Rafael Jansen
Rafael Jansen

Titular em todos os jogos da temporada 2019, quando o Clube do Remo se sagrou bicampeão paraense, o zagueiro Rafael Jansen afirmou que o Paysandu encontrará um Leão bastante ofensivo e que dará trabalho no clássico deste domingo (06/09), no Mangueirão.

No primeiro encontro entre as equipes, os bicolores conseguiram emplacar o resultado de 2 a 1, obtendo assim, a vantagem do empate para o segundo jogo.

O Remo precisará vencer por 2 gols de diferença para garantir o tricampeonato estadual e alcançar o mesmo número de títulos do maior rival, atualmente com 47, ou vencer por apenas 1 gol de diferença, levando a decisão para os pênaltis.

“Acredito que a gente vai ter cautela e acho que o Paysandu também vai ter, mas vamos jogar para frente. Temos que jogar para frente, até pelo segundo tempo (no primeiro jogo) que a gente não jogou muito bem. Temos que jogar para frente, pois precisamos ganhar o jogo”, avisou.

“Minha vontade de jogar e conquistar o título é grande. Estávamos praticamente com o jogo na mão até os 39′ do segundo tempo, mais deixamos escapar. É importante, não só porque é um clássico, mas sim porque vale o título”, comentou.

“Acredito que eles vão ter o mesmo comportamento. Não devem mudar muito, até porque é uma equipe que já vem jogando há bastante tempo e o treinador não vai fazer mudanças. Se fizer, talvez alguma ou duas mexidas, mas acredito que não muito”, disse.

Durante a entrevista realizada na manhã deste sábado (05/09), ele também relatou o quanto foi difícil a competição no período da pandemia, mas ressaltou que o Remo deu a volta por cima e conseguiu reforçar o elenco em busca dos seus objetivos, sendo um deles chegar a grande final do Parazão.

“Foi um campeonato bem difícil por causa da pandemia. Acho que na minha carreira e nem de outros atletas ninguém nunca tinha passado por isso, por um período tão longo de ter que começar um campeonato e ter uma parada de 4 meses e depois retornar, mas ela valeu bem, retorno bom, onde tivemos uma preparação intensa e conseguimos os nossos objetivos que era chegar a final e, com certeza, domingo (06/09) a gente vai lutar bastante pra conseguir tricampeonato e dar mais um título para o Remo”, contou.

Vindo da derrota do primeiro jogo e com dois empates seguidos na Série C, Rafael Jansen fez um pedido para o torcedor azulino.

“Para não deixar de acreditar. Acreditar sempre, que essas coisas acontecem no futebol. Infelizmente, foi um desatento da gente, mas o torcedor azulino é sempre motivado, é sempre uma paixão enorme. Estamos acreditando muito e precisamos do apoio de todos”, finalizou.

Remo e Paysandu se encontram na tarde deste domingo (06/09), às 17h, no estádio Mangueirão, para decidir quem será o campeão paraense de 2020.

Roma News, 05/09/2020

6 COMENTÁRIOS

  1. No primeiro jogo, tinha plena certeza que o leão não perderia para o paisandu, pois é um time fraco, joga só com o Nicolas e ainda é fraco, porém o Leão conseguiu no segundo tempo ser pior que o adversário, mas, não jogo a toalha ainda, torcida, não podemos ser pessimista, vamos acreditar, futebol é uma caixa de surpresa, contínuo confiando que o próximo iremos reverter, nem que tenha que ir para os pênaltis, mas o LEÃO não perde para a mucura.

  2. Só temos essas palavras,força, raça e vontade de vencer e se tornar um tri campeão só vcs jogadores podem reverter dentro de campo está alegria para o nosso fenômeno azul……vamos que vamos….

  3. Eu tou confiante e tenho certeza que com muita humildade vamos ser tri campeão paraense….

  4. Sou azulino.mas.time que faz um gol e recua merece perder mesmo. Time sem atitude e o que é pior MEDROSO. Queria saber como um jogador desse se tornou profissional…foi na base da cola ou não mão passada na cabeça ??

  5. Se jogar com vontade de e determinação vai ganhar fácil este time do mucura é ruim,acredito nós jogadores do Remo, tricampeão

Comments are closed.