Mimica
Mimica

Na temporada passada, alguns jogadores do Clube do Remo demonstraram potencial para defender com louvor o manto azulino, especialmente em um momento delicado, quando time brigou para não cair da Série C.

Dentre os destaques, o zagueiro Mimica certamente foi um dos protagonistas remanescentes para este ano e com alto grau de esperança depositado pela torcida em cima da sua segurança nas quatro linhas. Contudo, no dia 17/02, na disputa do primeiro Re-Pa do ano, o defensor atuou por menos de 10 minutos, quando sofreu lesão ligamentar no tornozelo direito, o que o afastou por 5 meses dos gramados.

Ironicamente, neste domingo (06/10), no último clássico oficial de 2019, o atleta terá a chance de ajudar o time a avançar à final da Copa Verde e derrotar o rival pela primeira vez em 2019.

Com a presença incerta de Fredson, que não treinou durante a semana, em tratamento de uma lesão sofrida no primeiro clássico, Mimica é o mais cotado para fazer dupla na zaga ao lado de Marcão. Por todo o período longe dos gramados, o defensor, que não escondeu a frustração pelo ocorrido no início do ano, pontuou o momento com uma palavra.

“Superação. A gente pensa um monte de besteira, né? Mas graças a Deus estou pronto para jogar, preparado. A gente sabe do jogo difícil que é contra uma equipe de qualidade. Superação é palavra certa, até para ganhar o clássico”, revelou.

Depois de ter vivido uma temporada 2018 de triunfos em cima do Paysandu, quando o Leão aplicou 4 vitórias seguidas no rival bicolor, Mimica sabe do nível de rivalidade quando a situação é oposta. Até para garantir o próprio trabalho, o time precisa fazer a sua parte.

“A gente sabe da grandeza que é a Copa Verde para o Remo no final do ano, até para ficar empregado. Temos que superar fisicamente, tecnicamente e mentalmente. É fazer o nosso melhor jogo e comemorar com uma bela vitória e tentar ser campeão”, destacou.

Diário do Pará, 06/10/2019

3 COMENTÁRIOS

  1. O discurso do técnico e dos jogadores, não nos classificamos para a série C, mais vamos fazer de tudo para ser campeões da Copa Verde e dar alegria a essa torcida que merece. Tudo mentira não fizeram nada pra serem campeões, mais todo final de mês estão pressionando na tesouraria do clube pra receberem os salários, mais mostrarem serviço dentro de campo não se viu e nenhuma partida, sem palavras sem vergonhas e acima de tudo são cínicos.

  2. O MEU REMO NÃO É FRACO FRACO É QUEM CONTRATA UM BANDO DE PUS TEMAS SEM QUALIDADES SEM SANGUE E SEM FUTEBOL SÃO TODOS MEIA BOCAS REFUGOS E FANTASMAS

Comentários