Paulo Bonamigo
Paulo Bonamigo

O Remo encerrou o período de treinamento em Castanhal, na região nordeste do Pará. O elenco voltou a Belém neste domingo (28/03), onde deve continuar a preparação para o próximo Re-Pa, que ocorre no domingo (04/04).

De acordo com treinador azulino Paulo Bonamigo, o período de treinos na “Cidade Modelo” foi importante para “equilibrar o elenco”, visando o clássico do final de semana.

“Acho que foi importante na questão de unificar a parte física e técnica. Evidentemente, a parte tática vai sendo aperfeiçoada durante os jogos. Conseguimos, dentro daquilo que foi planejado, intensificar os treinos para que possamos ter uma performance a partir de então”, disse Bonamigo.

O elenco do Remo volta à Belém depois que o Governo do Pará decretou o fim do “lockdown” na Região Metropolitana. A ideia é que o Leão volte à rotina de treinamentos no Baenão a partir desta terça-feira (30/03). O próximo compromisso dos azulinos será no final de semana, com um clássico Re-Pa marcado para o domingo (04/04), às 17h, no estádio da Curuzu.

De acordo com Bonamigo, a suspensão do Estadual e a sessão de treinos em Castanhal foi fundamental para o seguimento do trabalho no Remo. O treinador explicou que essa “pausa” serviu para ajustar deficiências do elenco e mobilizar os jogadores para os compromissos da temporada.

“A semana foi importante, porque voltamos de Bento Gonçalves (RS), pela Copa do Brasil, na quinta-feira (18/03) e teríamos um Re-Pa no domingo (21/03). Levaríamos uma desvantagem no preparo físico. Os treinamentos foram importantes porque demos uma unidade física maior, principalmente aos jogadores que chegaram”, avaliou.

No próximo duelo, Bonamigo tenta manter a sequência positiva contra o maior rival. Desde que assumiu o Remo, em 2020, o técnico ainda não perdeu para o Paysandu. Em 4 jogos na última temporada sob o comando do azulino, o Leão venceu 3 e empatou o outro.

“Sabemos a responsabilidade que tem um clássico. Estamos preparando a equipe para criar uma identidade fortalecida. Vamos dar sequência ao Estadual e fazer um grande jogo contra o Paysandu”, ressaltou Bonamigo.

Por fim, o treinador do Remo foi questionado sobre a presença de Renan Oliveira e Felipe Gedoz no time titular. Renan era titular na equipe, até que Gedoz foi regularizado e tomou a posição na partida contra o o Esportivo (RS), pela Copa do Brasil. No entanto, Gedoz chegou a levantar a hipótese de que ambos poderiam ser titulares juntos.

Bonamigo concordou com essa possiblidade. No entanto, alegou que tudo depende do rendimento de ambos no treinamento e as características de cada adversário.

“Os dois tem a capacidade de atuar juntos, um como meia ofensivo e outro como armador. Vai depender da situação, do momento. Várias situações são possíveis. Tem muita gente no elenco que está aprimorando a forma. Isso é bom porque a equipe encorpa e fica com um leque de opções”, concluiu.

Globo Esporte.com, 28/03/2021

5 COMENTÁRIOS

  1. Bons jogadores e ainda com os que virão pontualmente está se formando um time muito competitivo.. aguardem!

  2. Também acredito que o Remo será a grande surpresa positiva dentro do Campeonato Brasileiro da Série B cheio de figurões do sul e sudeste! 😉

Comments are closed.