Tiago Félix e Geovane
Tiago Félix e Geovane

Em fevereiro, jogando em Tucuruí, o Independente foi goleado pelo Remo pelo placar de 4 a 0, em partida válida pela 3ª rodada do Campeonato Paraense 2019. O placar foi o mais elástico a favor do Leão, até então, na temporada 2019.

A partida teve uma definição tática interessante, com o Remo, até então, comandado por Netão, organizado defensivamente e com atuações individuais destacadas, entre eles, a dos meias-atacantes Gustavo Ramos e Echeverría, além do goleiro Vinícius.

As equipes vão se reencontrar em jogo marcado para o próximo sábado (16/03), a partir das 16h, mas quem pensa que o Remo se considera favorito, em função de ser o líder da Chave A1 e ter goleado o mesmo adversário há pouco mais de um mês, engana-se.

“A equipe do Independente tem grandes profissionais, é um típico adversário chato”, frisou o lateral-esquerdo Tiago Félix, tentando justificar o seu argumento por uma questão meramente técnica, não observada nos números finais do primeiro confronto.

“Ganhamos de 4 a 0, mas foi difícil jogar lá. Tenho certeza que será um jogo duro, mas creio que vamos sair com a vitória”, disse.

O Independente é a equipe do interior que mais pontuou no Campeonato Paraense, considerando o término da 7ª rodada. São 16 pontos, 2 a mais que o próprio Remo e apenas 1 atrás do Paysandu, que lidea a pontuação geral da competição.

Depois que venceu o Independente, no início de fevereiro, o Remo iniciou o seu período mais difícil na temporada, quando perdeu para o Serra (ES), sendo eliminado da Copa do Brasil, depois para o Paysandu, no retorno dos jogos do Parazão. Em mais de um mês, o treinador mudou, mas a equipe ainda não recuperou o seu desempenho.

Outra situação abordada por Tiago Félix é a pressão imposta por parte da torcida, insatisfeita com o rendimento técnico e tática da equipe, e à despeito da liderança do Grupo A1.

Na última partida, o Remo apenas empatou em 0 a 0 contra o Tapajós, em Santarém, em uma partida sofrível do ponto de vista técnico. Foi quando a torcida resolveu cobrar. Alguns torcedores conversaram com o presidente Fábio Bentes, no gramado do Baenão, durante o treino da equipe.

O Liberal.com, 14/03/2019

2 COMENTÁRIOS

  1. se o Presidente do Remo não abrir o olho com esse técnico improvisando o Paraguaio de lateral esquerdo nos não vamos ser campeos corremos o risco de sermos rebaixado

  2. Vindo do Thiago Félix, qualquer time é enjoado! Nada pessoal, mas ele não tem qualidades suficientes para jogar no Remo.Que seja feliz e tenha sucesso em outro clube em breve.
    O Esquerdinha está bem ali em Bragança! Aproveitem e tragam o Marco Goiano de volta, que também está lá. Peguem todos os laterais esquerdos do Remo e batam no liquidificador que não terão a consistência e qualidade do Esquerda. Façam o mesmo com os meio campistas e terão o resultado igual comparado ao Marco Goiano.
    Se a desculpa é o mercado, não acredito que seja mais atraente para eles permanecerem em Bragança!

Comentários