Leandro Santos (Leo Frank)
Leandro Santos (Leo Frank)

O brasileiro Leandro Santos está próximo de atuar na maior liga de futebol americano do planeta. O atleta recebeu a notícia que foi aprovado para o International Pathway Program (IPP), um programa criado pela NFL para dar oportunidades a atletas de fora dos Estados Unidos. Foi nesse processo que o brasileiro Durval Queiroz acabou contratado pelo Miami Dolphins.

“Após fazer o ‘Combine’ do México, fiquei no aguardo da resposta sobre o meu ingresso no programa. Foram momentos de ansiedade até que no início de janeiro recebi a ligação do presidente do IPP dizendo que estava dentro”, contou Leandro.

“Foi um momento de muita alegria para mim e para minha família, de saber que o esforço está sendo recompensado”, frisou.

Natural de Belém, Leandro tem 24 anos e é atleta do Remo Lions. Junto com outros 2 brasileiros, eles estiveram recentemente no “Combine”, um evento classificatório organizado pela própria NFL, que levou o paraense até o IPP.

“Foi todo um processo. Primeiro fiz um ‘Combine’ em Brasília (DF), com 200 atletas brasileiros. Fui escolhido para a 2ª etapa, no México, onde fiz outro ‘Combine’. Agora passei para a 3ª fase, nos Estados Unidos, com a NFL. Serão 3 meses de treinos para fazer um ‘Combine’ com os scouts dos times olhando”, disse.

O sonho de se tornar um atleta da NFL está próximo, mas Leandro sabe que precisa manter a concentração para alcançar este feito. Ele estará no programa ao lado de outros 12 atletas.

“Sempre me mantive focado. Não importa o que está acontecendo ao meu redor, ainda mais agora que tenho a chance de realizar esse sonho. Me mantenho concentrado sempre para buscar atingir minhas metas”, afirmou.

O Brasil só teve 2 atletas na história da NFL, sendo que ambos ainda estão em atividade. O pioneiro é o paulista Cairo Santos, que disputa a liga desde 2014. Atualmente, ele defende o Chicago Bears. O segundo é Durval Queiroz, o Duzão, que chegou aos Estados Unidos em 2019, para atuar pelo Miami Dolphins.

Outros 2 atletas representam o país, de certa forma. Rodrigo Blankenship, filho de uma brasileira, joga pelo Indianapolis Colts. Breno Giacomini, filho de um casal mineiro, está no Houston Texans. Em 2014, ele conquistou o Super Bowl pelo Seattle Seahawks.

Globo Esporte.com, 11/01/2022

Comentários