João Nasser Neto (Netão)
João Nasser Neto (Netão)

Manoel Ribeiro já deixou claro que João Nasser Neto segue como técnico do Remo se for reeleito, tanto que o trabalho estrutural do futebol já está em curso, tocado por Netão, em conjunto com o executivo Ari Barros, na intenção de formar um time dentro do orçamento modesto que o Remo terá.

Fábio Bentes respondeu que, se eleito, vai manter Netão e todo o planejamento que já está sendo desenvolvido. Apoia inclusive o laboratório que está sendo feito no Baenão e a ascensão de meio time do Sub-20.

A prática da atual gestão e o discurso de Fábio Bentes não poderiam ser mais responsáveis. O crédito de João Nasser Neto, pelo que fez na Série C, é o respaldo.

Marco Antônio Pina, o “Magnata”, preferiu só falar em outro momento sobre o que planeja para o futebol azulino, incluindo quem será o técnico do Leão, caso seja eleito.

Coluna de Carlos Ferreira, O Liberal, 12/10/2018

10 COMENTÁRIOS

  1. Sendo assim.. pontos para O velho marchal (q tomara q nao seja reeleito) e para Fabio bentes..
    Magnata quanto fazia parte da diretoria do remo, so queria aparecer na midia e falar com autoridade..

  2. O que importa é o acesso. No momento o Netão é o melhor para armar o grande Leão do acesso. O Magnata pensa um pouco diferente, um outro técnico poderá entrar conforme a necessidade da disputa neste caso o Netão retorna para auxiliar técnico. Este técnico pode ser o Felipão ou o Professor Giva que nasceram no mesmo ano em 1948. Eu sou mais o Professor Giva que levou o America Mineiro a série A do Brasileirão no segundo ano de trabalho e o Giva se dá muito bem com o Netão. O professor Giva não vai exigir grande soma ele vai exigir que tenham Jogos Oficias no Baenão.

    • Para de falar besteira. Tem que fazer igual no Santos Futebol Clube –SP. Expulsar o Ribeiro igual expulsaram o Roma.

  3. Verdade seja dita tirando os erros nas contratações a gestão do velho foi muito boa não se ouviu falar de salários atrasados o erro foi em insistir no izack e não ter deixar o netão no comando depois da saída do giva

  4. Por mim deixava o Ribeiro se ele mantiver a mesma filosofia de trabalho e acertar nas contratações tem grande chance de conseguir o acesso. Mais na minha opinião o time que vai jogar o campeonato paraense tem que ser o que vai jogar tudo porque pro time pegar ritmo de jogo no campeonato em andamento fica complicado

Comments are closed.