Paulo Bonamigo
Paulo Bonamigo

Com apenas 1 vitória e 1 gol marcado nos últimos 4 jogos, sendo 2 derrotas, o Remo começou a oscilar na reta final da Série C do Brasileirão, justamente no momento em que estava prestes a garantir a classificação antecipada para o quadrangular final da competição.

Para o técnico Paulo Bonamigo, esse momento é explicado pelas recorrentes ausências de jogadores do setor ofensivo da equipe. Nos últimos jogos, os atacante Tcharlles (suspensão e lesão), Hélio Borges (suspensão) e Wallace (lesão) desfalcaram a equipe, assim como o meia Eduardo Ramos (lesão).

“Se acompanhar o histórico dos últimos jogos, evidente que, em alguns, perdemos 4 atacantes, sendo que normalmente quando há algum tipo de lesão dentro da equipe, elas ocorrem em posições diferentes. Casualmente, tivemos o Tcharlles (lesionado), a suspensão do Hélio (Borges), Eduardo Ramos ficou alguns jogos fora, Wallace ainda está com problema de pubalgia”, comentou.

“Isso realmente afeta, porque é um setor onde esses 4 atacantes eram atuantes, praticamente os jogadores que faziam parte das situações ofensivas, mas estamos procurando administrar isso da melhor maneira. Temos os jogadores que estão chegando, outros que já estão recuperados. Vamos para o jogo contra o Manaus (AM) bem mais encorpados”, garantiu Bonamigo.

Apesar desses problemas citados, o técnico garante que o trabalho agora está sendo de resgate para conseguir a classificação e seguir forte dentro da competição.

“São 2 meses de trabalho. Evidente que tivemos uma oscilação na reta final e que um dos pontos foi causado pelas lesões que tivemos na parte ofensiva, mas estamos resgatando isso para buscar nossa classificação agora e entrar mais fortes na fase seguinte”, apontou.

Neste sábado (28/11), o Remo terá mais uma oportunidade de confirmar a vaga na 2ª fase da Série C. Contra o Manaus (AM), o Leão fará uma “partida de 6 pontos”, que poderá definir a classificação ou complicar a situação da equipe para a última rodada, já que em caso de derrota, o Remo vai entrar no Re-Pa da última rodada precisando vencer.

Paulo Bonamigo avaliou o adversário como uma equipe difícil de encontrar pontos fracos. Por conta disso, ele ressaltou que o Remo precisa entrar em campo com “personalidade” de quem quer buscar um objetivo dentro da competição.

“Pela regularidade que está tendo na competição e, dentro de uma análise, é difícil encontrar um ponto fraco (no Manaus-AM). Chega em um momento da competição que, nesse ‘funil’, as equipes estão mais encaixadas e preparadas. Temos que jogar com vontade e determinação. É sempre importante, mas se você não tiver inteligência para jogar, não for uma equipe organizada e disciplinada, você tem dificuldade”, afirmou.

“Quando falamos em maturidade de equipe, são todos esses pré-requisitos que são importantes. Você ter uma mente forte para uma decisão. É saber que o adversário vem forte, mas que temos o nosso potencial para fazer um bom jogo, com todo o respeito, mas não podemos ter medo”, continuou.

“Jogar com personalidade é um fator que vai nos colocar uma segurança dentro do jogo. Temos que jogar como uma equipe que realmente quer chegar a nossa meta final, classificar e sonhar com o acesso na Série C”, finalizou Bonamigo.

O Leão volta a campo neste sábado (28/11), às 19h, para enfrentar o Manaus (AM), na Arena da Amazônia, em Manaus (AM). O jogo é válido pela 17ª rodada da Série C e terá transmissão ao vivo e exclusiva pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora e ganhe 30 dias grátis.

