Geovane
Geovane

Após vitória por goleada contra o Independente de Tucuruí, o Remo já pensa no Serra (ES), pela 1ª fase da Copa do Brasil, que pode dar ao clube a possibilidade de arrecadação de quase R$ 1 milhão nos próximos dias, juntando a cota da Copa do Brasil, em caso de classificação, com a renda do Re-Pa do dia 17/02, mais a renda de um possível confronto com o Vasco (RJ).

O lateral-direito Geovane, autor do gol da vitória contra o Tapajós, no Mangueirão, falou que o Remo vai para o Espírito Santo em busca da vitória, mesmo com o clube azulino precisando apenas de um empate para conseguir a classificação.

“Nosso time está muito bem em todos os setores, todos voltam para marcar e isso é muito bom para a equipe. Temos que pensar no Serra (ES), nosso próximo jogo, e não vamos jogar pelo empate, mas sim buscar a vitória”, contou.

O Remo encara o Serra (ES) na próxima quarta-feira (13/02), às 19h30 (horário de Belém), no Espírito Santo, pela 1ª fase da Copa do Brasil.

O Liberal.com, 09/02/2019

4 COMENTÁRIOS

  1. Realmente o Geovane está certo o leão tem todas as condições de sair vitorioso na casa do Serra, não devemos pensar em 0x0, temos que fazer o gol para tranquilizar. Ao ver O craque Geovane com a camisa do Leão de Pedra, fiquei pensando como concluir o Projeto o Retorno do Rei a sua casa com as Torres de iluminação e a academia de Ginástica funcionando, porque acabando o estoque das camisas do Leão de Pedra, a maior fonte de recursos se esgotará. É lógico que a equipe do Projeto vai até a vitória final que será a inauguração com as Torres e a academia em funcionamento, os eventos de arrecadação continuarão na marcha de R$20.000,00 até o final e que neste caso serão necessários mais dois anos. Pra mim a volta dos treinos no Evandro Almeida já representam 50% de nossa força, a academia de ginástica mais 25% e as Torres de iluminação mais 25%. Na hipótese de chegarmos a 12.000 sócio Torcedor adimplente a Diretoria terá todo o apoio da Fenômeno Azul para buscar empréstimo de R$800.000,00 na rede bancária para conclusão do Projeto o Retorno do Rei a sua casa, com a academia e as torres em funcionamento, antes de setembro de 2019.

  2. Eu acho que esse retorno do Remo ao Baenão está virando é palhaçada e os palhaços somos nós. Pelo visto é mais um ano que não vamos ter o Baenão à disposição da torcida. Deve entrar dinheiro da Copa do Brasil, da venda dos jogadores da base e não vejo ninguém pensando em disponibilizar uma parte para a concretização do Baenão..

  3. Amaral eu concordo em parte com você, eu gostaria de lembrar de que o que já foi feito no Evandro Almeida representa aproximadamente R$ 800.000,00 incluindo-se também os valores das doações. O Leão já retornou a sua casa para treinamentos a 10 meses. Observem que o Leão treina em um gramado de primeira qualidade, a partir dai que o Leão começou a se agigantar em campo, agora é um Clube de Público série A é um Time de craques, que já provou que treina duro e que vai se preparar melhor para o acesso a B. Na verdade o Leão necessitaria treinar no Evandro Almeida como já está acontecendo e ter sua própria academia de preparação Física no Evandro Almeida, o que ainda não está acontecendo. Neste momento como o Leão está embalado com 100% de vitórias no Parazão 2019 somente o Mangueirão tem capacidade de receber uma Fenômeno Azul que emplacará a média de 15.000 torcedores por duelo em 2019. Eu quero enfatizar que o Leão terá uma media de Público que pela lógica deverá chegar a 12.000 sócio torcedor adimplente. Abrir o Evandro Almeida para Jogos Oficiais é um desejo ou um sonho da Nação Azul. O Evandro Almeida também é um mito porque nele fica o Leão de Pedra por isso a Nação Azul apaixonada pelo Clube do Remo, vai lutar até a vitória final que será a reinauguração completa do Evandro Almeida, o acesso a B será mais um brilhante feito do Filho da Glória e do triunfo.

Comentários