Eduardo Baptista
Eduardo Baptista

O Clube do Remo apresentou oficialmente o técnico Eduardo Baptista. Na tarde deste sábado (13/11), o treinador comandou seu primeiro treinamento com os jogadores do elenco e também foi sabatinado pelos jornalistas.

Em suas primeiras palavras vestindo azul-marinho, Eduardo deixou claro que precisa do apoio da torcida nos duelos que têm o peso de garantir a permanência do Leão nesta Série B.

“Primeiro, quero agradecer ao presidente, ao clube. Ansiedade de estar ao lado dessa grande torcida. Já vim jogar contra algumas vezes e sei o peso. Mais do que nunca, ela vai ter que jogar junto com a gente. Ela tem que vir para jogar com a gente, apoiar para conseguirmos o objetivo”, disse.

“Desafios difíceis temos vários. A gente tem ciência do que é possível. O Remo é um grande clube, vem se repaginando. Fiquei surpreso quando vi a estrutura. Estive aqui há 2 anos, vim treinar para jogar uma Copa do Brasil contra o Bragantino e agora, no retorno, fiquei espantado”, comentou.

“É um clube de pessoas sérias. É um desafio sim, um clube grande, torcida grande, que merece resultados melhores. Temos que ter um jogador a mais na segunda-feira (15/11). A torcida vem para apoiar”, falou Baptista.

“Estudei o Remo de todas as maneiras. Vou tomar todas as decisões que precisam. É preciso que o torcedor empurre o time do primeiro ao último minuto. Ele tem que jogar o nosso time para cima, pressionar o Goiás (GO). Quero cumprir minha primeira missão logo na segunda-feira”, comentou.

Contratado às pressas para assumir o time na briga contra o rebaixamento, Eduardo Baptista levou em consideração conhecer boa parte dos atletas que estão no elenco.

“Aceitei o desafio porque um terço dos atletas do Remo já passaram por mim. Neto Moura, Felipe Gedoz, Romércio, Wellington Silva, Rafinha, outros jogadores altamente rodados e também aqueles de enfrentar anualmente. Desde que aceitei o convite do Remo, assisto os jogos do Remo. Mesmo os atletas que não tinha tanto conhecimento, consegui estudar”, afirmou.

Veja outros trechos da coletiva de apresentação de Eduardo Baptista:

Jogo contra o Goiás-GO

Vejo que, nesse momento, é o melhor adversário que a gente poderia ter. É um time bom, qualificado. Nesses jogos, não preciso cobrar concentração dos atletas. Prefiro jogar jogos grandes. Respeitamos o Goiás (GO), uma grande equipe, mas o Remo vai se impor e conseguir a vitória.

Tempo curto

O tempo ficou bom. O Remo é um time que sofre muito com a logística. Percebemos que é um time que chega sofrido pelas longas viagens. A gente chega com tempo para trabalhar. São 15 dias para 3 jogos. É um tempo bom pra passar a mensagem, recuperar e conseguir os resultados. Tempo não vai ser problema.

Felipe Gedoz e outros atletas no DM

Conversei com o DM, ainda tem alguns jogadores em dúvida. Gedoz foi meu jogador no Athlético (PR), tem poder de definição. Ele finaliza bem de qualquer setor do campo. Se ele não puder jogar, vai fazer falta. Ainda vou esperar o DM se posicionar, vou conversar com o atleta para usá-lo.

Contrato com o Mirassol-SP e Copa Verde

Tenho contrato com o Mirassol (SP) até o final do Campeonato Paulista, em abril. Tenho isso apalavrado. Primeiro, é pensar nos nossos objetivos. Temos que cumprir o mais rápido. Gosto de ser campeão, então quando você tem a chance, é bom mirar. Não é nosso principal objetivo (Copa Verde), mas quero deixar a porta aberta e poder voltar.

Roma News, 13/11/2021

9 COMENTÁRIOS

  1. Caro Eduardo primeiramente seja bem vindo e ter acreditado que poderá resolver nosso problema.
    Nós torcedores sempre fizemos e faremos nossa parte, fale isso aos jogadores.

  2. Caminharmos com a grande nação azulina

    Dentre todas as humilhações que a instituição clube do Remo tem se sujeitado ao longo dessas últimas duas décadas às gestões amadoras, de má fé e descompromissadas e meramente espoliadoras/mercantilistas, quando se esperavamos que esse período nebuloso estive ficando para trás, outra situação patética acontece: nenhum técnico de futebol no Brasil aceita uma proposta estabanada, desesperadora, irresponsável e suicida do clube do Remo para ficar a frente da equipe durante apenas três partidas/rodadas finais em uma competição nacional.

    E, assim por um ato de caridade surge uma equipe de futebol pequena ou desconhecida no cenário do futebol brasileiro que seria o “Davi do gigante golias Remo” do interior paulista em Mirassol, e a gestão do Mirassol cede mas somente sob a condição de empréstimo o seu profissional técnico Eduardo Baptista.

    Fica assim, acredito que há tempo também antes do fechamento da temporada série “B” 2021, que façamos uma reflexão, tanto a nível da massiva torcida azulina (conselho de torcedores, que se construa) um canal de discussão participativa e democrático junto aos setores da instituição, e obviamente e primeiramente à atual e futuras gestões que virão, acerca de qual e com quais políticas futebolísticas queremos para seguir construindo a história de glórias e triunfos que tem ficado pelo caminho de nossa querida e amada e combatida e centenária instituição clube do Remo…mas, jamais vencida!

  3. Gostei muito da postura do Eduardo Batista, isso mostra o quanto ele acredita na permanência do clube na Série B e passa essa confiança para a torcida, e acredito que será recíproco isso na hora do jogo. Não teve jogo fácil nessa Série B, nenhum clube teve vida fácil, todos os jogos tirando o começo fantástico do Náutico, que naquele momento foi um ponto fora da curva. Mas logo se igualou aos demais, até nesse momento sabemos que, com 45 pontos o clube do Remo não cai, temos 41, precisamos somar mais 4 em 9 possíveis, contra Goiás, Vasco, e Confiança. Então a nossa confiança é que vamos começar a primeira final com vitória e assim precisando de apenas 1 em 6 possíveis na reta final do campeonato.
    Meu Time para essas três batalhas é
    Thiago
    Wellington Silva
    Romércio
    Kelvin
    Raimar
    Paulinho
    Anderson
    Felipe Gedoz
    Rafinha
    Vitor Andrade
    Neto Pessoa

  4. Toni, com todo o respeito, mas com esse time que vc escalou, com Wellington Silva, Romércio, Raimar, é pedir pra perder.

  5. BEM VINDO EDUARDO. AGORA NÃO ADIANTA A TORÇIDA ENCHER E APOIAR O TIME NO BAENÃO E O TIME NAO JOGAR COM GARRA O JOGO TODO PARA VENCER PQ SE O REMO NAO GANHAR ESSE JOGO XAU REMO.

  6. Seja bem vindo Eduardo,gostei da contratacao,eu so acho que vc deveria tirar Raimar e Arhur ,nao estao em uma boa fase.

  7. Esse Raimar muito fraco o Remo tá perdendo pra esse garoto não marca não ataca muito fraco jogador de série D. Meu time . Vinícius. welito. kevem. romercio. curuar. marlon. vito. chôa. neto pessoa. gedoz. tocantins.

Comments are closed.