Roma News, 27/11/2020

27 COMENTÁRIOS

  1. Muitos reclamam do Bonamigo, mas não observam os problemas que ele tem enfrentado pra escalar o time, devido as lesões e suspensões de jogadores considerados titulares. Não é que eu esteja defendendo-o, mas para uma análise justa, todos os fatores devem ser levados em consideração. Apesar da “baixa” nos dois últimos jogos, devemos considerar que, desde de sua chegada, o time produziu mais sob seu comando, não obstante, o elenco não ter sido montado por ele, haja vista, “ter pegado o bonde andando”. Acredito que, pela experiência e capacidade que ele tem, o Remo vai se classificar e conquistar uma das vagas para a Série B de 2021.

  2. Já está ficando feio essas desculpas Bonamigo, pede pra sair! Time precisa de oxigenação no comando! O problema do remo está em vc!

  3. Torcida do Remo as vezes da Raiva pow tava ganhando era bonamigo o melhor agora ja querem que o cara saia.

    Essa é hora de apoiar reta final nao de trocar técnico
    Ta com saudade do mazola burro??

    Minha opinião.

    • Brother olha a palhaçada que esse time tem feito nos ultimos jogos, complicando uma classificação que tava na mão e ainda servindo de flanelinha DE NOVO pro rival. Tem como ficar de boa vendo isso?

    • Nunca fui Bonamigo, nem lembrava mais dele. Sempre falei que ano passado o futebol mas bonito de se ver era o nosso, bola no chão, toque de bola e por 1 mísero ponto não passamos, o técnico era o Márcio Fernandes, e deveriam permanecer com ele, e deixar o montar o elenco, ele chegou o remo nem preparo tinha e foi bi campeão paraense. Perdemos o Parker no início e na reta final perdemos o Garré. E agora temos um elenco bem melhor, mas joga no chutão e sem alma, fora as escalações e substituições do Bonamigo.
      Pqp Ermel? Quequeisso? Poderia colocar o Dioguinho o Ronald. Não tem culhão pra colocar o ER no banco.
      Perdeu o comando, precisamos de alma Nova, alguns jogadores já se encostaram. Caso contrário só teremos 2 jogos

  4. Se não voltar classificado de Manaus fiquem por lá mesmo, não queremos mais desculpas e justificativas. Chega disso !

  5. desculpas não aceito!!!! porrrr… o tecnico da mucura chegou no fogo e olha ai !!!!
    CHEGA de desculpinhas !!!!

  6. Alguém tem que falar para o Bonamigo, que Eduardo Ramos e Gedoz não podem jogar juntos, os caras se conheceram agora, a competição tá afunilando, estamos correndo risco de não classificar, pra que inventar agora ? Põe a molecada daqui, os meninos tão voando, e vamos pra cima !

  7. O Bonamigo tem que explicar a última escalação do time, onde ele escalou E. Ramos, C.alberto e Gedoz juntos. Foi unanimidade entre torcedores e imprensa que ele escalou errado.
    Tem que escalar os melhores no momento e mexer certo, sem paixão por jogadores e colocar o time ajustado entre os três setores, defesa , meio e ataque sem medo de ganhar o jogo, colocar o time pra frente!!!

  8. Vamos vencer amanhã, basta o Bonamigo deixar o ER no banco e entrar só nos meados do segundo tempo e ir rumo a vitória.

  9. Chega de desculpas Bonamigo, vc precisa escalar corretamente o time e deixar de frouxura. O Eduardo Ramos não tem mais condições de fazer o papel de articulador da equipe porque não tem mais a condição física pra isso. Não pode ser titular. O meio campo precisa ser incisivo e participativo e o ataque tem que contar com o Hélio, o Walace e mais um. O jogo contra o Manaus é fundamental pra decidir o futuro do Remo na competição.

  10. Vc quer que o bonamigo saia? Então vai vc ser o treinador ou chama o Mazola, torcedor sem noção

  11. É muiito bizarro isso… Os próprios torcedores do Remo secam o time…
    Ninguém merece!!! Vão torcer pra mucura bando de pé frio!

