Remo apresenta um time de “Leoas” para as disputas no futebol feminino

11/08/2017
Futebol feminino

Coordenado pelo professor Erick Cavalcante, o futebol feminino do Remo deu seus primeiros passos para retornar às atividades nesta quinta-feira (10/08), com uma atividade com bola no Baenão. O retorno das azulinas vem em parceria com a Esmac e tem metas audaciosas.

“Queremos nos tornar um clube da elite do futebol feminino paraense, o que hoje não é pouco. O Pará hoje tem um campeão brasileiro da Série A2, que é o Pinheirense. Queremos brigar por uma vaga no próximo Brasileirão A2 e alçar voos maiores no cenário nacional também”, comentou Erick.

Para esses passos ousados, Erick aponta que o time terá uma comissão técnica completa à disposição, incluindo técnico, auxiliares, preparadores físicos e de goleiros. Outra novidade é a presença da ex-atleta Dayse na comissão técnica, como auxiliar do técnico Rodrigo.

A base do time deve ser formada pelas atletas da Esmac, atual campeã paraense, mas Erick afirma que o time deve convidar algumas atletas de outros clubes e do interior a participar do time, além de desenvolver peneiras no campo do Ceju (anexo ao Mangueirão) nas manhãs de terças e quintas-feiras, nas próximas semanas.

Se tudo der certo, as novas “Leoas Azulinas” devem reabrir o Baenão para jogos durante o Parazão Feminino 2017. “Nossos treinos devem ser realizados no Ceju, com uma ou outra atividade no Baenão, mas planejamos mandar todos os jogos do futebol feminino no nosso estádio. Como há uma menor exigência da Federação Paraense para jogos do futebol feminino, acredito que poderemos utilizar o estádio já para a campanha desse ano”, comentou o coordenador.

Diário do Pará, 11/08/2017