Lukinha
Lukinha

O paraense Lukinha, 22 anos, meia-atacante do Clube do Remo, vive a expectativa de um “renascimento” do Leão com o técnico Mazola Júnior. Titular nos últimos jogos, o jogador promete dar o máximo dentro de campo para se manter no time, pois seu objetivo é ser campeão paraense e ter acesso à Série B pelo Leão.

“Mazola chegou e deu aquela confiança que estávamos precisando, então, as coisas melhoraram. Ele puxa pela autoestima do atleta e isso vem dando certo no dia a dia”, contou.

A mudança de comportamento do time, na visão azulino, foi notada no clássico com o Paysandu. Correndo pouco com a bola, o meia seguiu os ensinamentos do treinador, que pediu que seja rápido no toque, na entrega de bola.

“Foi uma das coisas que ele chegou comigo e disse que tinha passada curta e que perdia velocidade. Agora pego bola e tenho de passar e esperar na frente. Isso vem me ajudando bastante”, frisou, citando que foi assim que surgiu o gol do empate do Remo contra o Paysandu.

“Iria receber a bola na frente quando fui derrubado”, lembrou Lukinha, destacando a melhoria do padrão de jogo do Leão com Mazola.

“Já estamos tendo um padrão mais qualificado e vamos crescer ainda mais por aquilo que a gente vem fazendo. Isso está sendo muito importante”, garantiu.

Neste sábado (14/03), o Remo enfrenta o Independente no Baenão, em um jogo que, pela condições do adversário, promete ser difícil para os remistas. Lukinha deu sua opinião sobre o Galo.

“É um adversário de respeito. Sabemos da força deles e a importância do jogo para eles, mas temos ao nosso lado o fator casa e a presença da torcida. Não dá para relaxar em nenhum momento”, apontou.

O jogador tem gostado de jogar no estádio remista porque, segundo ele, a “massa azulina” está em peso e mais próxima do jogador.

“Aquele calor do torcedor te dá brio. Nós, jogadores, sempre falamos que jogar no Baenão é mais quente pelo entusiasmo do torcedor. Estamos há 3 jogos para conseguir a classificação para o quadrangular e a torcida tem seu papel importante nesta reta final”, declarou.

O Liberal.com, 13/03/2020

5 COMENTÁRIOS

  1. Tem que aprender a fazer tabela um dois tem que ser mais móvel em tem só 22 anos ora tão parado em campo.

    • Nas 7 rodadas anteriores, Remo fez 5 jogos no domingo e 2 no sábado, vai para o 3º jogo. Não era mandante em nenhum dos anteriores. As demais rodadas (9ª e 10ª) serão no domingo.
      Portanto, não procede essa sua reclamação.

  2. É realmente um bom jogador, tem velocidade e habilidade só tava faltando alguém lapida-lo nós treinos.

Comments are closed.