    • Tem que falar a realidade. Dioguinho foi bem no re pa. Depois disso sumiram com o cara do time. Aí a torcida tem que engolir que não solução ofensiva por conta das contusões . A solução ofensiva dele é o Brahma 90 minutos em campo sem dar um chute no gol. É brincadeira, a torcida já passou 4 anos engolindo tropeço. A mucura já passou a gente na tabela. Esse treinador tem que assumir os erros dele. A começar por deixar Eduardo Ramos 90 minutos em campo sem condições físicas. E não dar chance pra outros jogadores como o dioguinho que veio do castanhal e jogou bem no re pa

  12. Seu BONAMIGO. Cadê o dioguinho que jogou bem o clássico do primeiro turno? E vc fala que não tem soluções ofensivas. Sua solução ofensiva é Eduardo Ramos 95 minutos em campo sem dar um gás. Sem dar um chute no gol! É brincadeira essas essas desculpas furadas. O moleque é Novo tá afim de mostrar jogo. Não vem um treinador com pulso pra botar jogador do interior. Deixe ele 90 minutos em campo. Tenho certeza que vai apresentar mais que o Eduardo Ramos. Vc some com os jogadores que foram bem no re PA. Alemão jogou bem foi pra reserva
    . Dioguinho participou do lance que a bola sobrou pro wallace e em.seguida saiu aquele golaço. Cadê o dioguinho poxa. Não vem com desculpas furadas. Admita seus erros e não fique inventando desculpa toda hora. Não tem mais tempo pra desculpas. SE perder esse jogo se complica feio na serie c

  13. Antes de todo santo jogo, a torcida pergunta por um jogador. Antes do jogo contra o Botafogo, tira um monte pedindo o Eron,acabou o jogo é ninguém fala nele mais. Agora muitos perguntam por Dioguinho, é uma bela pergunta, mas vcs realmente escalariam ele, que está um tempão sem jogar nesse jogo decisivo???Agora é hora de jogador experiente (não necessariamente a idade), jogador que já mostrou personalidade, que já foi decisivo. Tem que olhar nos olhos dos caras e jogar essa responsabilidade pra eles, tem que sacudir. Não é pra jogador firula, que se preocupa mais com a imagem do que jogar bola. É dente trincando. É jogo que todo jogador deveria querer jogar. Quem seja que o treinador escale, e quem escala e ele, que jogue pra ganhar.

  14. Enquanto isso Ronald no Banco! Escalando Essa Pustema de Gustavo Ermel, AFF…Mais uma semana se passou, amos ver se o time consegue dar seis passes sem errar.

  15. Todo apoio ao Bonamigo, profissional rodado e com história no Remo. Porém, a escalação e as mexidas no jogo contra o Botafogo precisam ser analisadas. Sempre saca o Carlos Alberto que se esforça pra caramba e mantém o Eduardo Ramos que está evidente que não tem condições de jogar os 90 minutos. Ninguém duvida da capacidade do Eduardo Ramos de decidir um jogo, mas mantê-lo por 90 minutos é um desperdício nesses jogos contra adversários fechados, onde o Remo precisa de velocidade e triangulações envolventes. ER e Eron foram dois pesos mortos no time. O Gedoz, contra o Botafogo não foi bem, mas toda vez que pegava a bola tentava olhar pra frente, verticalizar o jogo, Se estivesse mais próximo do ataque, poderia ter produzido jogadas interessantes. Ao invés de tentar corrigir o posicionamento, o Bonamigo preferiu sacá-lo no intervalo. Resultado, o segundo tempo foi ainda mais improdutivo que o primeiro. O Ermel não tem condições, já teve mil oportunidades e só conseguiu marcar um gol contra o morto do Imperatriz. A insistência nesse cara está desmoralizando o trabalho do Bonamigo como o Zé Carlos desmoralizou o Mazola. Abre o olho, Bonamigo. O time do Remo já mostrou que é forte, está pecando nos detalhes.

Comments are closed.