João Nasser Neto (Netão)
João Nasser Neto (Netão)

Uma “fake news” compartilhada em redes sociais apontou uma suposta irregularidade que poderia tirar pontos do Remo na Série C do Campeonato Brasileiro. A acusação foi baseada no fato de que João Neto, o Netão, segue registrado apenas como auxiliar-técnico do Leão. A não efetivação do comandante deixou o clube sem um técnico para assinar as súmulas nas últimas 5 rodadas.

Ainda conforme as publicações, clubes como Juazeirense (BA), Salgueiro (PE) e Globo (RN) teriam iniciado uma mobilização para, a partir disso, apontar a falta de um técnico no Remo e tentar tirar pontos dos azulinos.

Porém, segundo o advogado Osvaldo Sestário, que representa os interesses de diversos clubes do Brasil, inclusive da Série A, junto à CBF (Confederação Brasileira de Futebol), não há motivo para preocupação.

“O técnico do Atlético-MG (Thiago Larghi) ficou várias rodadas como interino. Assim também ocorreu com o Flamengo-RJ (Maurício Barbieri) e não aconteceu nada. Não há qualquer fundamentação jurídica nesse caso”, informou.

Sestário ainda foi além e disse que, mesmo se Netão não estivesse inscrito no BID nem mesmo como auxiliar, a única chance de punição ao Remo seria uma multa.

“Este tipo de caso seria um artigo 191, que é punido com multa. Só há perda de pontos quando o caso é enquadrado no artigo 214, que se refere aos atletas”, detalhou.

O Clube do Remo não recebeu qualquer tipo de manifestação jurídica sobre o tema.

Portal ORM, 31/07/2018

2 COMENTÁRIOS

  1. Tem que descobrir quem é esse palhaço que anda brincando com nome do Remo, e tomar medidas contra ele.

  2. Esse fake doido mucurento tem que dormir por 100 anos e quando acordar ter sonhado que o time dele já descontou os 33 ou as 4 peias de 2017.

Comments are closed.