Victor Andrade
Victor Andrade

Chegou ao fim a passagem do atacante Victor Andrade no Remo. Clube e jogador entraram em comum acordo e rescindiram o contrato após o empate com o Vasco (RJ) em 2 a 2, na noite de sexta-feira (19/11), pela 37ª rodada da Série B do Brasileirão.

Victor Andrade foi expulso e ficaria de fora da última partida da equipe azulina na competição. O vínculo do atleta era até o dia 30/11.

Nas redes sociais, o jogador se despediu do clube. Deixou agradecimentos, disse que fez o melhor em campo e que a passagem pelo Leão foi um aprendizado, além de torcer pela fuga do rebaixamento para a Série C.

Confira a postagem de despedida de Victor Andrade:

Hoje me despeço do Remo. Com meu contrato até o final da Série B, e em virtude da minha suspensão no próximo jogo, eu e o Clube Remo antecipamos em comum acordo o término do meu contrato. Deixo aqui meus agradecimentos aos companheiros de equipe, comissões técnicas, funcionários do clube e, principalmente, a massa azulina, que nunca nos deixou de apoiar. Ao torcedor, pode ter certeza que me doei ao máximo com essa camisa, dando meu melhor em campo. Vontade nunca me faltou. Mas sempre fica o aprendizado para crescimento e construção de um profissional e pessoa melhor. Fico na torcida aqui pela permanência do clube para que em 2022 possa conquistar o acesso e voltar ao lugar que merece. Foi um honra vestir essa camisa!

Passagem pelo Baenão

O período de Victor Andrade no Remo foi de altos e baixos. Ele foi contratado no fim de junho e logo ganhou a titularidade. No início, ganhou o apelido de “Pantera Negra” do Baenão, por comemorar com os braços cruzados, fazendo referência ao herói dos quadrinhos e dos filmes. O atacante disse que era para o filho, que também é fã do personagem da Marvel.

Foram 23 partidas na Série B, com 3 gols marcados e 2 assistências. Contudo, a parte disciplinar chamou mais atenção. Victor Andrade recebeu, ao todo, 9 cartões amarelos e 3 vermelhos, sendo 2 expulsões diretas.

O atleta de 26 anos chegou com bastante expectativa ao Leão. ex-companheiro de Neymar, o atacante tem um histórico de 40 gols na base do Santos (SP). Porém, não teve o mesmo sucesso do craque da Seleção Brasileira e acabou rodando algumas equipes menores da Europa e Ásia antes de retornar ao Brasil.

Globo Esporte.com, 20/11/2021

12 COMENTÁRIOS

  1. Não é um mal jogador, no entanto pelos últimos acontecimentos negativos que protagonizou ficou sem clima no clube, sim merecia sair. Uma boa comissão técnica tem muito a ajudar este rapaz, propostas não lhe faltaram, que seja feliz em sua carreira.

  2. Seria uma boa peça para o elenco de 2022. Mas, esse atleta precisa trabalhar mais o seu lado emocional. As constantes suspensões por atitudes indisciplinadas, foram marcantes nessa meia-temporada de 2021.

    Boa sorte e, mais equilíbrio emocional com responsabilidade no futuro, ao Vitor Andrade.

    Seu golaço, no jogo contra o Cruzeiro, ficará marcado como um dos mais bonitos já realizados no BAENÃO.

  3. Poderia ter feito história, mas 23 jogos e 3 gols? Saudades eu tenho é do ARTHUR, Luciano Viana, Fábio Oliveira, Ageu sabiá, Luís Müller, Alcino, Bira, e outros que vestiam essa camisa de coração, e sabiam que jogavam por uma torcida apaixonada pelo clube e por eles.
    Agora esse rapaz irresponsável, desequilibrado e que vive sendo expulso, onde mais precisávamos dele, não deixa saudades alguma!
    Repense suas atitudes como profissional pq o tempo passa e as boas histórias ficam, a ano que vem já esqueci.

  4. Na minha opinião, não serão essas palavras que farão pensar bem desse jogador. Prejudicou muito o Remo em vários jogos por suas atitudes intempestivas e mesmo irresponsável. Nesse jogo contra o Vasco, que dispensa comentários sobre a importância, na minha opinião, foi o responsável pelo Remo não vencer o jogo. Pode ir! Que sirva de aprendizado, se é que possa internalizar isso para melhorar, pois no Remo têve chances e demonstrou que não melhorou.

  5. Foi útil quando jogou com equilíbrio, mas prejudicou o time com suas irresponsabilidades. Já vai tarde!

Comments are closed.