Tcharlles, Lailson e Carlos Alberto
Tcharlles, Lailson e Carlos Alberto

Tomando como referência o último jogo, contra o Santa Cruz (PE), qual será o time remista contra o Botafogo (PB), neste domingo (20/09)?

O time retraído do primeiro tempo, como tem sido em todo o período pós-quarentena; ou o time animador, ofensivo, do segundo tempo? Óbvio que essa resposta caberia a Mazola Júnior, mas fica o sinal animador, dado no Arruda.

Mazola passa a ter um time mais vigoroso e cada dia mais cobrado por ofensividade, pois o Remo está em um jejum de vitórias há 6 jogos. Porém, sem Zé Carlos, o time volta a jogar com 11 novamente. Estes são alguns motivos para acreditar em um Leão com alma verdadeiramente de Leão.

Saídas e chegadas

O Remo confirmou a contratação do meia Dioguinho, emprestado pelo Castanhal. O clube recebeu também o meia Gustavo Hebling, 24 anos, fruto do São Paulo (SP), de onde saiu para o futebol europeu, tendo jogado na França, na Holanda e em Portugal, de 2015 a 2019. No retorno ao Brasil, estava no CSA (AL), onde fez 4 jogos e marcou 1 gol.

O Leão está fechando com um lateral-direito e quer ainda 2 atacantes. O centroavante Salatiel, 27 anos, ex-Sampaio Corrêa (MA), agora reserva no Náutico (PE), está indeciso entre virar azulino ou seguir no clube pernambucano, mesmo sem conseguir jogar.

Outra possibilidade é Schutz, atacante de 21 anos, fruto do Fluminense (RJ) que está no CSA (AL).

Homenagens

Neste sábado (19/09), às 10h, na sede social do Remo, haverá uma missa em memória dos ex-atletas Assis, Bira e Marçal, além do funcionário Zezinho, todos falecidos recentemente.

Coluna de Carlos Ferreira, O Liberal, 18/09/2020

21 COMENTÁRIOS

  1. Posso até tá me precipitando nas minhas palavras, mais o João Leonardo, que passou pelo próprio Remo e estava no Castanhal, não seria uma opção de ataque para o time novamente, tem faro de gol.

  2. Que Bira, Assis, Marçal, Zezinho e o grande remista Galo Velho estejam sendo muito bem acolhidos no plano espiritual e sob a proteção de Nossa Senhora de Nazaré.

  3. Tenho pensado desde a parada da pandemia, como o Remo vai se manter sem as bilheterias dos jogos?

    Sabemos que é fundamental para o Remo voltar a ser grande que zere suas dívidas, mas sem receitas suficientes a preocupação é elas voltarem a crescer se começar a atrasar salários na série C. Por isso é mais do que oportuno nós do Fenômeno Azul ajudarmos na promoção de receitas adquirindo, divulgando e incentivando os nossos amigos e familiares remistas na adesão para o nosso querido Clube do Remo ultrapassar esse momento nada fácil. Por exemplo:

    – Comprando o máximo possível de ingressos virtuais nos jogos da série C: Os 10 reais já ajudam, mas se incentivar 10 amigos ou familiares a fazerem o mesmo já seriam mais 100 reais.

    – Adquirindo algum dos planos de sócios torcedores ou sócio proprietário ou voltar a pagar: Essa é a melhor forma de carimbar o nosso remismo, irrestritamente como o querido Remo estiver.

    – Adquirindo a camisa alusiva aos cabanos: Lembrando que em cada camisa vendida irão 35,9% para o Clube do Remo, significando que a cada 200 reais o Remo leva 72 reais, se vender 40 mil camisas serão 3 milhões entrando para o Remo, ou seja, quanto mais vender mais receita preciosa para o nosso Leão Azul.

    O marketing do Remo bem que poderia promover uma campanha casando os totens com ingressos virtuais para os jogos no Mangueirão. No jogo do Baneão teve o meu totem, o de minha mãe, de meu filho com o meu netinho e também dos meus sobrinhos, foi ótima a adesão e a receita em um único jogo.

    Mano Remo 100%, se possível seria muito bom que o site aqui reforçasse ainda mais nessas promoções.

    Meus irmãos, isso é um apelo independente, de um remista com muito orgulho.

    Clube do Remo paixão de minha família!

