Pingo
Pingo

Na expectativa de manter um processo de montagem da equipe de forma efetiva, para buscar os objetivos da temporada, o Leão segue como plantel de remanescentes, contratados e, claro, jovens da base. Nessa última categoria, a mais complicada para ser posta em prática, o desejo é fazer com que o celeiro azulino imponha a sua força e tenha destaque em termos de tempo, especialmente para o Parazão.

Alguns nomes já estão no apoio para isso, como é o caso de Tiago Mafra, além de outros que vão buscar espaço, como Henrique e Solano, este último campeão do Parazão Sub-17 no final do ano passado pelo Leão.

A presença de novatos não para por aí. Na delegação que se encontra em pré-temporada em Parauapebas, além dos já conhecidos Ronald, Pingo e Warley, o garoto Pedro Matheus também faz parte deste processo de avaliação mais profunda pela comissão técnica.

A estratégia é deixar todos no mesmo ritmo e criar um ambiente competitivo coletivo para o momento certo, no gramado.

“Alguns jogadores jovens e destaques que estão vindo, a gente quer realmente que eles venham com muita empolgação, a gente fazendo essa mescla com jogadores formados dentro da casa com quem já tem uma certa identificação, como Vinícius, Marlon, (Felipe) Gedoz, Erick Flores, para fazer um time forte”, disse o técnico Paulo Bonamigo.

Diário do Pará, 11/01/2022

8 COMENTÁRIOS

  1. o segredo é acertar o time… colocar a mulekada na hora certa para não queimá-los. o Campeonato paraense é o momento ideal para dar cancha pros guris!!

  2. O mesmo filme de 2021

    O Clube do Remo é a única equipe entre as 20 participantes da série “C” 2022 que não contratou meio-campistas (antigos meia-direita e meia-esquerda) até o momento. Contratou uma “baciada” de “atacantes”. Esse novo esquema tático de Bonamigo deve ser inovador, brilhante e promissor. A equipe deverá jogar só na “ligação direta” a defesa dando chutões, balões para frente, aos atacantes isolados. Bonamigo terá no elenco para todas as competições no ano corrente apenas os medianos/razoáveis meio-campistas Flores e Gedoz. E quando estes únicos dois meio-campistas estiverem contundidos e/ou suspensos/expulsos por cartões? Segue o amadorismo imperando na gestão Fábio Bentes!

  3. Foi postado um comentário ontem, 11/01/22, por volta de 20::00, e até o presente não foi divulgado. Houve censura ou qual é o critério de tempo/”carência” para divulgação de comentários?

Comentários