Higor
Higor

Destaque no jogo-treino do Remo contra o Tiradentes, disputado no último sábado (07/09), Higor sonha em ganhar uma oportunidade em uma partida oficial. O atacante foi contratado pelo clube em julho, mas não chegou a ser relacionado para nenhum jogo na temporada.

Depois de marcar os 2 gols da vitória por 2 a 0 sobre o Tigrão, ele sonha com a primeira chance.

“Vinha trabalhando já tinha um tempo, desde que tinha chegado ao Remo. Na verdade, estava treinando com o grupo e não tive oportunidades de ir para os jogos, mas por opção dele (ex-técnico Márcio Fernandes) mesmo, coisa normal do futebol. O professor Eudes (Pedro) optou por dar oportunidades para todo mundo e, graças a Deus, consegui aproveitar a que ele me deu”, alegou o jovem de 21 anos.

“O atacante, querendo ou não, quando faz gols, fica cada vez mais confiante. Para mim é muito bom isso, porque a autoestima aumenta, a gente fica mais confiante para estar jogando. Isso é sempre bom. Para o atacante, quanto mais gols fizer, melhor para ele”, disse.

A expectativa é que Higor possa pelo menos ser relacionado contra o Atlético (AC), no próximo domingo (15/09). A partida é decisiva e o Leão precisa vencer por 2 gols de diferença para se manter na Copa Verde, caso contrário, a temporada estará encerrada para o time principal do Remo. Higor confia que o Remo conseguirá reverter a derrota do jogo de ida.

“Com toda certeza. Nosso time tem muita condição de reverter esse placar. Temos muita qualidade e com toda certeza vamos nos classificar”, apontou.

“Vim procurando oportunidade, sequência. Venho trabalhando para que essa sequência realmente apareça e aconteça aqui no Clube do Remo”, avaliou o jovem atacante.

Com 1,81m de altura, Higor costuma jogar de centroavante ou caindo pelas pontas. Ele acredita que os gols marcados contra o Tiradentes podem ter ajudado a colocar uma dúvida na cabeça do técnico Eudes Pedro, que possui poucas opções de ataque. Recentemente Marcão Assis, Alex Sandro, Danillo Bala e Emerson Carioca foram dispensados.

“Prefiro jogar de centroavante, sempre joguei dentro da área. Gosto de jogar de costas, fazer pivô, meu estilo é mais esse mesmo. Acredito que esse tipo de dúvida é boa para o treinador e acredito que a escolha que ele fizer, de qualquer maneira, vai ser boa para o Clube do Remo. Ele vem observando a gente nos treinamentos. Acredito que o time todo está bem capacitado para enfrentar o Atlético (AC) e conseguir buscar a vitória”, comentou.

O jogo de ida, em Rio Branco (AC), terminou 2 a 1 para o Atlético (AC), de virada. A partida de volta será no próximo domingo (15/09), a partir das 15h, no Baenão. Os ingressos do jogo já estão a venda nas lojas oficiais do clube.

Globo Esporte.com, 09/09/2019

1 COMENTÁRIO

Comentários