Fenômeno Azul
Fenômeno Azul

O Remo é a equipe do norte do Brasil com maior aumento de seguidores nas redes sociais. De acordo com levantamento feito pelo Ibope/Repucom, o Leão teve um acréscimo de 31% no número de seguidores em 2021, em relação ao ano anterior.

A pesquisa levou em consideração as páginas oficiais do Leão no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e TikTok.

De acordo com o diretor de marketing do Remo, Renan Bezerra, o crescimento acentuado se deu pelo desempenho acima do esperado pelo clube em 3 redes sociais específicas – TikTok, Instagram e Youtube.

Nesses casos, o Leão foi destaque nacional. O estudo apontou que o crescimento do Leão nestas redes chegou até 200%. Nos casos específicos de TikTok e YouTube, o Remo tem a página mais seguida do Norte do Brasil.

Instagram
De 150 mil seguidores (agosto/2019) para 350 mil (janeiro/2021) – Crescimento de 115%

Youtube
O canal “Remo TV” tem atualmente 76 mil seguidores
De agosto de 2019 até dezembro de 2021, houve um crescimento de 270%

TikTok
O canal oficial do Remo tem mais de 78 mil segudores.

Segundo Renan Bezerra, o acréscimo no número de seguidores nas redes é um reflexo do comportamento participativo da torcida remista. Ele explicou que essas plataformas funcionam como um canal entre clube e torcida, sem intermediários.

“Conseguimos entender a cabeça do torcedor. O engajamento também atrai parceiros e patrocínios, que compartilham dos nossos valores. Quando você posta um conteúdo nas redes, você acaba criando um compartilhamento de valores. Muitos patrocinadores vieram até nós pelos valores que a gente compartilha, valores do esporte na Amazônia”, destacou.

Renan disse também que a dinâmica produtiva do Departamento de Marketing do Remo colaborou para a melhora nos índices de audiência nas redes. Além disso, a criatividade é a peça chave na hora de produzir conteúdo.

“Temos que sair daquele pensamento mais restrito e romper barreiras nas redes sociais. Para você ter um bom uso das redes, tem que ter profissionais qualificados em todos os setores da produção. Temos, claro, profissionais de ‘social media’ no clube, mas esse acréscimo da audiência nas redes deve ser atribuído a um esforço coletivo da nossa equipe”, finalizou.

O Liberal.com, 08/01/2022

Comentários