Salatiel
Salatiel

As últimas experiências do Remo com centroavantes não foram propriamente felizes. Passaram pelo Baenão, sem deixar saudades: Emerson Carioca, Neto Baiano, Jackson, Giovane Gomez e Zé Carlos.

Ou 8 ou 80: jogadores sem experiência ou com experiência demais. Jogadores de caracteristicas diferentes, que não conseguiram se encaixar no esquema da equipe e acabaram por serem descartados.

Os tiros a esmo deixaram o torcedor traumatizado. Quando anuncia um novo contratado para a posição, a expectativa é sempre ruim. É justamente nesse clima que chega ao clube o centroavante Salatiel, de 28 anos, com uma passagem quase inexpressiva pelo Náutico (PE), com a responsabilidade de afastar amaldição da camisa 9.

A referência que levou os azulinos a se interessarem por Salatiel é anterior à fase pernambucana. O Remo busca reeditar na Série C a excelente performance do jogador em 2019, defendendo o Sampaio Corrêa (MA) na Série C, quando marcou 8 gols em 23 jogos e foi peça importante na campanha que garantiu a subida à Série B.

Há a esperança de que ele recupere com a camisa azulina a confiança perdida com a mudança para o Náutico (PE), ocorrida no começo deste ano. Centroavante clássico, de bom porte para o jogo aéreo e movimentação na área, o jogador se define como um brigador em busca do gol.

Não conseguiu espaço nos Aflitos porque a opção do técnico Gilson Kleina foi por um ataque mais técnico, sem uma referência de área.

Na mira do Leão desde setembro, o atacante demonstrou ter consciência de que ganhou a chance de se reinserir no mercado, vestindo a camisa de um time que tem como prioridade a conquista do acesso à Série B.

Como os projetos são coincidentes, é provável que o Remo tenha conseguido encontrar finalmente um centroavante-centroavante para as disputas na área. Com ele, Paulo Bonamigo terá uma alternativa quando for necessário explorar bolas paradas, coisa que o time atual não tem.

Já inscrito no Brasileirão desde segunda-feira (19/10), o novo comandante do ataque pode até estrear diante do Imperatriz (MA), sábado (24/10), no Mangueirão. Seria uma oportunidade e tanto, pois o time maranhense é o “saco de pancadas” da competição, ostentando a defesa mais vazada (27 gols em ll jogos).

Como vinha treinando, foge ao perfil da maioria dos novos contratados, que chegam a Belém precisando de semanas, até meses, para alcançar o condicionamento ideal.

Mudanças de ares podem funcionar positivamente na carreira de profissionais da bola. Existem vários exemplos bem sucedidos de atletas que reencontram o melhor futebol quando chegam a um novo clube. No Remo, Salatiel terá que disputar lugar com Eduardo Ramos no centro do ataque e até mesmo com Tcharlles, que às vezes atua por ali.

Bonamigo tem sinalizado que pretende experimentar variações na maneira de explorar a força ofensiva e Salatiel passa a ser um peão importante do tabuleiro de xadrez azulino.

O Leão volta a campo neste sábado (24/10), às 19h, para enfrentar o Imperatriz (MA), no Mangueirão, em Belém. O jogo é válido pela 12ª rodada da Série C e terá transmissão ao vivo e exclusiva pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora e ganhe 30 dias grátis.

Blog do Gerson Nogueira, 22/10/2020

6 COMENTÁRIOS

  1. Perfeita análise do Gerson Nogueira, Salatiel é centroavante de ofício, jogador que o plantel não tinha e que será importantíssimo, se logo se entrosar, para o ataque fazer gols com mais facilidade e quantidade.

    Para esse jogo contra o Imperatriz eu apostaria no ataque para iniciar com Hélio, Salatiel e Wallace, com Carlos Alberto na armação. Ficando ER no banco para opção de armador, já Eron e Tcharlles como reservas imediatos para o ataque.

  2. Só descordo de você em relação ao Tcharles. Começaria. Com ele e deixava o Salatiel pro segundo tempo.

    • O time está arrumado, agora os nossos jogadores precisam pensar como atletas de time grande. Estão pedindo atenção e se preocupando com o time do Imperatriz. Eles estão blefando ou o excesso de humildade está imperando…

  3. Vrd. Concordo Moacir. Mais Acho tbm, q o Bonamigo deveria testar ER ao lado do Carlos Alberto na Armação. Deixando o Tharles e Helio no ataque. Ficando wallace, Eron e Salatiel pra o 2* tempo

    • Fabio,se entrar com ER e Carlos Alberto, no segundo tempo eles não vão conseguir acompanhar a intensidade dos outros!
      Francamente, respeitando o que o ER já fez pelo clube, no momento acho que ele é a terceira opção pro meio de campo remista. Ficando pra entrar quando o placar desejado já estiver garantido. Só pra aumentar o saldo de gols.
      Eu optaria por Carlos Alberto e Dioguinho pra entrar jogando.

  4. Concordo que o ER voltou perdendo muitas oportunidades de gol e merece pegar um banco, mas não vejo ele na armação novamente, rende bem próximo da área e acha espaço para os demais! Entraria com Salatiel, Wallace e Hélio, entrando o ER no lugar do 9 no segundo tempo!

Comments are closed.