Ponte Preta-SP 1×2 Remo (Felipe Gedoz)
Ponte Preta-SP 1×2 Remo (Felipe Gedoz)

O Remo venceu a Ponte Preta (SP) por 2 a 1, na noite deste sábado (17/07), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela 12ª rodada da Série B. Os gols do jogo foram marcados por Felipe Gedoz, para o Remo. Dawhan descontou.

O Remo sabia da importância da partida, pois o adversário estava na vice-lanterna da competição e poderia sair da zona de rebaixamento em caso de vitória.

O Leão também sabia que a Macaca viria com tudo e, por isso, esperou o adversários nos minutos iniciais. Foram cerca de 5 minutos de estudo antes dos azulinos colocarem seu jogo em prática.

Os remistas entraram na partida marcando em um 4-1-4-1, com Anderson Uchôa entre as linhas e Felipe Gedoz como o jogador mais avançado. Dependendo da ocasião, Uchôa encaixava na linha de zagueiros e fazia um 5-4-1. A amplitude da defesa azulina impedia as viradas de jogo, ponto forte do time da casa.

Quando atacava, o Remo agredia o adversário com o mesmo esquema tático usado no jogo contra o Brusque (SC). Gedoz atraía a marcação da defesa, abrindo espaço para os avanços de Victor Andrade na esquerda e Dioguinho na direita. Os pontas inverteram o posicionamento em relação à última partida.

No meio, Erick Flores e Lucas Siqueira davam sustentação. Siqueira, inclusive, participava das ações ofensivas do Leão pela esquerda. Igor Fernandes não ia até a linha de fundo, guardando posição entre os zagueiros.

Victor Andrade e Gedoz chamavam a atenção nesse novo posicionamento. O atacante, recém-chegado ao Leão, era um “terror” para a defesa adversária, partia para o drible e possibilitava as melhores jogadas ofensivas na partida.

Gedoz tinha um papel mais “cerebral”. O posicionamento, mais recuado em relação aos pontas, abria espaço na defesa adversária.

Apesar de não ser um centroavante característico, o camisa 10 era o jogador mais avançado na linha de marcação do Remo. Ocupando a posição de “falso 9”, por ser um jogador que sai da referência quando necessário, o meia mostrou muito oportunismo quando foi acionado.

Os 2 gols do Remo saíram assim. Em ambos os casos, a bola foi roubada e Gedoz soube finalizar. No primeiro lance, Erick Flores aproveitou uma bobeada da defesa, tocou para o meia, que bateu na saída do goleiro. No segundo lance, foi a vez de Wallace roubar a bola e lançar Gedoz, que driblou o goleiro e marcou novamente.

Até metade do segundo tempo, o Remo seguia superior na partida. A equipe paulista seguia insistindo em jogadas de inversões e bolas aéreas, que não geravam lances de perigo. O Remo até chegou a marcar o 3º gol, com Marcos Júnior, mas o juiz anulou apontando impedimento inexistente. O assistente considerou que o volante remista estava a frente no momento do gol, mas o jogador se encontrava atrás da linha da bola na hora do passe.

Logo em seguida, foi a vez da Ponte Preta (SP) agredir. Em mais uma virada de jogo, Felipe Albuquerque recebeu na área e foi derrubado em dividida com Igor Fernandes. A arbitragem marcou pênalti, que Dawhan bateu no canto esquerdo de Vinícius e diminuiu.

Com a vantagem azulina reduzida no placar, a Macaca veio para cima em busca do empate e seguia insistindo em bolas alçadas na área ou chutes de longa distância. Em uma dessas tentativas, o gol de empate quase saiu. Rafael Santos chutou forte, Vinícius espalmou para o meio da área e João Veras marcou, mas o atacante estava em posição irregular e o gol foi anulado.

Com o resultado, o Remo somou a 2ª vitória seguida na competição e abriu uma vantagem de 4 pontos para a zona de rebaixamento.

O Leão agora é o 14º colocado da Série B, com 13 pontos. A equipe azulina já soma 3 vitórias, 4 empates e 4 derrotas na competição. A próxima partida dos azulinos pela Série B será nesta terça-feira (20/07), contra o Cruzeiro (MG), às 19h, no estádio Baenão, em Belém.

O Liberal.com, 17/07/2021

13 COMENTÁRIOS

  1. Foi a melhor partida do Remo nessa série B, os jogadores foram guerreiros e disciplinados ao perfeito esquema tático implementado pelo Conceição no jogo de hoje, uma espécie de 4x1x4x1, o time jogou convicto e na troca de passes, foi uma vitória muito justa e o placar correto deveria ser 3×1 para o Remo.

    Mas novamente a arbitragem roubou o Remo, hoje foi ainda mais escandaloso ao não marcar gol legítimo do Marcos Jr, em lance que o bandeirinha estava na linha e marcou impedimento por má fé mesmo. Logo depois esse mesmo bandeirinha marcou outro impedimento inexistente do Wallace em lance de gol que mataria o jogo.

    Setor defensivo foi muito seguro, principalmente os zagueiros e tendo a proteção dos volantes, consequentemente o Vinícius teve pouco trabalho. O meio de campo foi dominante e funcionou muito bem os contra-ataques.

