Remo 1x1 Náutico-PE (Nininho e Gabriel Lima)
Remo 1x1 Náutico-PE (Nininho e Gabriel Lima)

Eliminado de forma precoce na Série C deste ano, o Náutico (PE) tem vivido uma realidade estranha nos últimos dias e a tendência é piorar.

O time só volta a jogar no final de janeiro de 2019. Até lá, serão quase 4 meses de inatividade. A diretoria tem trabalhado na renovação de alguns jogadores, mas pretende atuar de outra forma para minimizar futuros problemas em 2019.

De acordo com o presidente do clube, Edno Melo, existe uma ideia pela mudança no regulamento do torneio, que será levada para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apreciar.

“A gente quer mudar a fórmula. Ainda é uma ideia, já conversei com o Santa Cruz (PE) e pretendemos ir na CBF para propor isso”, disse.

A ideia do presidente do Náutico (PE) é de estender a Série C por, pelo menos, mais um mês. O torneio, nos dias atuais, está marcado para terminar no dia 23/09.

“A gente quer mudar para que, no final, seja um quadrangular com 6 jogos e não um mata-mata. No quadrangular com 6 jogos, você joga pelo menos até outubro”, comentou.

A Série C é disputada com 2 grupos de 10 clubes e os 4 primeiros das chaves se classificam para mata-matas das quartas de final e assim sucessivamente.

A ideia de Edno Melo é substituir as quartas por 2 grupos de 4 times, dando a possibilidade das equipes participarem de 6 jogos até que se conheçam os classificados para a Série B. A partir daí, os clubes jogariam a semifinal e final para se conhecer o campeão.

Globo Esporte.com, 01/09/2018

14 COMENTÁRIOS

  1. Tem que falar para os presidentes do Náutico e Santa Cruz torceram para o Paysandu cair para a Série C, se quiserem obter êxito nessa ideia deles, porque se isso não acontecer, o presidente da CBF, que é Paysandu desde que nasceu, jamais fará algo nesse sentido.

    • Times de PE tem muito mais moral na CBF que o Fortaleza-CE. Não que isso signifique sucesso, mas pesa mais.

    • entende muito de futebol para insinuar que Fortaleza é maior que Nautico e Santa Cruz…as vezes é melhor pensar antes de escrever…ahhahaahah

  2. Não deixa como está só vai para série B os times que jogarem um futebol convincente e de qualidade com garra e raça que honram a camisa de seu clube…

  3. Também poderia ser 2 (duas) Chaves de 12 Times, Na primeira fase cada Time duelaria 22 vezes 11 vezes com o domínio de campo. O restante ficaria conforme a idéia de Edno Melo ou o mesmo critério hoje adotado, no final ficaria 4 (quatro) subindo para a B e quatro descendo para a D, a diferença seria um Brasileirão com 24 Times na C e não apenas 20 Times.

  4. O certo série apenas uma chave de 20 Clubes, porém, na fase Classificatória em 2018 apenas o Leão e mais 4 Clubes apresentaram Público compatível para uma disputa com uma só chave.Os Estados mais próximos tem que ser agrupados em 10 ou 12 Clubes em duas chaves para economizar com o deslocamento dos Times. Entenderam porque a série C é deficitária com uma só chave?. O leão foi o campeão de Público na fase classificatória da C. Em Público, entre todos os Times do Brasil o Leão ainda é série A, se continuasse na disputa continuaria subindo entre os maiores Clubes de Torcida no Brasil.

Comments are closed.