Ônibus
Ônibus "Bonde do Rei" – Foto: Reprodução (RemoTV)

Nesta sexta-feira (05/01), o Clube do Remo iniciou a segunda parte de sua pré-temporada com novidades. A equipe se hospedou em um hotel 5 estrelas na capital paraense e agora os trabalhos irão se intensificar com foco no Parazão, Copa Verde, Copa do Brasil e Série C.

Para esta temporada, o Leão irá trabalhar com um coach esportivo. O foco é implementar um método de fortalecimento mental.

“O objetivo é aplicar um questionário nos atletas para entendermos quais são os pontos fortes e os pontos de atenção na questão comportamental de cada um, para ajudar no autodesenvolvimento deles”, disse Jean Schiavinatto, profissional escolhido para a função.

A diretora ainda distribuiu aos atletas uma cartilha do clube, com orientações para os cuidados pessoais aos jogadores. O documento apresentou ainda a história do clube e o foco em valorização da marca. O Remo deve realizar 1 ou 2 jogos-treinos antes do Parazão, que começa para o Leão no dia 21/01, contra o Canaã, no Mangueirão.

Roma News, 05/01/2024

5 COMENTÁRIOS

  1. Um Grande Clube começa fora de campo e o Remo hoje é exemplo de Clube Grande,tem Hino,História de Conquistas(Sem Compras),disputa várias modalidades(Vôlei,Baskete,Nataçao(referência nacional),regata e etc.E assim segue o MAIOR E MAIS QUERIDO CLUBE DA AMAZONIA LEGAL.

  2. Papelin precisa incorporá a essência azulina, veste a camisa do Leão Papelin como o Tonhão e os vices presidentes.

  3. Ainda não entendo o por que não termos uma concentração com alojamento e infraestrutura de alto nível, ficar em hotel 5 estrelas é gasto desnecessário, vamos lá, diária de 300 reais, para 40 pessoas durante 10 dias = 300x40x10 = 120.000, com o detalhe, se tivermos 5 jogos por mês e nos concentrarmos em hotel, este será o valor médio mensal, ou seja, cerca de R$1.440.00,00 por ano sem contar as hospedagens fora da área metropolitana de Belém. Pode-se buscar uma oportunidade imobiliária em área no trajeto baenão-mangueirão, e buscar parcerias para uma compra de terreno e construção, uma boa negociação e teríamos um prédio para uso em cerca de 1 ano e totalmente nosso em 20 ou 30 anos com aportes mensais de menos do que a metade deste valor, sendo que manutenção, etc poderia ficar a cargo da parceira a partir da exploração de parte dos quartos disponíveis. O grande atrativo para a empresa seria o prédio ser temático, com a cor de revestimento azul marinho e escudo do remo na fachada, imagens históricas, uma replica do leão de pedra no hall, etc
    Tenho certeza que azulinos que morassem fora do PA, iriam querer se hospedar lá em visitas para reviver a paixão pelo Leão Azul.

Comments are closed.