Remo 3x0 Seleção de Salinas (Ronaell, Wesley, Jackson e Pingo)
Remo 3x0 Seleção de Salinas (Ronaell, Wesley, Jackson e Pingo)

O Remo venceu mais um amistoso da sua pré-temporada. Os azulinos venceram por 3 a 0 a Seleção de Salinas, partida que marcou a reinauguração do Estádio Municipal de Salinópolis, o Alacidão. O gols foram marcados por Eduardo Ramos, Wesley e Jackson.

Esta foi a última experiência de jogo do Remo antes da estreia no Campeonato Paraense, remarcada para o dia 19/01, a partir das 16h, no Mangueirão.

Antes, o Leão havia tido outras 4 movimentações: um jogo-treino contra o time Sub-20 da Desportiva (1 a 1), dois amistosos contra o Castanhal (1 a 1 e 4 a 1) e outro jogo-treino, com o Palmeiras de Pindorama (4 a 1).

O técnico Rafael Jaques teve uma baixa antes da partida. O lateral-esquerdo Dudu Mandai foi poupado e deu voltas ao redor do gramado antes da bola rolar.

O meia argentino Gabriel Alderete foi integrado ao elenco em Salinas, mas não participou do amistoso para realizar trabalhos físicos.

Já o volante colombiano Darwin Rentería está em Belém desde a última sexta-feira (10/01), mas precisará realizar exames médicos no início da semana antes de compor o grupo na pré-temporada.

O Remo entrou em campo com: Vinícius; Djalma, Fredson, Rafael Jansen e Ronaell; Xaves, Lailson, Lukinha e Eduardo Ramos; Gustavo Ermel e Giovane Gomez.

O primeiro tempo foi de domínio total do Remo. O goleiro Vinícius foi um expectador do jogo e sequer teve tiros de meta para cobrar. Com uma marcação alta, os azulinos pressionaram o time de Salinas no campo de ataque. Os adversário colocou praticamente todo seu time atrás da linha da bola, acuado.

A primeira finalização do Leão aconteceu aos 6 minutos, com um chute forte de Eduardo Ramos, de fora da área, que o goleiro Marreta espalmou pela linha de fundo.

Apesar do domínio territorial, o time remista pecava no último passe e, principalmente, nas finalizações. Lukinha perdeu chance clara aos 23 minutos, cara a cara com o goleiro.

O placar foi enfim inaugurado aos 38 minutos, com Eduardo Ramos. Djalma alçou bola na área em cobrança de falta, Giovane cabeceou e mandou na trave. A sobra ficou com o camisa 10, que empurrou para dentro do gol ainda com desvio da zaga.

O calor forte fez os jogadores diminuírem o ritmo na volta do intervalo, quando Rafael Jaques promoveu algumas substituições. Saíram Djalma e Lailson para as entradas de Mimica e Charles, respectivamente, deslocando Jansen para a lateral-direita.

A dinâmica de jogo mudou e o selecionado de Salinas conseguiu levar perigo ao Remo, chegando a pressionar em alguns momentos e ainda obrigando Vinícius a fazer grandes defesas, uma delas bastante plástica.

Jaques seguiu mexendo no time, que a partir dos 20 minutos voltou a ter o controle do jogo. O Leão aumentou a vantagem aos 38′ da segunda etapa, com Wesley, pegando uma sobra de bola na entrada da área e chutando com força, estufando das redes.

O terceiro gol saiu pouco depois, aos 46 minutos, novamente em uma sobra. Pingo chutou, a bola bateu no pé da trave e voltou em direção ao atacante Jackson, que aproveitou e chutou para dentro, livre de marcação.

Globo Esporte.com, 12/01/2020

Comentários