    • É isso aí Garra Azul. O FENÔMENO AZUL precisa “comparecer” neste domingo.
      As aquisições dos “Ingressos Virtuais” podem propiciar a receita financeira necessária para que o Clube do Remo cumpra com os compromissos contratuais. Mantendo os salários dos jogadores em dia e, tendo fundos para contratar reforços.

      Alô Remo 100%! Cadê o LINK para os Ingressos?

      • Já estão no site, amigo. Por enquanto, fica visível somente na versão desktop do site. Ainda estamos adaptando para a versão mobile.

        • Ok Remo 100%. Bem que o pessoal de TI do Clube do Remo poderia criar opções simplificadas de contribuição. Isso incentivaria os torcedores azulinos.

    • Eu tenho comprado ingresso e fui sorteada e ganhei uma camisa exclusiva, dessas polo que eles usaram quando chegaram aqui, ficou um pouco grande, mas adorei. A fotógrafa me chamou de sortuda e disse que achava que eu tinha ganhado de novo, já do jogo de domingo passado, eu seja, eu teria ganhado duas vezes, disseram que iriam me ligar, mas não ligaram, tudo bem, poderiam pensar que seria “marmelada”, mas não teria sido, eu compra nas lojas, geram-se números com o cpf e assim ganhei. Aproveitei e comprei a camisa vermelha que ficou muito bonita realmente. Dentro das minhas possibilidades sempre ajudo.

  4. Não queremos saber de currículo! Queremos que jogue bem, se currículo fosse bom estaríamos muito bem há muito tempo!

  5. …SERIA MAIS VIÁVEL, TRAZER O FAZENDINHA, PECEL E JOÃO LEONARDO…POIS ESTAMOS VENDO QUE ELES NÃO SE ESCONDEM NO JOGO..

  6. O João Leonardo também não me sai da cabeça acredito q o João seria uma bela opção rasudo e oportunista, ah ele já foi do Remo não interessa da oportunidade pra ele.

  7. Meu amigo! Esse jogador, chamado fazendinha é muito esforçado! Vejo que é uma boa possibilidade de clube do Remo, negociar logo com o castanhal! É só uma sugestão! Ví somente um jogo, dele pela TV, e se a zaga do Remo desse “sopa”, ele ia lá pra dentro do gol.Não sei a idade dele pra fazer balanço e o perfil físico de resistência! Mas, a primeira observação, ví que é aguerrido e vai pra cima do adversário!

  8. Me desculpa mas se entrarem em contato com s.paulo.corinthias.palmeiras,Fla,flu os dirigentes consegue trazer 2 ou 3 atac e meias bons e novos até mesmo lat.direito basta querer

    • Jogador da base desses times de Série A já tem salário de R$ 50 mil, R$ 100 mil, empresário… Não querem jogar Série C e a gente diz isso porque o Remo já tentou trazer jogador com idade estourada nos juniores e sem espaço no time principal e o próprio jogador disse que prefere ficar completando elenco no coletivo e quem sabe um dia ele arrebenta e ganha uma chance, do que vir jogar a Série C por um time de Belém. Fato recente.

      • Realmente, isto é uma atitude cada vez mais comum entre os jogadores saídos das bases dos times de Série A.
        Por este mesmo motivo, o Clube do Remo tem que aproveitar essa oportunidade de trazer o G.Eblling, com várias convocações para as seleções de base do Brasil e, já com uma certa experiência no exterior. Ainda por cima, só tem 24 anos.
        VAI DAR CERTO! TEM QUE DAR CERTO!
        Boa sorte ao LEÃO AZUL!

        • O Tiago Galhardo veio com 23 anos pra cá, jogou bem, mas também aprontou, Remo se desfez dele, foi jogar (se esconder) no Cametá…Agora é por alguns considerado o melhor jogador do campeonato brasileiro, pra mim, acho o Marinho, mas eu sempre gostei do futebol do Galhardo, aquele ataque Fábio Paulista (se não me engano), Val Barreto e Galhardo, era bom.

      • Graças a Deus a CBF já começou a estudar a volta do público aos estádios com 30%da lotação que é melhor que nada apesar da resistência dos esquerdistas que querem manter o isolamento social para os outros porque eles mesmos não fazem ,seria a salvação para os clubes e lembrando que os bares vivem lotados principalmente em dia de jogos então já está na hora de reabrir os portões dos estádios ao público com controle que seja.

  9. Concordo. Mais os caras daqui como sempre trazem os de fora que não honram o clube paraense. Fazendinha é mt bom de bola, Pecel e João Leonardo também. E não sairiam caros pro leão.

Comments are closed.