Márcio Fernandes
Márcio Fernandes

A vitória sobre o Luverdense (MT), neste sábado (11/05), clareou os horizontes do Remo no Grupo B da Série C. Ainda invictos, os azulinos disputam a liderança da chave e têm pela frente 2 jogos em casa, contra Ypiranga (RS) e Atlético (AC), que ainda não venceram na competição. Por esse contexto e mesmo sendo pelo placar mínimo, o triunfo em Lucas do Rio Verde (MT) foi bastante comemorado por Márcio Fernandes.

“Em se tratando de logística e cansaço, realmente os jogadores se doaram muito no jogo. A equipe do Luverdense (MT) dificultou ao máximo para a gente, mas fomos felizes na hora que tivemos um lance. A gente até reclamou um pênalti na jogada anterior, no Alex Sandro, mas é interpretação do árbitro. Graças a Deus, no escanteio, conseguimos fazer o gol. Acho que fez justiça pelo que a gente fez durante o jogo”, argumentou o técnico do Remo.

Como de praxe, Vinícius teve uma atuação decisiva e garantiu que o adversário permanecesse mais um jogo sem conseguir balançar as redes – com esse já são 7 partidas consecutivas na temporada. Apesar da grande atuação do camisa 1, Fernandes exaltou o grupo azulino.

“Ele é muito bom goleiro. Isso daí não foi esse jogo, ele sempre vem nos ajudando muito, mas Vinícius faz parte de uma engrenagem. Quando a gente precisa dele, realmente ele nos ajuda. Têm outros jogadores que também ajudam para que a gente consiga uma vitória, então é um conjunto e estamos sendo felizes”, ressaltou.

Sem poder contar com Douglas Packer, seu principal articulador, Márcio Fernandes promoveu a estreia do meia Zotti, que entrou como titular. O jogador acabou deixando o jogo no intervalo, substituído por Alex Sandro. A alteração fez com que os azulinos explorassem mais as beiradas do campo, estratégia que rendeu mais chegadas com perigo na área adversária.

“Isso (jogar nas costas dos laterais) foi uma tática que adotamos para esse jogo, independente se o jogador (adversário) é bom ou ruim, a gente ia tentar jogar por ali. Conseguimos algumas jogadas que levaram o Remo para frente, mas também poderíamos não ter conseguido. Acho que o Luverdense (MT) fez uma partida muito boa. Moisés (volante adversário) foi realmente um jogador que apareceu muito saindo de trás, chegando na área. Temos que valorizar essas coisas, isso faz com da nossa vitória realmente digna”, explicou.

A partida deste sábado (11/05) foi fora de casa, no interior do Mato Grosso, mas o torcedor remista se fez presente em bom número, talvez até superior aos donos da casa. A força das arquibancadas foi comemorada pelo treinador do Leão, que torce que isso se repita nos próximos dois compromissos da Série C, em Belém.

“Sempre é bom a gente ter o torcedor do nosso lado, prestigiando, fazendo realmente uma transpiração maior ao nosso time, porque o torcedor junto, incentivando, faz a gente buscar energia até mesmo aonde a gente não tem. Isso é muito importante. Agora voltamos para casa, temos 2 jogos em Belém e a nossa torcida tem que prestigiar, lotar o Mangueirão para que a gente possa conseguir mais uma vitória”, concluiu o técnico do Leão.

A equipe paraense só volta a jogar na segunda-feira (20/05). O adversário será o Ypiranga (RS), no Mangueirão, a partir das 20h.

Globo Esporte.com, 11/05/2019

8 COMENTÁRIOS

  1. O Leão tem boas condições de vencer os próximos duelos no Mangueirão, porém não está fácil, observem que o Paysandu perdeu para o Juventude dentro de seu Estádio. O próximo adversário o Ypiranga do Rio Grande do Sul deve ser um Duelo dificílimo, neste jogo a Torcida vai ser fator decisivo, com pelo menos 20.000 Torcedores o Leão tem 90% de vencer, com 10.000 terá 70%. A Presença da Fenômeno Azul vai decidir neste dois Jogos em Belém se o Leão permanece em 2º ou avança para 1º no Grupo B. Muita gente diz que torcida não vence, isto vale para Time Pequeno, no caso do Leão que tem uma Torcida vibrante ela representa 50% da força do Maior do Norte.

  2. Os nossos dois próximos jogos serão as segundas feiras…seria interessante a diretoria propor junto a cbf a antecipacao, se nao das 2 ,pelo menos de uma dessas partidas, verificar a disponibilidade da detentora dos direitos de transmissão ( DZN) realizar essa modificação, seria mais negócio pra gente financeiramente !!

  3. vamos lotar o mangueirão segunda. e fazer um grande jogo sair com grande resultado e permanecer na ponta da tabela. e só acertar mais as conclusões no gol tem que aproveitar pra fazer saldo de gol.

  4. Espero que a torcida lote o mangueirão e faça uma bonita festa….. Mais de 20.000 pessoas e o leão garantindo mais três pontos.
    Vamos que vamos leão!!!! E parabéns pela excelente vitória.

  5. para o fenômeno azul não interessa se o jogo e segunda feira , não tem obstaculo vamos está lá para apoiar pra cima deles LEÃOOOOO.

  6. Farei duas colocações. Futebol não tem segredo: time que toca bem a bola sem rifá-la garante sucesso em qualquer campeonato. É aí que entra a competência do treinador Márcio Fernandes.
    O estilo de jogo de se fechar sem a bola e quando ter a posse de bola é saber dae passes, triangular jogadas, pois se chega com segurança ao gol adversário e cansa menos o time.
    Atribuo a esse estilo à competente escola do Santos FC de onde surgiu o técnico remista. Se continuar com essa tranquilidade de passes pé em pé subiremos, mas com o pensamento de que cada jogo será uma batalha.
    O meio remista é sua grande virtude, pois sane tocar bem a bola.
    Segundo ponto é pedir encarecidamente que a TORCIDA tenha PACIÊNCIA com os atletas pois pressão em erros só trazem intranquilidade para os atletas.
    Enfim, continuar um time operário, consciente de nossas limitações, mas continuando com o toque afinado. A torcida tem que incentivar e passar confiança que o Remo esse ano será coroado com o acesso.

Comentários