Felipe Gedoz e Lucas Siqueira
Felipe Gedoz e Lucas Siqueira

Entre os jogadores, entoar palavras de motivação foi uma das atitudes encontradas ao longo da última semana para reforçar o foco para o jogo deste domingo (10/01), contra o Paysandu. A ação partiu para auxiliar duas vertentes: minimizar a derrota na rodada passada e destacar o equilíbrio para o reencontro frente ao grande rival, que vale o acesso à Série B.

O volante Lucas Siqueira reiterou a postura incisiva de cada atleta nesse momento, que será determinante durante os 90 minutos desta penúltima rodada do quadrangular da Série C.

“Temos que manter esse espírito e nossa qualidade de fazer o gol na frente. Continuamos como a defesa menos vazada, que demonstra uma consistência e nos dá uma condição de ir para o clássico muito fortes. Vai ser um clássico onde as duas equipes vão querer vencer. Vai ser aberto e temos tudo para vencer”, ponderou.

Apostando nos detalhes como definidor de um resultado positivo para o Leão, Lucas Siqueira apontou qualidades da equipe que, caso bem utilizadas, podem ser essenciais para o Remo.

“É uma arma que temos. Charles chuta muito bem, Felipe Gedoz, já fiz gol de fora da área nesta competição, temos Eduardo Ramos. Enfim, temos bons finalizadores de média distância e que podem nos ajudar”, lembrou.

O Leão volta a campo neste domingo (10/01), a partir das 18h, para enfrentar o Paysandu, no Mangueirão. O jogo é válido pela 5ª rodada do quadrangular do acesso na Série C e terá transmissão ao vivo e exclusiva pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora e ganhe 30 dias grátis.

Diário do Pará, 09/01/2021

2 COMENTÁRIOS

  1. VITÓRIA DO CLUBE DO REMO AMANHÃ! 2X0,E NO OUTRO DOMINGO OUTRA VITÓRIA PARA SELAR O ACESSO !

  2. “Espírito vencedor” deve ser entendido como equilíbrio emocional, determinação, disciplina ofensiva, responsabilidade em atacar sem temer o adversário, visualizar o coletivo como uma orquestra em que o “eu” não pode destoar do conjunto desafinando.
    É ter vontade de poder e raça, e, caso se perceba sem preparo físico pra continuar, pedir para ser substituído.
    É não recuar demais ao fazer um gol, pois a acomodação gera conforto, a guarda se fragiliza e o adversário cresce e se fortalece. Ent
    ão, é por a alma no bico da chuteira e chutar em gol com muita vibração. E vamos rumo à vitória, Leão.

Comments are closed.