ponta esquerda, dando mais liberdade para Marlon, e procurando o centro, sendo uma arma tanto nas finalizações, quanto na parceria com o artilheiro azulino até aqui, Renan Gorne.

O Liberal.com, 04/04/2021

Comentários