Rodriguinho
Rodriguinho

Faltam 5 jogos para o fim da primeira fase da Série C e o Remo ainda ocupa a “lanterna” da competição. O momento para engatar uma sequência de vitórias para deixar a zona de rebaixamento é cada vez mais urgente e o meia Rodriguinho garante que dedicação nos treinamentos não tem faltado aos azulinos, resta conseguir executar corretamente nas partidas.

“Não tem outra forma. É como a gente vinha trabalhando antes e agora é buscar colocar em prática no jogo, nos 90 minutos, porque durante a semana a gente vem fazendo o nosso melhor, o nosso máximo. Quem acompanha o nosso dia a dia pode provar isso. Não falta dedicação e nem competência da parte da comissão técnica, da parte dos jogadores. O que falta agora são as coisas começarem a fluir dentro dos 90 minutos”, avaliou.

O meia do Leão deve voltar a atuar do lado de Everton, que esteve fora da partida contra o Santa Cruz (PE). Recuperado de lesão, é esperado que volte ao time titular no sábado (14/07), diante do Botafogo (PB).

“Everton é um grande jogador e a qualidade dele, dentro de campo, ajuda não só a mim, mas a todos os jogadores, porque a gente sabe que, a qualquer momento, um bola que caia no pé dele, pode resolver o jogo. A experiência dele, a força que tem dentro de campo, quando ele está (em campo), o time ganha muito em qualidade, fica mais técnico, mais leve e a gente consegue reter mais a bola, o que é muito importante para fazer os gols e obter o resultado positivo”, argumentou.

Apesar da recuperação de Everton e seu provável retorno ao time titular, Netão ainda não repassou aos jogadores como pretende escalar o time contra o Botafogo (PB).

“Ele ainda não nos deu dica nenhuma de quem vai jogar. Netão tem esse perfil de definir a equipe mais para o fim da semana, então a gente realmente não tem nenhuma pista de quem vai sair jogando”, explicou Rodriguinho.

Um dos pontos de atenção aos jogadores do Remo será neutralizar as ações de Marco Aurélio, considerado um dos principais jogadores do time paraibano na Série C. Rodriguinho ainda ressaltou que o Remo irá encontrar um adversário diferente daquele que venceu na 5ª rodada.

“Botafogo (PB) é uma equipe qualificada. A gente sabe que houve muitas mudanças da equipe que a gente jogou no primeiro turno para essa de agora, mas eles vêm de uma vitória importante (venceu o ABC-RN, por 2 a 0). Nosso time precisa ter atenção”, disse.

“É um time com jogadores experientes. Para mim, um dos grandes jogadores é o Marco Aurélio, que bate bem na bola e consegue organizar bem o time deles. Têm outros jogadores de qualidade que a gente precisa neutralizar para poder sair com o resultado positivo”, completou.

A partida entre Remo e Botafogo (PB) será no sábado (14/07), a partir das 17h, no estádio Mangueirão, em Belém.

Globo Esporte.com, 11/07/2018

2 COMENTÁRIOS

  1. A q pontos chegamos mas e isso o importante e se livra desse rebaixamento meu Deus alguém tem q explica p esses caras o tamanho dessa agremiação chamada clube do Remo num grupo com adversários tão inespressivos como o Remo pode cai? Tão de sacanagem e esse ano os salários estão sendo pagos como pode isso? Saíam do meu LEÃO jogadores medíocres e diretores amadores

  2. Eu confio no Leão. Esta faltando realmente um finalizador no Remo. Agora é a hora de engrenar. Tudo que tinha que acontecer de errado já aconteceu. Agora é fazer os gols

Comentários