Marcus Vicente
Marcus Vicente

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou na última semana o calendário de competições para a temporada 2020.

O documento não fazia menção à Copa Verde, que reúne clubes das regiões Norte, Centro-Oeste e do Espírito Santo, e que vale para o campeão uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil do ano seguinte.

A ausência gerou uma especulação em torno da continuidade da competição, que teve a sua primeira edição em 2014. Entretanto, segundo o vice-presidente da CBF, Marcus Vicente, a Copa Verde será realizada em 2020.

Em passagem pelo Espírito Santo, para participar de um evento da Copa do Mundo Sub-17, o dirigente garantiu que o torneio vai acontecer na próxima temporada, apesar dos problemas ocorridos em 2019, quando a CBF não conseguiu fechar um patrocínio.

“Tivemos uma dificuldade muito grande em fechar o patrocínio para a Copa Verde deste ano, mas com as possibilidades criadas pelas plataformas de ‘streaming’ e da televisão aberta para transmissão dos jogos, agora temos condições de ter um patrocinador para o ano que vem. Ela não está no calendário, mas com certeza a Copa Verde acontecerá e será disputada em paralelo aos Estaduais e ao início do Campeonato Brasileiro”, afirmou.

Em 2019, sem o subsídio da CBF para arcar com os custos das viagens e hospedagens, diversos clubes desistiram de disputar o torneio regional.

Globo Esporte.com, 14/10/2019

3 COMENTÁRIOS

  1. Um absurdo não ter ao campeão uma vaga na sul-americana, pois envolve quase 15 estados da federação.

  2. No primeiro semestre junto aos estaduais será bem mais interessante ….clubes de torcida acabam gerando receitas.

Comments are closed.