Baenão
Baenão

Após os constantes erros e reclamações em relação à arbitragem, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) oficializou a utilização do VAR na Série B do Brasileirão.

A entidade comunicou os 20 clubes participantes, entre eles o Remo, que serão feitas vistorias – ainda sem data definida – em todos estádios utilizados na competição.

De acordo com o documento disponibilizado pela CBF, além dos representantes do clube, um membro da Federação Paraense deverá estar presente para acompanhar a visita.

A CBF disponibilizou também a lista de programação básica e necessidades para a instalação do recurso:

Cada estádio deverá dispor de uma sala com dimensões adequadas, contando com acessibilidade, instalação elétrica, tomadas, gerador, ar condicionado, iluminação e internet.

A área de revisão do árbitro deve dispor de instalação elétrica e conexão com a sala do VAR.

Uma unidade móvel de transmissão também será utilizada e deve oferecer conexão com Sala do VAR.

Serão utilizadas 5 câmeras pelo VAR, sendo elas: câmera principal, câmeras para impedimento dos lados esquerdo e direito, assim como nas linhas de gol de ambos os lados.

O Liberal.com, 28/07/2021

13 COMENTÁRIOS

  1. Se não abrirem o olho, o Remo será rebaixado pela arbitragem!! Todo jogo, um lance duvidoso!

  2. O problema do remo não é cansaço físico ou degastes com viagens, o problema é limitação, o elenco do remo é muito limitado mesmo, no jogo de ontem parecia que quem tinha jogado domingo era o remo e não Avaí, o remo com mais tempo de descanso pegou sufoco do Avaí o jogo todo, durante 90 minutos chutou duas bolas em direção a gol adversário isso é muito pouco para um clube de série B, uma no 1º tempo por cima da trave e outra no 2º tempo que o goleiro pegou, ambos por Felipe Gedoz, os jogadores entregando a bola de graça para o adversário, esse esquema do técnico já está manjado, colocando Gedoz de faço 9, os treinadores dos outro times que vem jogar com o remo já sabem desse esquema e neutralizam, a diretoria tem agilizar para ontem um camisa 9 de ofício para fazer os gols estão fazendo falta para clube, colocar Gorne no ataque é jogar com um jogador a menos, Igor não sabe marcar na lateral esquerda, observe que no pênalti de ontem foi uma cópia do pênalti que ele cometeu contra a Ponte, em vez de ele sair da grande área para marcar fora, ele faz o inverso corre pra dentro da grande área justamente para cometer a penalidade, e as substituições do técnico não podemos nem dizer que foram seis por meia dúzia, foram muito menos que meia dúzia, jogando como jogou com Londrina e Avaí o remo não vai ganha nenhuma partida fora de casa, os jogadores tem medo dos adversários que vão enfrentar fora.

  3. Só agora! Depois de terem prejudicado bastante os clubes, possibilitado comprometer as campanhas. Essa CBF não vale nada. Não vi todos os jogos, mas sei que foram vários os que tiveram “erros”. Entretanto, não duvido que o Remo seja o mais prejudicado. Nos dois últimos jogos novamente.
    Ontem, no pênalti contra o Remo, o braço não estava aberto, estava próximo e paralelo ao corpo, bem diferente da situação contra o Londrina onde o braço bem aberto caracterizou bem a penalidade em favor do Remo. Qual o critério? A vontade do árbitro ou outro que não se pode saber. Em outro lance, esse confirmado assim como o pênalti, pela Central do Apito do Sport TV e Premier, o Dioguinho não estava impedido. Foram, pelo menos, 5 pontos e 3 gols positivos no saldo subtraídos. O Remo que está em 13o, estaria em 9o. Essa CBF com suas arbitragens, que não respeitam regras e que não segue padrões ou normas, não respeita o Remo. Tem torcedor que ignora isso e é só crítica. Na minha opinião pode criticar, mas não pode ignorar os “erros” das arbitragens. Uma vergonha essa entidade do esporte! Independentemente de quem joga bem ou mal, futebol é resultado. O que se quer é que jogue bem e ganhe, mas se jogar bem e perder, também não agrada. Se jogar mal e vencer, são 3 pontos na tabela, se foi mais eficiente, é o que dizem os entendidos, de pós jogo. Então é resultado. Estão saqueando o Remo nesse campeonato. É um esbulho o que está acontecendo contra o Remo. Sinceramente, estou indignado com a CBF e com essas arbitragens.

    • Caro Jamil, corroboro integralmente contigo, no lance do pênalti o Igor Fernandes estava com o braço quase colado no corpo e o chute foi encontrar a mão dele, não havendo movimento espontâneo do Igor desviar a bola que foi chutada no corpo dele pelo jogador avaiano. NÃO FOI PÊNALTI!

      Esses erros de arbitragem impediram o Remo estar no G4 e longe do Z4, pois com 4 a 10 pontos que foram sequestrados por arbitragem parcial, o Remo estaria no mínimo com 20 pontos e até 26 pontos nesse momento, e isso é um prejuízo imenso e irreparável nessa difícil série B. A impressão que dá é que a arbitragem encomendada está fazendo de tudo para rebaixar o Remo.

  4. O mais intrigante é que todo lance duvidoso a favor do Clube do Remo, os juízes não veem. Mas quando é contra o Remo Clube do Remo ai meu Irmão, ele veem tudo. O lance do pênalti do jogo de ontem, se fosse a favor do Remo, duvido que marcaria, mas com foi contra, ele não teve duvida em marca á penalidade. É sempre assim. Um abraço galera

  5. Enquanto o nunes estiver na cbf,nao teremos sossego com arbitragem e outras benesses da cbf!!!

  6. Interessante é que o Remo não reconhece a qualidade de seus adversários. Sempre que ganha é mérito seu. Quando perde foi por garfada do juiz. Cai na real leão, disputar a série B com elenco de série C é descenso na certa.

    • Futebol é resultado. Desmarcou gol legal, não deu pênalti legal e nítido pela regra, sendo que as chances de converter o pênalti é maior que perder, ou ainda marcou gol ilegal do adversário é indicador de que interferiu no resultado do jogo. Então na linguagem popular de futebol e de torcidas o juiz é chamado de LADRÃO porque ROUBOU.

  7. Dizem que o responsável na CBF pelo VAR é um ex juiz que teria no passado beneficiado o rival em alguns jogos. Mas só ouvi falar e não sei se é verdade.

  8. Ninguém esta negando a qualidade dos adversários, apenas não queremos perder por rouba da arbitragem se tivermos que perder que seja somente pela qualidade do adversário.

Comments are closed.