Jayme
Jayme

Quem disse que contrato é garantia de permanência de um jogador em um clube? O caso de Jayme exemplifica a incerteza que o tema pode receber. O atacante, que foi emprestado pelo Remo à Tuna para a disputa da Segundinha do Parazão deste ano, tem contrato com o Leão para o ano que vem, mas pode não retornar ao Baenão.

O principal obstáculo é a questão financeira. O jogador aguarda receber os salários atrasados referente a cerca de 6 meses. Uma reunião entre o clube e o atleta será marcada para definir o caso, como contou o diretor de futebol azulino, Dirson Neto.

“Ficamos sabendo do caso dele e detectamos o débito. Precisamos ter uma reunião com ele para acertar o caso. Lógico que também teremos de saber qual a vontade do atleta. Com isso, apresentaremos as ideias do clube e buscaremos entrar em um ponto comum que seja bom para todos”, disse o dirigente.

Aos 25 anos, Jayme é paraense e cria da base azulina. O atacante acumula no currículo passagens por clubes como Paragominas, Tekes (Macedônia), São Francisco, Independente de Tucuruí, São Raimundo, Pinheirense e o Sub-23 do Fluminense (RJ).

O Liberal.com, 28/11/2018

12 COMENTÁRIOS

  1. Quero perguntar porfavor me respondam o RODRIGUINHO E NININHO VOLTAO OU NAO ANO QUE VEM.para a série c tão discartados ou podem voltar? Me responda porfavor Remo
    100%

    • Para o Parazão, não. Para a Série C, dependendo do aumento no investimento na folha e na pedida que eles fizerem, pode ser. Se fosse hoje, a resposta seria NÃO.

  2. Excelente notícia! Manda ele de volta para Macedônia ou outro local que não conheçam futebol. Chipre talvez.

  3. Ajudou o clube em momentos decisivos mas e um péssimo finalizador, precisa de novas experiências o futebol moderno de hoje não se pode desperdiçar oportunidades e o Jayme exagerou no parazão, na série c, na segundinha ele foi o pior atacante que eu vi, ele perdeu gols que iam deixar a tuna classificadas hoje.

  4. bom Jogador, não entendo as críticas, nos momentos mais decisivos foi o que estava lá. Recebia um quarto do que Ademilson e Isac, mas foi quem nos livrou do rebaixamento. Por fim,se tem contrato deve ser pago, já deveria ter entrado é na justiça contra a diretoria que, como sempre, ignora os jogadores locais para bajular um bando de jogador ruim que trazem em bondes

  5. Concordo com o último comentário, já devia ter entrado na justiça, só assim estaríamos livres dessa imundice,pensa num jogador ruim

Comments are closed.