    ROMÉRCIO foi soberano na zaga. ENNES fez uma partidaça. UCHÔA fez ótima partida, foi um 1o volante combativo. ERICK FLORES, incansável, jogou em toda parte do campo, foi ele que roubou a bola e a deu ao Gedoz no primeiro gol. WALLACE muito bem aplicado na função tática puxando contra-ataque em jogadas agudas, foi ele que roubou a bola e passou para o Gedoz fazer o segundo gol. MARCOS JR entrou muito bem novamente, fez seu gol que foi escandalosamente anulado.

    Craque do jogo foi o Gedoz, fez uma partida muito inteligente, armou, criou chances de gols, fez dois golaços que só jogador de alta categoria sabe fazer. Gedoz calou a boca de secadores e críticos de seu futebol.

    Estou muito feliz, obrigado Nossa Senhora de Nazaré por mais essa vitória do querido Clube do Remo!

  2. Parabéns ao grupo de atletas do clube do Remo,a confiança recuperada é a base de tudo, que Deus abençoe a vida de cada atleta e diretores, Rafael Jansen DEUS é contigo.

  3. Até quando o Remo vai tolerar erros capitais de arbitragem que prejudiquem a equipe no campeonato?
    Senão vejamos:
    Gol validado do Náutico com impedimento claríssimo.
    Gol mal anulado do Remo contra o Coritiba.
    Pênalti não marcado para o Remo contra o Brusque que só o juiz não enxergou.
    E contra a Macaca outro gol legal do Leão que foi anulado pelo bandeira.
    Assim fica muito difícil, pois além de ter que se virar para superar a difícil logística de um time do Norte com longas viagens e pouco descanso, tem que enfrentar erros altamente prejudiciais na competição.
    O Remo tem que urgentemente editar os videos dessas falhas de arbitragem e entrar com uma representação na CBF. Se vai adiantar, não sabemos, mas precisa reclamar para não acharem que aqui é Terra de ninguém.

    • O “presidente”.da CBF é o filho de uma égua chamado Antônio Carlos Nunes torcedor da mucura e tá pouco se lixando pro Clube do Remo.

  4. Parabéns pela vitória. Mas é preciso dispensar ou nem levar no banco esse Gorne! Ele não tem jeito! É muito ruim! Junto com ele dioguinho que não joga há muito jogos e que não contribuiu em nada ontem.

  5. Temos que reconhecer que o time melhorou muito com a chegadas do Felipe Conceição, mais os jogadores tem que ter os pés no chão, ainda estamos perto do Z4, com humildade vamos chegar ao nosso objetivo. Pra cima leão!

  6. ATÉ QUANDO ESSES ÁRBITROS E BANDEIRINHAS LADRÕES E VAGABUNDOS VÃO CONTINUAR ROUBANDO O CLUBE DO REMO E ESSA CBF NÃO FAZ NADA ISSO É UMA VERGONHA NACIONAL E NINGUÉM TOMA NEM UMA PROVIDÊNCIA.

  7. Eu não tenho obsessão por centroavante, prefiro o time jogando do jeito que está, com dois atacantes de ofício e deixando o camisa 10, no caso o Gedoz mais livre pra se movimentar. O Gedoz não “pisou ” muito no nosso campo de defesa, não precisou ficar voltando pra ficar entre os volantes, ficou na espreita de um lance é aconteceram 2, primeiro o Erick roubando a bola e no segundo o Walace dividindo com o marcador e o Gedoz esperto parte com a sobra de bola. Jogando assim, a defesa adversária tem mais dificuldade de marcar o time, se preocupando com essa movimentação. A presença de centroavante pode fazer o time voltar para aquela formação 433, fragilizando o meio. O Remo jogava nessa formação e dava 2 chutes para o gol nas partidas, com a mudança de esquema e só no jogo contra o Brusque, no primeiro tempo, o time produzir 3 vezes mais que havia produzido nos 3 últimos jogos.

  8. Parabéns aos jogadores. Melhor partida da equipe. Gedoz foi o craque do jogo. Nosso treinador mudou a cara do Remo. Espero que continue dando oportunidade aos garotos da base. Fico receoso que, após liberação dos importados que estão no DM, os garotos da base voltem a ser esquecidos. Wallace joga mais que a maioria da posição. Já tá na hora também do Arthur ter oportunidade de começar uma partida.

  9. Acho que Remo não deve lamentar essa questão logística pois quando subiu já sabia que teria esse tipo situação que quer subir ou permanecer tem que lutar contra tudo e contra todos superação é o nome Remo pra cima Leão

  10. Como diz a manchete, o LEÃO AZUL engatou a 2ª vitória consecutiva no campeonato brasileiro.

    Mas, mantendo a determinação e a disciplina tática, o Clube do Remo poderá realizar uma sequência histórica de resultados positivos.

    Nos próximos 5 jogos; Cruzeiro (Casa); Londrina (Fora); Avaí — atrasado (F); CSA (C); Operário(C), o time terá a oportunidade de escalar a tabela de classificação. Basta manter o foco.

  11. Quero parabenizar os jogadores do Remo pela entrega e organização tática… Parabenizo em especial ao Gedoz e principalmente ao Eric Flores, este último, aqui neste espaço, pedi diversas vezes que fosse dispensado. O Eric Flores bem como o Gedoz tem tido um comportamento tático e técnico muito bom.

Comentários