Imperatriz-MA 0×0 Remo (Tcharlles)
Imperatriz-MA 0×0 Remo (Tcharlles)

Após o empate em 0 a 0 entre Imperatriz (MA) e Clube do Remo, na noite desta segunda-feira (24/08), o técnico Mazola Júnior fez duras críticas ao gramado do estádio Frei Epifânio, casa do Cavalo de Aço, no Maranhão.

Segundo Mazola, o péssimo estado do campo foi a maior dificuldade que o Leão encontrou para não sair vitorioso da partida.

“A principal dificuldade foi o gramado. Inaceitável, inadmissível. O gramado aqui é horroroso, com crateras dentro do campo, um perigo para a integridade física dos atletas e da arbitragem. Por mais que a gente tenha contestado e alertado, não tomaram providência nenhuma. Pelo menos o Remo passa nos dois primeiros jogos fora de casa, os dois piores gramados da Série C. Acho que serve de alerta para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tomar alguma providência, porque não se pode jogar futebol profissional em dois gramados como jogamos, em (Riachão do) Jacuípe (BA) e aqui, em Imperatriz (MA)”, disse.

Ainda de acordo com o comandante do Leão, mesmo com as melhores chances do jogo, o empate foi importante, levando em consideração a maratona de jogos nas últimas semanas e a viagem desgastante via terrestre de Belém até o interior do Maranhão.

“Somar ponto fora de casa é sempre importante. Não vamos esquecer que é uma saída difícil em todo o contexto. Fizemos uma semifinal desgastante e uma viagem desgastante também. Ainda bem que o Clube do Remo investiu, nos deu condições de minimizar as situações. Criamos 3 oportunidades claras de gols. Foi mais uma partida em que o Vinícius não pegou na bola, que não tomamos gols. Acaba sendo 1 ponto conquistado fora de casa, é sempre difícil. Voltamos a liderança do grupo e temos certeza que estamos no caminho certo”, disse.

Para Mazola, o mérito do empate foi do goleiro Henal, do Imperatriz (MA), que salvou o clube maranhense em pelo menos 3 oportunidades.

“Erramos nas transições. Foi muito mais mérito do Henal do que demérito dos nossos atacantes. Ele fez duas defesas soberbas que mantiveram o empate para o Imperatriz (MA). A bola não entrou, mas foi muito mais mérito do goleiro adversário do que demérito nosso. A finalização do Tcharlles foi uma defesa sensacional do Henal. A bola apenas não entrou. O Remo faz um jogo muito aceitável e a evolução da nossa equipe é notória. A gente espera ter, mesmo no Mangueirão quanto nos jogos fora de casa, gramados em condições de se jogar equipes profissionais de futebol”, falou.

O treinador ainda avaliou as substituições feitas no segundo tempo.

“Júlio (Rusch) e Djalma cansaram, assim como Tcharlles, e fizemos as trocas. A ideia era fazer a intensidade e qualidade que o Carlos Alberto e o Robinho também têm”, finalizou.

O próximo jogo Remo é contra o Vila Nova (GO), no domingo (30/08), a partir das 18h, no Mangueirão, valendo pela 4ª rodada da Série C. Esta partida terá transmissão ao vivo e exclusiva pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora e ganhe 30 dias grátis.

Roma News, 24/08/2020

13 COMENTÁRIOS

  1. Queria ver o Carlos Alberto desde o inicio do jogo, é habilidoso, precisa de ritmo de jogo, porque se depender desse gelson saindo em velocidade fica difícil mazola, qualquer outro com mobilidade, porque jogando em casa é melhor por um um jogador de mais velocidade encostando no ER e o atacante.

  2. Esse Giovane Gomes é muito ruim o PECEL é + jogador o Dioguinho do Castanhal sera se ninguém ver.

  3. Não é o fato de ter somado 1pt fora de casa e sim perdido 2pts preciosos, contra um time que estava estreando, com vários problemas , sem ritmo. Olhem esses pontos perdidos podem fazer muita diferença no final.

  4. O Remo precisa de mais 2 atacantes de beiradas só tem volantes e zagueiros a mais doque as outras posições…

  5. Mazola só choradeira, é fácil dirigir às adversidades aquilo que não deu certo. Falar que o time está desgastado de uma semifinal do parazão, ora bolas, o treinador devia ter poupado pelo menos o ER no último jogo contra o Castanhal, agora reclama? Outra, a série C é campeonato disputado e tem que estar preparado para as dificuldades peculiares, inclusive gramados ruins com o de Imperatriz, Jacuípe, Brusque, chiqueirão e outros.

    O Mazola deveria fazer uma autocrítica, assumir mais as suas falhas e buscar corrigir efetivamente para melhorar, e só se melhora mudando. O cara não abre mão desse esquema tático retrancado em demasia, não há variação, mesmo se o adversário for inferior ao do Remo em todos os aspectos como no jogo de ontem.

    É perceptível que os 4 volantes do time não têm cacoetes de jogadas de infiltração na área adversária como fazia o Yuri e o Ramirez, pelo contrário, os 4 volantes ficam trocando passe para trás, com os zagueiros, ficando uma imensa carga para o ER se virar nos 30 nessa função esquisita tendo como ajuda de um único atacante de fato. Assim fica difícil a jogada aguda para o gol, facilitando o jogo do adversário.

    É preciso escalar 2 atacantes de fato com o ER armando (como um terceiro atacante).

