Felipe Gedoz
Felipe Gedoz

O Remo tem a chance de corrigir os erros cometidos no ano passado, quando chegou muito perto da classificação à segunda fase da Série C e acabou batendo na trave.

A frustração vivida na edição 2019 foi ainda maior porque veio no clássico diante do rival bicolor, com o Mangueirão lotado. O empate deixou o Leão à mercê de uma combinação de resultados da rodada final, que acabou beneficiando o Ypiranga (RS), que venceu o Juventude (RS) com um gol nos acréscimos.

Diante do que o time fez sob o comando de Márcio Fernandes, a pontuação final (27 pontos) deixou um gosto amargo de serviço incompleto. Com algum esforço a mais, o time não teria dependido de uma vitória no clássico da 18ª rodada.

Aliás, alguns remanescentes daquela campanha poderão estar em campo nesta sexta-feira (13/11), diante do líder Santa Cruz (PE). São eles: Vinícius, Mimica, Rafael Jansen, Eduardo Ramos e Carlos Alberto.

Uma outra coincidência em relação à última Série C é que a 15ª rodada do ano passado foi marcada por um tropeço que acabaria tendo muito a ver com a perda da classificação.

No Mangueirão, em noite chuvosa, o Remo perdeu para o Tombense (MG) por 2 a 0, uma partida era vista como fundamental para alavancar a caminhada rumo à próxima fase.

Para não sofrer novamente na reta final da fase classificatória, o Remo tentará resolver a situação antecipadamente, vencendo e chegando aos 29 pontos, que automaticamente o colocam no quadrangular do acesso.

Durante a semana, Paulo Bonamigo recebeu um jogador que pode ter papel exponencial na luta pelo sonhado acesso. O meia Felipe Gedoz, que desembarcou na madrugada de terça-feira (10/11), procedente do Nacional (Uruguai), já se integrou ao elenco e deve estrear.

Sua presença acaba ganhando importância maior diante da provável ausência do meia Eduardo Ramos, que continua com problemas decorrentes de uma sobrecarga muscular pela sequência de jogos.

Carlos Alberto deve ser um dos meias encarregados da transição, mas Gedoz deve entrar posicionando-se um pouco mais à frente, próximo aos atacantes. Por suas características, o recém-contratado pode atuar como um ponta-de-lança ou um meia-atacante que flutue entre as funções de criação e a zona de finalização.

Como o ataque também pode ter a ausência de Wallace – ainda em avaliação pelo Departamento Médico – e Salatiel também é dúvida na escalação, Bonamigo talvez se veja obrigado a lançar uma linha ofensiva inédita até aqui: Gustavo Ermel, Hélio Borges e Ronald.

O dado importante para o Leão é que, além da estreia de Gedoz, há a volta do lateral-esquerdo Marlon, peça fundamental na campanha azulina na competição. Um dos melhores passadores do time, com assistências decisivas, Marlon fez muita falta no jogo diante do Treze (PB) pela ativa presença em cruzamentos e finalizações de fora da área.

Para sorte dos azulinos, o Santa Cruz (PE) tem um rol ainda maior de dificuldades. Tem 9 desfalques, a maioria vitimada pela Covid-l9: Danny Morais, William Alves, Denilson, Totty, Peri (suspenso), Augusto Potiguar (virose), Paulinho, Chiquinho e Pipico. Do grupo de ausentes, somente Denilson e Potiguar são reservas.

De qualquer maneira, mesmo cheio de problemas, o Santa lidera a classificação geral da competição, com 33 pontos, está invicto há várias rodadas e é o único time com presença garantida na próxima fase. Portanto, respeito é fundamental!

O Leão volta a campo nesta sexta-feira (13/11), às 20h, para enfrentar o Santa Cruz (PE), no Mangueirão. O jogo é válido pela 15ª rodada da Série C e terá transmissão ao vivo e exclusiva pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora e ganhe 30 dias grátis.

Blog do Gerson Nogueira, 13/11/2020

3 COMENTÁRIOS

  1. NÃO TEM ESSA DE LIDER, QUEM MANDA AQUI É MEU LEÃO E VAMOS GANHAR E PASSAR POR CIMA DE QUALQUER UM ADVERSÁRIO..

  2. Não entendo a insistência de colocar o ER como meia! ou ele entra no ataque ou fica no banco! Não tem mais força física para fazer o papel de meia!
    Meu Remo:
    Vinicius
    Luz – Fredson – Jansen – Marlon
    Keven – Lucas – CA
    Helio – ER – Ronald

  3. Eu apostaria com o ataque assim, Ronald , Eron como centroavante e Helio. Esse rapaz Eron parece bom jogador e ainda não teve oportunidade no time. Jogou muito pouco.

Comments are closed.