    Ah, sacanagem colocar o Carlos Alberto em uma função de ala direito, assim mata o jogo do rapaz.

    Até o momento as vitórias do Remo na série C foram graças ao Vinícius e ao ER, não foi mérito desse sistema tático do treinador retranqueiro.

    Torço que o Mazola dê certo e leve o Remo ao acesso esse ano, mas a teimosia dele me deixa com muitas dúvidas.

  6. Não sei quem fez este comentário do GARRA AZUL, foi muito feliz, porque tem toda a razão, no meu modo de ver, o Remo ainda não pegou time forte, esse jogador Rusc, não sei se o nome estar certo, não tem condição de ser titular, o cara não sabe proteger a bola, não faz abola chegar com velocidade no ataque, é muito fraco,” fora” Gerson outro que em dez passos, erra oito, não faz uma curva no corpo para dar um dibre, nunca faz uma jogada de velocidade alimentando o ataque. no jogo de ontem quando foi colocado na cabeça de area, foi o melhor momento dele em todos os jogos que fez, muito fraco também. Agora quero chamar atenção de todos, inclusive deste técnico medroso, porque este jensen ou jansem é titular em todos os jogos do Remo, me dar dor de cabeça quando veja a escalação deste jogador, principalmente na lateral. Amigos, as duas vitorias no inicio, tem dois peso, um bom e outro ruim, o bom é que somou seis pontos, mas todos viram que nos tres jogos, o Remo perdeu no meio campo para os times adversários, o Ruim, é que como ganhamos, jamais ele vai abrir mão deste meio de campo, porque tem a desculpa de ter ganho as duas primeira partidas inicial, sabendo ele, que foi dos adversários mais fracos, e que no inicio do campeonato os times ainda estão arrumando acasa. e o que me parece, o Remo já fechou as contratações, este meio de campo, vai matar o Eduardo Ramos e todos centravante que chegar a ir.

  7. Concordo em parte com os comentários, foi um grande duelo. O Leão deve duelar mais ofensivamente contra o Vila Nova e com um sistema defensivo mais compacto com a volta de Marlon. Espero que o Zé Carlos se recupere de desconforto muscular. O Zé tem que continuar iniciando os duelos pelo menos até aos 30 min depois entra o Tharlles. Nem que o Zé faça 2 gols nos 30 min iniciais ele tem que ser substituído porque vamos precisar do Zé inteiro nas rodadas finais da C. Caso o Tcharles faça um gol depois que entrar no lugar do Zé, então Charles poderá iniciar um próximo duelo. Uma vitória do Leão frente ao Vila Nova vai credenciar o nosso querido Clube como um dos Times que poderá decidir o titulo de campeão da série C 2020. O Time que chegar a 10 pontos nas quatro primeiras rodadas da C já pode ser visto como um dos prováveis que disputarão a final, no grupo A somente Remo e Santa Cruz podem alcançar este credenciamento.

    • Felipe Vilhena tú é Remista mesmo ?
      Porque querer que o Zé bichado jogue no Leão é difícil de acreditar, acho que tu é lá do chiqueirão, do lado da mucurada.
      Quando esse poste entra em campo, o Remo fica com um homem a menos, fica em desvantagem, porque o Zé bichado e nada é a mesma coisa.

      • A entrada do Zé bichado no time do Remo não pode ser nem cogitada, esse jogador tem que ser despensado do nosso Leão.

  8. Nem pensar tirar o tcharles e colocar Zé Carlos tem que tirar um volante e deixar na frente o ER, Tcharles e Walace da base pois o ataque precisa de mais um atacante…

  9. A posição que o Carlos Alberto arrebentou ano passado foi meia esquerda e não fazendo a lateral direita, tem que colocar ele nessa função. Colega João, respeito o seu comentário, mas nos últimos três jogos o Gelson está de volante fixo junto com o Lucas, eles estão na contenção. Quem está na função de sair pro jogo são Djalma e Júlio Rusch e o Djalma não conseguiu fazer nada ontem. Creio que o Carlos Alberto renderia mais entrando pela esquerda, o que o Robinho não tá conseguindo fazer quando entra no segundo tempo. O Remo devia olhar praquele jogador velocista de ontem, o Cesinha.

  10. O ataque, pelo menos nesse momento, deveria ser Zé Carlos e Tcharles, com o ER um pouco mais recuado pra armar e chegar de surpresa na área pra finalizar. Carlos Alberto no lugar do Júlio Rusch.

  11. Tony parece que você decodificou como armar o Leão muito ofensivo, espero que Carlos Alberto e Zé Carlos cheguem no melhor de sua forma, parece que Carlos Alberto está quase em boa forma é preciso observar se o Zé Já está em boa forma física, acho que ainda não, por isso eu falo que o Zé tem que jogar apenas uma parte de primeiro tempo para dar lugar ao Tharlles. Eu digo que o Zé vai ser muito útil nas rodadas finais da C quando o Leão estiver no quadrangular ou disputando o Título da C 2020. Eu não sei qual a estratégia do Professor Mazola, eu acho que ele está pensando em todas estas possibilidades. Eu posso concluir que o Leão tem dois Times de craques os titulares e os reservas, no meu Time principal se o Zé não estiver com dores musculares eu iniciaria o duelo com ele, e se estiver com dores musculares fica no Departamento Médico, porque eu sei que recuperado sua média de gols será de 0,75 a 1,3 gols por partida. O Zé não está bichado e também não está na sua melhor forma física ele está em recuperação.

Comments are closed.